Início » Computador » Clover Trail é a aposta da Intel no mercado de tablets

Clover Trail é a aposta da Intel no mercado de tablets

Atom Z2760 é um processador dual-core de 1,8 GHz com HyperThreading.

Paulo Higa Por
7 anos atrás

A Intel anunciou ontem o Clover Trail, nova geração do processador Atom desenvolvida especialmente para tablets. O Atom Z2760 é um chip dual-core de 1,8 GHz com arquitetura x86 que será utilizado em alguns tablets com Windows 8. Para conquistar o mercado, a Intel aposta em bom desempenho com baixo consumo, graças aos novos estados de energia S0ix.

O Atom Z2760 terá processo de fabricação de 32 nanômetros e promete decodificação de vídeo em 1080p a 30 frames por segundo por meio da GPU PowerVR SGX 545. Ele chega com a famosa tecnologia HyperThreading que simula mais núcleos de processamento e melhora o desempenho de determinados aplicativos -- embora esse ganho de performance seja bastante questionável.

Recursos típicos de processadores para dispositivos móveis também estão disponíveis no Clover Trail, como o suporte a GPS, acelerômetro, bússola, sensor de proximidade, NFC e cartões de memória microSD. Tablets com esse chip poderão incluir USB 2.0, HDMI, memórias LPDDR2 dual-channel, até 64 GB de armazenamento interno e câmeras de até 8 megapixels.

Mesmo possuindo dois núcleos e quatro threads de 1,8 GHz, a Intel promete que os tablets com Atom Z2760 terão boa autonomia de bateria: serão mais de 10 horas de reprodução contínua de vídeo local em alta definição e mais de três semanas em modo standby.

Informações sobre os tablets com Atom Z2760 podem ser encontradas neste documento da Intel. Os oito modelos são os seguintes: Acer Iconia W510, Asus Vivo Tab, Dell Latitude 10, Fujitsu Stylistic Q702, HP Envy X2, Lenovo ThinkPad Tablet 2, Samsung Smart PC e ZTE V98, todos com Windows 8 -- o Clover Trail não funcionará com sistemas baseados em Linux.

Com informações: X-bit labs.