Início » Celular » Motorola RAZR i tem processador Atom de 2 GHz

Motorola RAZR i tem processador Atom de 2 GHz

Paulo Higa Por

Chegou rápido: duas semanas após o anúncio em Londres, a Motorola organizou um evento em São Paulo para lançar o RAZR i, um smartphone que tem como principal diferencial o processador — é um Intel Atom de 2 GHz, com arquitetura x86. Ele vem com Ice Cream Sandwich de fábrica, praticamente sem customizações na interface, e possui atualização garantida para o Jelly Bean.

RAZR Maxx e RAZR i lado a lado: ambos têm tela de 4,3 polegadas, mas o segundo é visivelmente menor | Clique para ampliar

A Motorola fez um bom trabalho no design do RAZR i: com tela Super AMOLED de 4,3 polegadas, ele não fica nem um pouco incômodo na mão, já que praticamente não há bordas (e a empresa fez questão de destacar isso na apresentação). Colocando o aparelho lado a lado com o RAZR Maxx, a diferença é notável. Também não há botões físicos ou capacitivos na frente do aparelho: eles agora fazem parte do sistema, como acontece no Galaxy Nexus. O acabamento segue o padrão da linha RAZR, com traseira de Kevlar.

Motorola RAZR i tem NFC para pagamentos digitais | Clique para ampliar

O Ice Cream Sandwich do RAZR i possui uma interface quase sem modificações. A Motorola optou por colocar alguns jogos de demonstração e aplicativos próprios, como o velho conhecido Smart Actions — com ele, dá para configurar um horário para deixar o telefone no modo silencioso ou ativar automaticamente o modo de economia de energia após atingir uma determinada porcentagem, por exemplo.

Sem widgets e personalizações desnecessárias, o RAZR i possui um bom desempenho. O Android roda bem, sem engasgadas, e alternar entre aplicativos é rápido. No evento, a Intel disse que trabalhou junto com a Motorola e o Google para otimizar vários pontos do Android, inclusive o JavaScript do navegador e o aplicativo da câmera, que tira até 10 fotos em menos de um segundo — eu não cronometrei, mas os disparos foram ágeis. Uma pena que o ambiente estava escuro e as fotos ficaram com granulados visíveis.

Lançamento da Motorola foi feito em parceria com a Intel | Clique para ampliar

O RAZR i chega oficialmente ao Brasil amanhã, junto com o resto do mundo, pelo preço sugerido de R$ 1.299, na cor preta (uma versão branca chega até o fim do ano). Segundo Steve Long, presidente da Intel para a América Latina, a bateria de 2.000 mAh aguenta até 20 horas de uso. Ele ainda possui 1 GB de RAM, 8 GB de armazenamento interno, NFC, DLNA, câmera de 8 megapixels com filmagem em 1080p e conexão 3G.

Leia também o review completo do Motorola Razr i.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago André
mt bom celular da motorola é ainda com o preco atualmente mt bom o android ta bom agr tem gente. que quer celular perfeito int vai compra um moto x
Uhry Gregory
não, aparelhos diferentes.
isaias9188
Cara... Atualmente o preço ta muito bom... De: R$ 1.399,00 Por: R$ 999,00 -- 12x de R$ 83,25 sem juros ou R$ 879,12 no Boleto Site AMERICANAS!.. Obs: Nas cores PRETO, BRANCO.( o branquinho ta Show XD )
Pedro Cintra
o razr hd e razr m sao a mesma coisa?????
Ramon Melo
Claro que quero, a Interola quer cobrar R$1300 num celular desses, sendo que já dá para achar o Xperia S nessa faixa de preço. A comparação é justa.
Ramon Melo
Xperia P e SII Lite são intermediáveios e não tops de linha. Fora que o Xperia S está perigosamente próximo desta faixa de preço.
renatof
Pessoal, fiquei interessado nesse celular. O aparelhos desbloqueado da tim na fastshop tá por 1.159,00. Preço atraente! Minha pergunta é: sabemos que celulares desbloqueados de operadoras vem com aquelas frescuras de logo, alguns ícones, etc. Porém a operadora não pode alterar as configurações relativas ao android feitas pela Motorola né? Ou seja, o desempenho será o mesmo de um desbloqueado SEM operadoras? Abraço.
Lucas Lemos
Depois do Google que ela ficou boa, né?
Sauron
Com certeza ela é rápida, basta ver que a maioria dos Netbooks usam um Atom de 1660MHz. Eu tenho um desses Net, rodando Windows 7, e ele se presta bem ao que se destina, imagina isso rodando num smart, com memória flash.
fac_713198649
É a Intel provando que tem o seu lugar no mundo mobile. A duração da bateria surpreendeu.
Marcos Aguiar
Querem comparar ele com os high end...
Kessler
A Motorola sempre fez aparelhos bons com software ruim, e quando adotou o Android isso mudou pouco. Só recentemente que resolveram fazer menos merdas.
Kessler
Lançar simultaneamente para as 13 pessoas no mundo que querem comprar Motorola é fácil. Difícil é quando se tem uma demanda como os dispositivos da Apple.
True Story
Cada processador tem sua vantagem. A arquitetura x86 é mais forte e mais versatil, a arquitetura arm é mais economica e mais "dura". não levem a serio a diferença de performance grafica, a intel usa um antigo powervr540, com o tempo ela melhora isso. até compraria ele se tivesse bootloader destravado e um port linux. Simplesmente daria pra rodar varias aplicacoes x86 classicas inclusive jogos de pc via wine
True Story
Concordo plenamente. Se o Google esta por traz da motorola pq nao chama logo todos eles de nexus? tem caroço nesse angu
Exibir mais comentários