Início » Negócios » Acionista entra na justiça contra a TIM

Acionista entra na justiça contra a TIM

Avatar Por

Rio de Janeiro – A empresa JVCO, controlada pelo empresário brasileiro Nelson Tanure, acusa a TIM de abuso de poder e condutas que levaram a prejuízo para investidores e acionistas, a própria JVCO inclusa na lista dos que perderam dinheiro com recentes movimentos da operadora de capital italiano. Os advogados do acionista pedem indenização baseada na queda dos valores negociados para ações da TIM na bolsa de valores.

Essa não é a primeira vez que a JVCO entra na Justiça do Rio de Janeiro contra a operadora italiana. Em outubro, conforme aponta o jornal Valor Econômico, a JVCO apresentou denúncia contra a TIM na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nacional e à SEC, equivalente à CVM nos Estados Unidos. A CVM tem entre suas funções fiscalizar e garantir a transparência no mercado de ações, sendo um órgão ligado ao governo federal.

De acordo com a JVCO, há erros nos balanços fornecidos pela TIM nos últimos anos. A empresa questiona as decisões financeiras do grupo italiano. Como o Tecnoblog não é um site de notícias financeiras, recomendo que os leitores mais interessados no assunto vão diretamente à fonte para saber do que se trata em detalhes.

Em nota a TIM diz que não se manifesta sobre a ação, mas assegura que todos os balanços divulgados publicamente seguem as diretrizes de transparência, além de serem auditados por firmas independentes.

As ações da operadora fecharam em queda de 3,81% na bolsa de valores.

Vale lembrar que o presidente da TIM na Itália foi afastado de suas funções após acusação de fraude.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Luan Borges
Tanure é um péssimo administrador. Acabou com o Jornal do Brasil, perdeu dinheiro alugando a CNT pra fazer a JBTV, faliu a Gazeta Mercantil dois dias depois de comprá-la, e agora quer processar a Tim.
Yago G. Oliveira
A Vivo tem plano ilimitado por dia aqui.
petterrafael
como o próprio conceito diz, linha pré é para não ter obrigatoriedade de pagamento mensal, senão seria linha pós. Tanto isso é fato que o custo do minuto é muito caro no pré. Se a empresa não concorda com isso que não venha uma linha pré.
@AntonioVeras
De grão em grão, a galinha enche o papo.
@AntonioVeras
É vero.
True Story
Pessoal é uma piada. Bota R$10 de credito e acha que a linha tem q funcionar por um ano. Acho que ja passou da hora da anatel estabelecer um valor minimo de recarga todo mes. Com o risco de linha ser suspensa por falta de pagto. pre pago é uma maravilha... mas nao da pra aguentar esse povo chupim. Deveria ser R$10,00 por mes e ponto final... Nao gostou? se comunique por sinal de fumaça.
Julio Bastos
Tanure era o controlador da Intelig à época em que esta foi comprada pela TIM. Como diria um certo mutante com fator de cura: "Tem caroço nesse angú!"
Thanara Corrêa
aconteceu a mesma coisa com meu amigo hoje mesmo, super estranho, sugaram os créditos dele!
Edmilson
Antes 18 dava 3 meses de validade, agora 19 valem por 2 meses, raramente falo no telefone, apenas mando mensagens e nem é todo o dia, apenas recebo então isso dura bastante. Mas vamos esperando.
Ramon Melo
Alguém precisa dizer a essas empresas que lucro não é um direito! Quem mandou arriscar numa companhia mafiosa?
YanGM
Noooooooo! Qual outra operadora eu vou pagar pelo dia que usar se usar? A ligação cai mas eu posso retornar quantas vezes quiser...
Denis Lins
Amém!
Rafael Machado de Souza
eu nao entendo por que obrigatoriamente eu tenho q colocar uma recarga minima de 12 reais todo mes. mesmo tendo credito de sobra ele fica bloqueado ate a proxima recarga. a Oi pelo menos tem a opção de 1 e 5 reais....
Edmilson
A Tim está uma tristeza, sumiram 10 reais meus hoje, eu tinha ontem $ 12,69 (pobre) com 3 dias para vencer (sempre esqueço de por), usei o serviço de SMS hoje, $ 0,50 por dia, meu saldo? $ 2,19. Tem algo de muito errado ai. Vou ligar para lá agora e me estressar. Imagina se isso acontece quando eu preciso.
Márcio Esteves
TIM irá entrar em falência? vêsh