Início » Celular » Conferimos o Firefox OS rodando no protótipo da ZTE

Conferimos o Firefox OS rodando no protótipo da ZTE

Por
7 anos atrás

Rio de Janeiro – Há algum tempo a Mozilla anunciou que traria para o campo de celulares o Firefox OS, um sistema completamente criado usando o HTML5 como base. Como a Mozilla é apenas uma empresa de software, precisou de parceiras para fazer algo significativo de verdade: foi por isso que a empresa escolheu a Telefônica como parceira operadora e ZTE como fabricante. Hoje, aqui na Futurecom, foi possível ver como anda o desenvolvimento do sistema.

Firefox OS num hardware da ZTE ligando para o iPhone | Clique para ampliar

Felipe Cunha, o responsável por testes de produtos dentro da Vivo, demonstrou o aparelho em exposição. Ele não esconde que o sistema está pouco polido e ainda tem travamentos mas disse que a versão atualmente rodando no aparelho tinha um novo core, da própria Mozilla, diferente do anterior que usava do Android. Ele mostrou também os pontos em que cada empresa ficou responsável nessa parceria: a Telefonica entra com a experiência do usuário, a Mozilla com o sistema operacional, a Qualcomm fornece o chipset e a ZTE fabrica o aparelho.

Como já sabíamos, o objetivo do aparelho é atingir o mercado de low-end e para tanto ele precisa apelar para esse público. Em um determinado momento, disse Wesley Nogueira, gerente de inovação da Vivo, sessenta desenvolvedores, metade da Mozilla e metade da divisão espanhola da Telefônica  passaram uma semana adaptando e criando itens para o mercado brasileiro. Foi durante esse desenvolvimento local que eles perceberam, por exemplo, que um aplicativo de Rádio merecia uma prioridade maior – e agora ele já está quase pronto.

Eu tive a chance de testar o Firefox OS no mesmo protótipo da ZTE durante o Campus Party Recife. Esse é o mesmo aparelho disponível na Futurecom, mas agora está rodando uma versão mais nova do sistema. Nela foi possível perceber algumas mudanças estéticas mínimas, como nos ícones iniciais e em certas funcionalidades, mas nada de muito significativo.

Mesmo com poucas mudanças, é notável o esforço que a Telefônica, ZTE e Mozilla estão fazendo para trazer para o mercado uma alternativa barata com cara de smartphone completo. É possível, até, que esse aparelho se encaixe na MP do bem, se a ZTE decidir montá-lo no Brasil de alguma forma. Vale lembrar que o Firefox OS, será lançado em primeiro lugar no Brasil para depois aparecer no resto do mundo.

Mais sobre: , , ,