Início » Internet » Agência dos EUA analisa se o "Googlepólio" realmente existe

Agência dos EUA analisa se o "Googlepólio" realmente existe

Avatar Por

Lembra-se do processo demorado e complicado que a Microsoft enfrentou nos Estados Unidos por conta da dominância no mercado de PCs? O Google periga de enfrentar situação similar. Reside no gabinete dos comissários da FTC (Federal Trade Commission, ou Comissão Federal de Comércio) um memorando com mais de cem páginas relatando práticas pouco competitivas do gigante da internet.

Somente cinco lideranças do órgão decidirão se o processo será iniciado ou não. O Google abusaria do domínio no setor de buscas, além de violar leis antitruste. O memorando conclui que o Google sufoca a concorrência nos negócios de internet.

Google ponto-com-ponto-br

Google ponto-com-ponto-br

Há uma série de questões em aberto. Por exemplo, se o Google utiliza a predominância do sistema Android no mercado de smartphones para desencorajar os fabricantes de usarem outros serviços de pesquisa na rede, como o Bing ou o Yahoo (o buscador utiliza tecnologia da Microsoft).

Comissários do órgão estudam se o Google causa o aumento de taxas de publicidade nas empresas concorrentes. Seria mais difícil para anunciantes que contratam o AdWords ou outra solução comparar os dados de campanhas em outros sites.

A FTC realizou uma importante investigação dentro dos escritórios do Google por 19 meses. Concorrentes da companhia foram convidados para testemunhar sobre as práticas supostamente nocivas do maior buscador da internet.

Também em xeque, as patentes da Motorola permitiriam ao Google impedir que Apple e Microsoft utilizem tecnologia de compressão de vídeo em dispositivos móveis. Investigadores da agência checam se o Google cumpre as promessas assumidas ao anunciar a aquisição da Motorola Mobility, braço da antiga Motorola que produz smartphones, em um negócio multibilionário no ano passado.

Não é de hoje que se fala em “googlepólio”. Cá no Brasil o caso mais importante envolve o grupo Buscapé Company e uma série de sites de e-commerce e comparação de preços menores. Acusam o Google Brasil de concorrência desleal ao exibir ofertas de produtos colhidas com a tecnologia Google Shopping em destaque nas pesquisas.

O Google venceu o Buscapé/Bondfaro na primeira instância de outro processo que corre na justiça de São Paulo.

Com informações: Bloomberg e Globo Online

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Josy Vieira
e o melhor , tudo de graça !!!! tudo que a google faz é de graça !! eles sempre ganham indiretamente !! ou com propagandas ou com serviços !!
Josy Vieira
acho que não a monopólio nenhum !! a internet é livre , usa o google quem quer ! já o caso da microsoft é diferente !! ela tem nitidamente o monopólio na área , e usa seu poder para coibir adversários !! alguem já viu o documentario sobre a guerra dos navegadores ?? ta bem aqui o : https://www.youtube.com/watch?v=DeEafmwRk6A isso foi so um dos abusos de poder da microsoft !!! numa parte do documentaria fala que um fabricante não faça o que a microsoft quer eles simplesmente não licenciavam o windows para eles !
Edmilson
É tipo a Apple ganhar o processo nos EUA, cada um defendendo o seu lucro, incluso os países. http://www.tecnoblog.net/90452/google-maps-franca/
Gabriel
Para mim, poder demais para uma empresa é sempre ruim. Na década de 90, era impossível utilizar um computador com outro sistema operacional que não fosse Windows... Felizmente, o Google fornece bons serviços e tem boa postura, mas a fiscalização deve ficar sempre perto.
Guilherme macedo
Pera ai que vou abrir uma empresa de buscas e culpar o Google por meu algorítimo de busca ser pior que o deles...:D Realmente eu não entendo... A Linux Foundation vai processar a Microsoft por que o Windows é o SO mais utilizado?
Marcel Cristo
Só digo uma coisa para quem concorda com o monopólio. Leiam sobre Rockefeller e o monopólio dele no petróleo. Monopólio nunca é bom
Danilo Scarabelli de Lima
Concordo eternamente com você.
Sias
Só acho o seguinte: estas interferências como ocorreu com a BRF são muito ridículas. Quem garante que a venda de unidades, que a retirada de produtos do mercado, vai tirar um suposto "monopólio" dela? Quem tem que escolher é o consumidor e quem quer competir com ela que monte sua empresa com cacife pra isto.
Edmilson
Isso me lembra uma empresa francesa se não me engano, de mapas, que reclamou que o Google oferecia mapas gratuitos enquanto eles vendiam, o mais bizarro é que o google perdeu o processo e foi multado por isso. Lógico que vai recorrer.
Thanara Corrêa
Não vejo maldade o mundo ser dominado pelo Google, desde que eles transformem o mundo com seus hiper projetos!
viniciusghietti
aff chega a ser ridiculo. Sempre foi assim e quem n gosta que ache outra forma de fazer. Sei q n tem nd a ver com o assunto mas pq em vez deles ficarem caçando problema no q ja esta pronto, pq n vai ajudar os menos favorecidos? Sei q n tem nd a ver com a noticia mas tbm viu...
Fredson Nascimento Sousa
Fabio, a venda da Motorola para o Google teve que ser aprovada pela FTC e se não me engano até passou pelo senado americano, a compra foi aprovada mas a Google não pode impedir a utilização de tecnologias só porque ela tem as patentes da Motorola, por isso exite os royalties, que a Microsoft e Apple pagam a Motorola, caso o Google esteja impedido de alguma forma o acesso as essas tecnologias ela pode ser multada pela FTC e até em caso extremo ter que vender as suas ações da Motorola por está descumprindo os termos assinado com a FTC. Aqui no Brasil o Cade determinou que a BRF -Brasil Foods (Sadia, Perdigão, Rezende e Batavo), retirasse do mercado por 5 anos pizzas e lasanhas da marca perdigão e por 4 anos o da Batavo, e terá que vender dois abatedouros de suínos, dois abatedouros de aves, granjas, incubatórios e oito centros de distribuição, esse foi o acordo feito entre a BRF e o Cade, caso a BRF não cumpra o acordo ela perde os registros dos ministérios competentes e não poderá vender os seus produtos. Porque tudo isso? Para ter concorrência, preços justos entre outras coisas para não prejudicar o consumidor.
YanGM
Ué o Google chegou ao topo com as próprias pernas assim como a Microsoft, não consigo ver nada de errado ai.
Erica Dal Bello Stringhini
Concordo! Acho que eles são o que são por competencia e determinação.
Sias
Pra mim também é caça as bruxas. Se outras empresas não tiveram competência para fazer frente o Google é que está errado? Nem a toda poderosa MS com o Bing conseguiu....
Fabio
Com relação as patentes que você citou, até onde eu sei, as patentes do Google adquiridas em virtude no negócio com a Motorola são apenas para se proteger de litígios, não para atacar. Não entendo essas questões, porque o Google sempre dominou o mercado de buscas, isso cheira mais como uma repressão contra o gigante da web. Que culpa o Google tem de que algumas fabricantes perderam o rumo no meio do caminho, especialmente a partir do momento em que a Apple invadiu o mercado com o iPhone e o Google esverdeou tudo com o Android? Culpa são delas mesmas que não souberam inovar.... se assim for podemos referirmos ao Facebook como Facepolio, por dominar o mercado de redes sociais. Fabricantes como a HTC, RIM e Microsoft não estão sabendo mais inovar no ecossistema móvel... veja a Kodak, um dos mais patentes exemplos que saiu de uma experiência no carrossel, tontinha, trupitando em tudo.
Felipe Lima
vai pra cima deles FTC
Pedro Alves
Don't be evil...