No último Domingo (02.12), deu-se início às primeiras transmissões do sinal digital de televisão no Brasil. Como esta tecnologia ainda é muito nova para todos nós, seria muito bom poder esclarecer algumas dúvidas sobre o que muda com a chegada da mesma.

O formato

O formato físico da TV Digital é mais largo do que o dos televisores convencionais. Ele segue a proporção 16:9, que é também utilizada nas telas do cinema. Os televisores atuais se encaixam na proporção 4:3.

A imagem passa a ser renderizada da mesma forma que fotografias digitais, sendo formadas por píxels, e processadas em códigos binários (sequências de 0 e 1), como acontece nos computadores. Por causa disso, a resolução aumenta bastante, e detalhes que antes não podiam ser vistos, agora passarão a ser bem nítidos na telona. Reza a lenda que o movimento das clínicas Hollywoodianas cresceu bastante por causa da TV Digital. Os artistas começaram a se preocupar mais ainda com a estética, já que agora qualquer imperfeição será mais visível do que nunca.

Outra coisa que vai melhorar é a qualidade do áudio, se equiparando aos CDs de música.

A interatividade

Tudo o que é digital, traz vantagens no quesito de interatividade. Será possível fazer compras pela televisão, participar de programas ao vivo, assistir vários canais ao mesmo tempo (dividindo a tela), ver a mesma cena de vários ângulos diferentes, checar a programação dos canais, etc. É claro que todos esses recursos dependem única e exclusivamente da disponibilidade do serviço por conta do canal.

O aparelho

Ainda é muito cedo para pensar em investir em um televisor digital, isso porquê a maioria dos aparelhos existentes no mercado hoje em dia, não é completamente digital. Alguns são apenas preparados para o sinal, mas não exibem a imagem em HDTV. Outros modelos até exibem, mas na resolução de 720 linhas, bem abaixo do que será a resolução da imagem aqui do Brasil (1080 linhas).

O aparelho ideal não deve ser apenas Full HD, mas deve contar no mínimo com um sintonizador interno de sinal digital. Caso você queira se adiantar (ou já o tenha feito), e acabe comprando um televisor sem sintonizador, terá que desembolsar mais uma grana depois, para comprar o Set-top Box separadamente.

O sintonizador externo

Conhecido como Set-top Box, este aparelho será o grande responsável pela decodificação do sinal digital, que por sua vez, será transmitido em ondas UHF. Haverá vários modelos diferentes no mercado, e você irá pagar de acordo com o que deseja obter da sua tv digital. Serão modelos que apenas sintonizam o sinal, modelos que permitem a interação do telespectador com os programas, e modelos que fazem as duas coisas mas ainda possuem um disco rígido interno, permitindo que você grave seus programas prediletos no próprio set-top box.

Graças a esses aparelhos, você poderá utilizar a sua tv analógica para sintonizar o sinal digital, e para interagir com ele também. O único porém, é que a qualidade da imagem e do som, estará sendo limitada pelo seu aparelho televisor.

Considerações finais

Se você (assim como eu) está louco para testar essa nova tecnologia, eu só tenho uma dica: espere. As transmissões foram iniciadas apenas na cidade de São Paulo, e vai demorar um bom tempo ainda para que atinjam um patamar nacional.

Com essa baixa audiência de televisores digitais, as transmissoras deverão esperar muito ainda, antes de colocar no ar as melhores coisas que a tecnologia proporciona, principalmente quando o assunto é a interatividade.

Outro ponto, é que os Set-up Box ainda estão sendo fabricados, e devem chegar ao mercado com um preço muito elevado. O mesmo acontece com os televisores, que apesar de estarem bem mais baratos do que quando foram lançados, ainda são muito caros pela pouca tecnologia que oferecem.

Tudo o que é novidade é caro. Nos últimos dois anos, os fabricantes decidiram parar com a fabricação dos monitores de CRT para computador. Me lembro que comprei um de 17” no começo dessa história, e paguei 450 reais. Na época, monitores LCD de 15” custavam pelo menos 1500 reais. Hoje estou usando um monitor LCD de 19” da Samsung, com tecnologia superior a qualquer LCD que estava no mercado naquela época, e o detalhe é que paguei apenas 650 reais por ele. E sim, ele é original, com nota fiscal e tudo mais.

Se é pra comprar uma tecnologia nova, compre com todos os recursos que ela pode lhe oferecer. Nada de sair comprando, e depois se arrepender porquê o seu vizinho comprou um aparelho melhor em uma super liquidação nas casas bahiano. Pelo menos aguarde a chegada dos televisores com sintonizador digital interno. Dê preferência àqueles que lhe permitam interagir com a programação, e que possuam alguma unidade de armazenamento interna para gravar seus programas favoritos.

Mais textos sobre a TV Digital no Brasil

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

mercutio22
Salvo poucas excessões, o conteúdo da televisão brasileira é uma bela porcaria e a televisão digital não mudará isso. Especialmente notável é o fato que apesar de digital a transmissão ainda é feita em baixa resolução efetivamente anulando o benefício do sinal digital. A alternativa para o internauta inteligente é comprar uma boa internet e usar programas como o Miro para conseguir conteúdo de primeira em alta resolução e fazer bom proveito de nossas telas HD.
Rafael-SC
Por favor algum entendido no assunto poderia opinar a respeito de uma dúvida que eu tenho. Estou querendo comprar uma LCD 32 e estou em dúvida na compra. 1) Qual a melhor TV LCD de 32 do mercado e se alguma supera a sansung A550 série 5 Full HD? A minha dúvida reside exatamente se existe alguma TV LCD HDTV que supera a Full HD? Estou na dúvida entre: 1)Tv Monitor LCD 32" / FULL HD (1920x1080) / Tempo de resposta 6 ms / 3 Entradas HDMI / 1 USB - Series 5 Samsung - LN32A550P3RX 2)Tv Monitor LCD 32" com Conversor Digital Integrado / 3 Conexões HDMI / Tempo de Resposta: 5 ms - LG - 32LG50D 3)Tv Monitor LCD 32" com Memória Interna de 80GB (HDD) / HDTV / Entrada USB Plus / Tempo de Resposta de 8ms / 2 Entradas HDMI / Black Piano / 4 Rings - Time Machine 2 - LG - 32LB9RTA 4)TV 32" LCD Bravia c/ 2 HDMI e Entrada p/ PC KLV-32M400A Sony Poderiam me ajudar a escolher?
cris
Sou mais uma daquelas pessoas que têm um formigueiro inteiro incomodando demais até enfim adquirir uma HD...Mas em contrapartida esta preocupação com o fato de que as disponíveis no mercado ainda não estão "completas".. Com esta evolução louca da tecnologia penso que nunca chegaremos a ter algo satisfatório e em sincronia com os demais países avançados. TEMOS É QUE SUPERAR ESSA FRUSTRAÇÃO e conscientes de que em nosso país muitos tentam levar vantagem em tudo, precisamos tentar usufruir dessas novidades ( já nem tão novas em outros países) de uma forma inteligente e consciente antes de efectuar qualquer compra, visto que, realmente, muitas vezes no nosso território isto ainda não foi concretizado, mas já foi vendido!
Thássius
Dois pontos polêmicos: 1. A interatividade. Ninguém até hoje viu nem rascunho do que pode ser essa interatividade que tanto se anuncia. 2. Canais multiplicados. Uma emissora NÃO poderá transmitir mais de um canal. Diz-se que seriam possíveis até quatro simultâneos em qualidade de imagem standard, mas a verdade é que a legislação brasileira não permite isso. Ainda.
Thiago Mobilon
Então Fugita, eu to usando a Você TV aqui em casa. É claro que só ter a TV digital não vai tirar a necessidade de assinar uma televisão a cabo ou satélite, porquê o sinal será digital, mas os canais são os mesmos né...
Alexandre Fugita
Mobilon, Seu artigo sobre TV digital é praticamente o mais completo que eu li, hehe! Também acho melhor aguardar do que simplesmente comprar agora. Na verdade acho que não tenho vontade de comprar, hehehehe! A Net aqui em casa é digital, não na mesma qualidade da TV digital. A imagem pra mim está ótima. E também eu nem assisto TV aberta, pra que vou querer TV digital com conversor caro? Abraços!