Início » Celular » LG Optimus 4X HD, um quad-core elegante

LG Optimus 4X HD, um quad-core elegante

Smartphone com processador Nvidia Tegra 3 quad-core de 1,5 GHz roda Android 4.0

Por
7 anos atrás

LG Optimus 4X HD: processador quad-core e design inspirado no Prada | Clique em qualquer imagem para ampliar

Anunciado em fevereiro de 2012, o LG Optimus 4X HD tem como principal destaque o processador quad-core Nvidia Tegra 3 de 1,5 GHz, que promete entregar “desempenho similar ao de um PC na palma da sua mão” e uma ótima qualidade de imagem através de sua tela de 4,7 polegadas com resolução HD, de 1280×720 pixels.

Alguns meses se passaram e a fabricante coreana finalmente começou a vender o aparelho no Brasil. Será que o LG Optimus 4X HD é uma boa alternativa aos smartphones mais avançados do mercado, como o Samsung Galaxy S III e o Motorola RAZR HD? Como é a qualidade das fotos da câmera de 8 megapixels? O aparelho realmente consegue entregar um bom desempenho? E a bateria, dura bastante? Confira nos próximos parágrafos.

Design

O design do LG Optimus 4X HD segue a tendência da fabricante coreana em desenvolver aparelhos retangulares com cantos levemente arredondados. O acabamento lembra um pouco o Prada Phone de terceira geração, fabricado pela LG em parceria com a grife italiana Prada, especialmente por conta das ranhuras diagonais na traseira, que dão um aspecto agradável e ajudam o aparelho a não escorregar nas mãos.

LG não aposentou o slot para cartão de memória

A frente do quad-core da LG é dominada por um único vidro. Há uma grande tela LCD de 4,7 polegadas, três botões capacitivos que respondem muito bem ao toque e uma câmera frontal de 1,3 MP para chamadas em vídeo. Nas laterais, duas faixas metálicas que estão bem próximas ajudam a passar uma sensação de que o Optimus 4X HD é muito fino — mas ele possui 8,9 mm de espessura e está até mais gordinho que os smartphones do mesmo segmento.

As bordas do smartphone comportam o botão liga/desliga, o controle de volume, a conexão microUSB e uma saída de áudio para fones de ouvido de 3,5 mm. O aparelho possui dois microfones: um na parte inferior, para captar a voz do usuário, e outro na parte superior, para o cancelamento de ruídos.

A LG optou por colocar a antena NFC na tampa do LG Optimus 4X HD — em alguns aparelhos, como o Galaxy Nexus, a antena fica localizada na bateria. Tirando essa tampa, é possível ter acesso ao slot microSD, que comporta cartões de até 32 GB, e ao slot para o chip da operadora, que usa SIM de tamanho padrão. O chip é obstruído pela bateria, então será necessário removê-la antes caso queira substituir o SIM card.

Tela

A moda é fabricar smartphones com telas AMOLED, mas a LG utilizou um visor de LCD no Optimus 4X HD. Como consequência, o preto não é tão escuro quanto o encontrado no Galaxy S III, por exemplo. Mas isso não tira o mérito do painel IPS, que possui um grande ângulo de visão, exibe cores bem vivas e possui um brilho muito forte, que ajuda na hora de usar o aparelho sob a luz do sol.

Está conseguindo enxergar os pixels individuais? Nem eu

A tela LCD de 4,7 polegadas tem resolução de 1280×720 pixels e possui uma definição de imagem muito boa, de 312 pixels por polegada. É praticamente impossível ver pixels individuais a olho nu, e mesmo textos com fontes bem pequenas continuam legíveis. O Optimus 4X HD tem uma das melhores telas que já vi em um dispositivo móvel.

A LG deu o nome de True HD para a tecnologia do painel, que possui esquema de cores RGB, onde os pixels são formados por três subpixels (vermelho, verde e azul). Ele não possui os problemas do polêmico esquema PenTile, adotado por fabricantes como Samsung e Motorola, que possui dois subpixels por pixel e em determinadas situações gera cores imprecisas e adiciona texturas desagradáveis a imagens sólidas.

Esta é a interface do LG Optimus 4X HD

Interface e navegação

Não sobrou praticamente nada do Android original no Optimus 4X HD. O Ice Cream Sandwich, em sua versão 4.0.3, possui profunda personalização da fabricante coreana, que incluiu seus próprios ícones e animações.

Até o esquema de cores é diferente: enquanto o Android puro e de outros fabricantes apostam em fundos com tons escuros, a LG optou por deixar o visual mais claro, com fundos brancos em várias partes do sistema.

A interface da LG é bastante personalizável. A tela de bloqueio dá acesso rápido a quatro aplicativos, que podem ser escolhidos pelo próprio usuário. A central de notificações possui uma barra com botões para ativar ou desativar recursos do sistema, também ao gosto do usuário — é possível adicionar botões para ligar o modo avião, alterar o brilho da tela, habilitar o NFC ou ativar o compartilhamento de 3G, por exemplo. Dá até para trocar os ícones dos aplicativos do sistema.

Há alguns detalhes interessantes, como o suporte a temas: são quatro estilos que deixam o Optimus 4X HD com um visual mais retrô ou mais… infantil. Os ícones de SMS e telefone mostram o número de mensagens não lidas e o número de chamadas não atendidas, inclusive no menu de aplicativos. Também é possível adicionar widgets e atalhos diretamente da tela inicial, sem precisar acessar o menu do Android, o que é bem legal.

Nas configurações do Optimus 4X HD é possível habilitar os gestos, que funcionam como no Galaxy S III. Se alguém está ligando e você deseja silenciar a chamada, simplesmente deixe o aparelho com a tela para baixo. Se o alarme está tocando e você quer mais alguns minutinhos de sono, deixe o aparelho com a tela para baixo. Se você está assitindo a um filme e quer pausá-lo… sim, você acertou: deixe o aparelho com a tela para baixo. Bem intuitivo.

Quem gosta do Android puro certamente vai querer passar longe das firulas do Optimus UI.

Aplicativos embutidos

Não dá para entender como a LG conseguiu pensar em tantos aplicativos para enfiar no Optimus 4X HD. Além dos aplicativos nativos do Android, há gerenciador de tarefas, Orkut, serviço de suporte remoto, joguinhos de demonstração, aplicativos do Yahoo e vários outros softwares. Tem até um gerenciador de aplicativos da LG, justamente para desativar os aplicativos que a fabricante coreana colocou no aparelho.

Aplicativos de sobra

O aplicativo de calendário do Android foi modificado, exibindo eventos na parte inferior da tela — o Google bem que poderia implantar isso na versão padrão, aproveitando melhor as telas grandes dos smartphones. O aplicativo de relógio também é diferente e inclui cronômetro, fusos horários de várias cidades do mundo e temporizador, funcionalidades que só chegaram nativamente ao Android na versão 4.2. Ah, e tem gravador de voz embutido também.

A LG incluiu um aplicativo de backup, que parece ser bem útil: faz backup de contatos, favoritos, configurações do sistema e registro de chamadas. Esses dados podem ser salvos no cartão de memória ou no armazenamento interno do aparelho. Outro aplicativo da LG é o gerenciador de tarefas, que exibe a memória RAM utilizada e a memória interna livre do aparelho — coisa que o Android já faz nativamente.

Um dos diferenciais da LG é o QuickMemo, uma espécie de aplicativo de anotações a mão que pode ser acessado apertando os botões Volume+ e Volume- simultaneamente. Você pode escolher o tipo de pincel, a cor da tinta e, se necessário, uma borracha para apagar os erros. Não vi muita utilidade prática nele, mas o QuickMemo pode servir para você fazer anotações em screenshots, por exemplo. As imagens ficam salvas na galeria e podem ser compartilhadas nas redes sociais.

Câmera

Câmera de 8 megapixels do LG Optimus 4X HD não impressiona

A câmera de 8 megapixels é um dos pontos negativos do LG Optimus 4X HD. Ela não é exatamente ruim, mas está abaixo do esperado para um smartphone topo de linha. O foco automático falha com mais frequência que o desejável, a definição de imagem não impressiona, o branco estoura com muita facilidade e as cores muitas vezes saem lavadas, mesmo ativando o modo HDR. Em condições de baixa iluminação, é notável a falta de nitidez e o excesso de granulação.

Outros problemas e limitações inexplicáveis da câmera podem incomodar bastante. Ao ativar o modo de disparo contínuo, que tira seis fotos em cerca de dois segundos, a resolução das fotos fica limitada a 640×480 pixels, subutilizando o sensor de 8 megapixels. Também não há foco pelo toque durante a gravação de vídeo — há apenas o lento foco automático contínuo, que não é suficientemente suave e distorce a imagem do vídeo.


(Vídeo do YouTube)

Multimídia

O player de vídeo do LG Optimus 4X HD faz muito bem o seu trabalho, com suporte a vários tipos de codecs, e você provavelmente não vai precisar instalar um player alternativo. O aparelho consegue reproduzir normalmente vídeos *.mkv em 720p, exibindo inclusive as legendas em arquivo *.srt. Também há efeito de som Dolby Digital, mas é necessário conectar os fones de ouvido.

Player de música é simples, sem frescuras

O player de música simplesmente funciona: ele é bem parecido com o player nativo do Android, mas sem a função de streaming do Google Music. Há o modo soneca, que desliga automaticamente o player após o tempo determinado pelo usuário — pode ser útil para quem gosta de dormir ouvindo uma músiquinha relaxante após um dia difícil.

Conectividade e acessórios

Fone de ouvido do LG Optimus 4X HD tem som decente

A compacta caixa do LG Optimus 4X HD não traz nada além do básico. Há um pequeno manual, um cabo USB, um fone de ouvido intrauricular, um carregador de tomada e duas etiquetas NFC de demonstração, que podem ativar o modo carro (abre o navegador GPS) e o modo escritório (deixa o aparelho no modo silencioso).

O fone de ouvido é intrauricular e encaixou bem no meu ouvido, mas pode não encaixar no seu, uma vez que a LG não envia borrachinhas de tamanhos diferentes, como alguns fabricantes. A qualidade de som é suficientemente boa para agradar aos usuários comuns. Os fios são simétricos, logo, o peso não fica concentrado em apenas um dos lados, deixando o fone mais confortável e seguro nos ouvidos.

Desempenho

O Nvidia Tegra 3 quad-core de 1,5 GHz do LG Optimus 4X HD não é o rei dos benchmarks e já pode ser superado por processadores dual-core mais recentes, mas o chip não faz feio. Os jogos rodam com boa qualidade gráfica e com boa taxa de frames por segundo na GPU GeForce — é possível se divertir bastante com GTA III com os gráficos no máximo.

Mesmo com processador quad-core, o smartphone ainda sofre com algumas travadinhas e lentidões momentâneas no Android, provavelmente por conta do excesso de efeitos e animações implantadas pela LG e pela falta do Project Butter, que deixa o sistema mais fluído a partir da versão 4.1.

Abaixo estão os resultados de três benchmarks rodados no Optimus 4X HD:

Benchmarks: Vellamo, Quadrant e AnTuTu

Bateria

Com uma linda tela de LCD de alta definição, um processador quad-core de 1,5 GHz e um sistema cheio de personalizações, será que a bateria de 2.150 mAh do LG Optimus 4X HD dá conta do recado? Infelizmente não. Se você é uma daquelas pessoas que usa o smartphone o dia inteiro, é muito provável que você chegue ao final do dia sem carga.

No primeiro dia em que usei o aparelho, até estranhei como a porcentagem de bateria caía rapidamente. Com poucos aplicativos instalados e um sistema quase zerado, consegui usar mais da metade da carga em pouco mais de duas horas.

Bateria do LG Optimus 4X HD tem boa capacidade, mas não dura muito

O aparelho obteve um desempenho bem ruim nos nossos testes de bateria, que envolvem execução de arquivos multimídia, navegação na web, ligação telefônica e jogos. A tabela completa e uma descrição detalhada da metodologia do teste podem ser conferidos neste link.

Com uso intenso, o gasto de bateria foi de 85%, ou seja, em três horas, o nível de bateria caiu de 100% para assustadores 15%. Com uso moderado, o uso foi de 44%. Dez minutos de Fruit Ninja foram suficientes para gastar um décimo da bateria. Para fins de comparação, nos mesmos testes o Motorola RAZR HD conseguiu 57% e 39% de gasto de bateria, respectivamente.

Comprou um LG Optimus 4X HD? Diminua o brilho da tela, evite jogar muito e não se esqueça de levar o carregador na mochila.

Pontos negativos

  • Aplicativos e widgets pré-instalados poluem a interface;
  • Bateria de 2.150 mAh não dá conta do aparelho;
  • Câmera não tira fotos e nem faz vídeos muito bons;
  • Disparo contínuo da câmera só tira fotos em VGA.

Pontos positivos

  • Design agradável e bom acabamento;
  • Jogos rodam com boa qualidade gráfica e bom desempenho;
  • Tela com excelente definição de imagem.

Conclusão

LG Optimus 4X HD é um bom smartphone que peca em pontos fundamentais

O LG Optimus 4X HD é um smartphone que possui especificações técnicas muito boas e tenta competir no mercado de aparelhos high-end, mas aposta no preço levemente inferior para conquistar um público maior: por R$ 1.699, seu preço de lançamento é consideravelmente inferior ao de smartphones como o Motorola RAZR HD (R$ 1.999) e o Samsung Galaxy S III (R$ 2.099).

Mas o preço mais baixo pode não compensar se você puder gastar mais um pouquinho. O LG Optimus 4X HD possui um ótimo desempenho, tem um visual bastante atraente e uma tela incrivelmente boa, mas peca em dois pontos que podem afastar muitos clientes: a câmera não tira fotos tão boas e a bateria é insuficiente para o hardware do aparelho, podendo deixar você na mão.

Infelizmente, a LG demorou demais para trazer o Optimus 4X HD ao Brasil. Foram oito meses desde o anúncio em fevereiro até o lançamento no final de outubro, tempo suficiente para que outros fabricantes lançassem smartphones melhores e sem os principais pontos negativos do aparelho da LG. Hoje, com a notável queda nos preços do Galaxy S III e promessas como o LG Nexus 4 e o Nokia Lumia 920, não há muitas razões para ficar louco por um Optimus 4X HD.

Especificações técnicas

  • Bateria: 2.150 mAh.
  • Câmera: VGA (frontal) e 8 megapixels (traseira).
  • Conectividade: 3G, Wi-Fi, GPS, Bluetooth 4.0, DLNA, NFC e USB 2.0.
  • Dimensões: 132,4 x 68,1 x 8,9 mm.
  • Kit contém: aparelho LG Optimus 4X HD, fone de ouvido (3,5 mm), carregador e cabo USB.
  • Memória externa: suporte a cartão microSD de até 32 GB.
  • Memória interna: 16 GB.
  • Memória RAM: 1 GB.
  • Peso: 133 gramas.
  • Plataforma: Android 4.0 (Ice Cream Sandwich).
  • Processador: quad-core Nvidia Tegra 3 de 1,5 GHz.
  • Sensores: acelerômetro, giroscópio, proximidade e bússola.
  • Visor: LCD IPS True HD de 4,7 polegadas com resolução de 720×1280 pixels e proteção Gorilla Glass.
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.