Início » Brasil » Hoje a Fifa definiu o rumo do nosso 4G

Hoje a Fifa definiu o rumo do nosso 4G

Entidade escolhe as sedes da Copa das Confederações

Por
7 anos atrás

A Fifa, entidade máxima do futebol mundial, anunciou em São Paulo quais cidades brasileiras sediarão a Copa das Confederações. A competição faz parte do calendário oficial da entidade e precede a Copa do Mundo de 2014. Espere aí, o que isso tem a ver com tecnologia? De quebra, a Fifa determinou os rumos da instalação do 4G no país.

Cronograma divulgado pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) em meados desse ano determinava que as operadoras deveriam instalar o 4G LTE em “todas as sedes da Copa das Confederações 2013”. Veja abaixo reprodução de um slide oficial da agência mostrando o compromisso que as teles interessadas na quarta geração da banda larga móvel assumiram com o órgão.

Slide apresentado pela Anatel

Dito isso, vamos à lista das cidades que terão o 4G em abril do ano que vem.

  • Belo Horizonte;
  • Brasília;
  • Fortaleza;
  • Recife;
  • Rio de Janeiro;
  • Salvador.

A partir de agora, as quatro maiores operadoras de telefonia celular têm menos de seis meses para instalar toda a estrutura necessária para iniciar a oferta do 4G na frequência de 2,5 GHz. Claro, Oi, TIM e Vivo vinham fazendo testes de implementação da tecnologia em cidades menores com grande fluxo de turistas.

Tivemos uma amostra do novo método inventado pela Vivo para posicionar antenas de celular em postes de luz. A façanha foi exibida durante a Futurecom e servirá também para a instalação da estrutura de 4G. Enquanto isso, a Claro trouxe o Razr HD para o Brasil. Este é o primeiro smartphone compatível com o LTE nacional.

Pode apostar que começa a corrida entre as teles para ser “a primeira” nisso ou “a mais rápida” naquilo. Dentre as cidades escolhidas para a Copa das Confederações, o Rio de Janeiro é a que apresenta maior população: são mais de 6 milhões de habitantes que terão a oportunidade de navegar a taxas de velocidade mais altas. Em seguida aparecem Salvador e Brasília com pouco mais de 2,5 milhões de habitantes (cada).

O 4G deve chegar ao país a um custo premium, da mesma forma que o HSPA+ ofertado pelas operadoras geralmente recebe denominação de “max” ou “plus” e deixa a conta de telecomunicações mais onerosa no fim do mês. Em tese, o LTE permite alcançar velocidades de download na casa de 100 Mbps e de upload próxima dos 50 Mbps, conforme o Tecnoblog explica em um especial sobre o assunto.

A Sky utiliza a rede LTE em Brasília para o acesso fixo, visto que não tem licença para vender acesso móvel de banda larga.

Ainda de acordo com o cronograma obrigatório e divulgado pela Anatel, todas as sedes da Copa do Mundo deverão ter o 4G LTE até dezembro do ano que vem. Além das cidades listadas acima, as seguintes deverão ter o serviço de telecom até o prazo estipulado pela agência: São Paulo, Porto Alegre, Cuiabá, Curitiba, Manaus e Natal.