Início » Jogos » Wii U é desmontado pelo iFixit

Wii U é desmontado pelo iFixit

Avatar Por
7 anos atrás

Primeiro representante da mais nova geração de consoles que deverão chegar às lojas nos próximos anos, o Wii U já está a venda em alguns países, enquanto as futuras encarnações de seus rivais existem apenas em rumores. Assim, o novo console da Nintendo também tem a honra de ser o primeiro representante da próxima geraçãode ser destrinchado e dissecado pelo pessoal do iFixit.

Fixado por parafusos (viu, Apple?) o corpo plástico do Wii U não apresentou qualquer resistência para ser aberto e revelar seus segredos interiores. Um detalhe curioso da construção do aparelho é uma espécie de gavetinha que abriga a bateria da CMOS, facilitando sua troca - manutenção que normalmente é rara em aparelho eletrônicos, mas que deve estar aí por algum motivo bem específico.

Uma vez aberto, chamou a atenção do drive ótico do aparelho, com 424 gramas, quase um terço do peso total do Wii U (1,5 kg). Em compensação, a robustez da unidade deve garantir "menor custo, operação mais silenciosa e robustez" do que uma unidade menor, aponta o iFixit.

Esse é o Wii U | Clique para ampliar

Já a placa mãe não revela grandes surpresas. Processador IBM Power Multi-Core (o clock não foi revelado), GPU AMD Radeon e armazenamento SSD Samsung de 8GB. A exemplo dos produtos da Apple, as unidades de memória RAM são soldadas à placa mãe. Ao todo, quatro chips de 512 MB DDR3L, que podem chegar até a 16GB em futuras versões do aparelho.

Console devidamente aberto, foi a vez de conhecerem as entranhas do GamePad, mistura de controle e tablet que acompanha o aparelho. Também não apresentou dificuldade para ser aberto e mostrar sua bateria de 3,7V que permite de 3 a 5 horas de jogo.

Um detalhe que chamou a atenção no GamePad foi a grande quantidade de espaço vazio. "O grande controle do U foi uma escolha de design, que acomoda confortavelmente a tela, botões, circuitos e tem espaço para reparos", diz o site.

Desta feita, o resultado final do Wii U no desmonte foi dos melhores, com índice de reparabilidade de 8, numa escala que vai até 10 (quanto maior o número, melhor). Agora é só esperar para ver se o aparelho será um sucesso nas prateleiras.

Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.