Início » Software » Windows 8 vende 40 milhões de licenças no primeiro mês

Windows 8 vende 40 milhões de licenças no primeiro mês

Por
6 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Sem muito alarde, a Microsoft anunciou no começo desta semana que o Windows 8 vendeu 40 milhões de licenças durante seu primeiro mês de comercialização, completados dia 26. Ainda que não revele números exatos, a cifra é considerada equivalente a registrada pelo Windows 7 durante seu debute nas prateleiras — que por sua vez, deu uma surra no mal amado Windows Vista, que nunca despertou grandes amores no público.

Durante suas 10 primeiras semanas de comercialização, o Windows 7 vendeu 60 milhões de licenças, feito que abriu caminho para que conquistasse a coroa de sistema operacional de vendas mais rápidas da história. Já os planos da Microsoft para o Windows 8 são bem semelhantes. Tami Reller, diretora de finanças e vendas da gigante de Redmond disse em reunião com investidores que “a tendência é que o ritmo de upgrades do Windows 8 supere a do Windows 7 em seu primeiro trimestre”.

Ainda que os números pareçam animadores, o desempenho do programa pode estar abaixo das expectativas de sua empresa-mãe. Paul Thurrott, jornalista especializado na Microsoft, afirmou em meados de novembro que o ritmo de comercialização do novo Windows estava “bem abaixo” das estimativas da companhia.

Segundo o Thurrott, a gigante apontava que parte da culpa era dos fabricantes, por sua “incapacidade de entregar hardware com o novo programa”, mas outros pontos críticos levantados pelo especialista foram os atritos com Sinofsky (diretor do Windows, que sairia da empresa logo após esse post ter sido escrito), a situação econômica, as mudanças na interface do novo OS e o atrito causado com fabricantes e a Intel pelo lançamento do Surface — hardware criado pela própria Microsoft com processadores ARM.

Com informações: Reuters, Paul Thurrott.

Mais sobre: , ,