Início » Telecomunicações » IPTV da Vivo dedica 1 Gbps para os canais e permitirá Xbox

IPTV da Vivo dedica 1 Gbps para os canais e permitirá Xbox

Vivo TV Fibra utiliza decodificador com tecnologia Mediaroom da Microsoft.
Sistema permite três streamings simultâneos de conteúdo.

Avatar Por

São Paulo – Mudar de canal sem esperar uma eternidade para que o conteúdo apareça na tela da TV. Essa é uma das promessas do serviço de televisão por assinatura Vivo TV Fibra, cujos recursos mais interessantes foram demonstrados na manhã dessa quinta-feira (29). Para chegar a esse resultado os técnicos aliaram a rede de fibra da operadora à tecnologia presente no Mediaroom, sistema de entretenimento desenvolvido pela Microsoft.

Grade de programação da Vivo TV Fibra (foto: Thássius Veloso / Tecnoblog)

Grade de programação da Vivo TV Fibra

Primeiro, falemos da infraestrutura. Diferentemente do que alguns concorrentes (leia-se Net) praticam, a Vivo dedica um túnel de fibra de 1 Gbps especialmente para o IPTV. Luiz Bento da Silveira, gerente de produtos e plataformas, explica que não há necessidade de contratar uma banda larga para instalar a televisão por assinatura. Ele aposta que os consumidores vão desejar instalar também a internet por fibra da companhia, mas não existe essa necessidade. Até porque, como sabemos, a Anatel não permite venda casada de produtos.

Absolutamente todos os canais são transmitidos simultaneamente neste túnel de 1 Gbps. Clientes da Sky estão acostumados a escolher outro número de canal e esperar com paciência que o decodificar faça a troca. Na IPTV dos espanhóis a mudança acontece de forma suave e rápida – como pudemos ver na demonstração para jornalistas.

O mesmo túnel de fibra para IPTV comporta o vídeo on demand contratado por meio do acervo montado pela própria operadora com oferta de títulos do Telecine e da Disney, para citar alguns grandes distribuidores de conteúdo.

Cada canal determina qual é a taxa de transmissão no IPTV. Pelo que ficamos sabendo, a TV Globo exige que a programação em HD seja entregue na casa do cliente em algo próximo de 18 Mbps.

Mediaroom da Microsoft

A Vivo adota em parceria com a Microsoft a plataforma de entretenimento Mediaroom, bem popular nos Estados Unidos e alguns países da Europa (a alemã Deutsche Telekom tem mais de 1 milhão de assinantes nessa tecnologia). “Essa plataforma foi criada nesse século. Nossos concorrentes estão nos anos setenta e oitenta”, diz André Kriger, diretor de fibra ótica.

A interface do Mediaroom em um decodificador fornecido pela Cisco (inicialmente utilizarão somente equipamentos da marca) lembra bastante o finado Windows Media Center do Windows 7 – ele pode ser comprado à parte no Windows 8. Há todos os recursos que se espera de uma televisão por assinatura e digital, como a grade de programação, pesquisa por programas e elenco, acesso ao acervo de filmes e controle de pais.

Traseira do decodificador Cisco mais completo com gravação e disco de 500 GB (foto: Thássius Veloso / Tecnoblog)

Traseira do decodificador Cisco mais completo com gravação e disco de 500 GB

Há dois decodificadores. No mais completo temos gravação dos programas em disco rígido de 500 GB. A grade de programação inteligente permite escolher gravar todos os episódios de uma série ou todos os programas com mesmo título. Similar ao que a Net oferece. Portanto, fique tranquilo: está bem fácil de gravar diariamente o programa da Fátima Bernardes para assistir quando chega em casa.

Alguns aplicativos fazem parte da experiência de Mediaroom, dentre eles o Twitter e Facebook. No microblog dá para acompanhar o que vem sendo dito com a hashtag do programa em exibição em tempo real. Da mesma forma, o consumidor envia tweets se quiser, desde que não se irrite com a digitação por meio do controle remoto tradicional do decodificador. O app de Facebook agiliza o compartilhamento daquilo que está assistindo, com direito a dizer se recomenda ou não o programa. Também dá para checar o mural dos amigos e ver fotos em slideshow. Neste caso, o decodificador interrompe o áudio e vídeo em execução.

Em breve no Xbox 360

O Mediaroom tem compatibilidade com o Xbox 360. Em tese o usuário pode substituir um dos decodificadores pelo console, porém perde o recurso de gravação de vídeo se for o decoder mais robusto e caro. A Vivo planeja habilitar o uso do videogame da Microsoft até meados do próximo ano.

Vivo TV Fibra chega à casa do cliente por meio de fibra ótica que vai numa espécie de roteador responsável por distribuir via cabo Ethernet para os demais decodificadores da casa. Somente um decodificador mais robusto da Cisco dá direito a gravar ou assistir simultaneamente três streamings, com direito ao multiroom – quando o espectador começa a assistir num ponto da casa e termina de assistir ao conteúdo em outro.

A Telefônica diz que por volta de 450 pessoas assinam a televisão paga via IP e com Mediaroom no momento. Além da capital, o serviço deve se estender para todo o estado de São Paulo no próximo ano. Custa 69,90 reais por mês no plano básico. No total são 35 canais em HD.

Não espere a televisão por assinatura da Vivo fora do estado de São Paulo. A operadora no momento não anuncia a chegada em novas cidades. Aliado a isso, no próximo ano terá de desligar o serviço por MMDS em algumas cidades, dentre elas Rio de Janeiro e Curitiba.

Por fim, sobre acesso a vídeos do YouTube: não num futuro próximo. ¯\_(ツ)_/¯

Vídeo de divulgação da Vivo TV Fibra com Mediaroom

Lista de canais no Vivo TV Fibra

Convencionais: Fox Sports, SporTV, SporTV2, SporTV3, TV Corinthians, OFF, ESPN, ESPN Brasil, Woohoo, BandSports, Cartoon Network, Discovery Kids, Gloob, Disney, Disney XD, Disney Junior, Boomerang, Nick, TV Rá Tim Bum, Discovery, Nat Geo, Multishow, BIS, GNT, +Globosat, VIVA, ID, E!, A&E, History, Bem Simples, Concert Channel, VH1, VH1 Mega Hits, Fox Life, Home & Health, TLC, Animal Planet, Bio, Canal Brasil, Warner, Sony, Fox, AXN, FX, TCM, TNT, Cinemax, Curta!, Space, Megapix, Sony Spin, Studio Universal, SyFy, Film & Arts, EuroChannel, GloboNews, RecordNews, CNN, BBC World News, Bloomberg, truTV, Cultura, SBT, Globo, Record, RedeTV!, Gazeta, Band, MTV, Rede 21, Rede 21, Play TV, Chef TV, Blue TV, Rede Gospel, Rede Vida e Aparecida.

A la carte: HBO, HBO2, HBO Plus, HBO Plus (e), HBO Family, HBO Signature, MaxHD, Max, MaxPrime, MaxPrime (e), Telecine Premium, Telecine Action, Telecine Touch, Telecine Fun, Telecine Pipoca, Telecine Cult, NHK, Rai, DW, RTP, ART, TV5 Monde e Premiere FC.

Canais HD: Fox Sports HD, ESPN+, OFF HD, Rush HD, Disney HD, Gloob HD, Discovery HD Theater, Nat Geo Wild HD, BIS HD, +Globosat HD, A&E HD, TLC HD, History HD, Warner HD, Sony HD, Fox HD/Nat Geo HD, AXN HD, TNT HD, Space HD, Megapix HD, truTV HD, SBT HD, Globo HD, Record HD, RedeTV! HD, Gazeta HD, Band HD e MTV HD.

HD a la carte: HBO HD, HBO | HD, Max HD, Telecine Premium HD, Telecine Action HD, Telecine Touch HD, Telecine Fun HD, Telecine Pipoca HD e Premiere HD.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diego Do Nascimento Reina
TV a Cabo me parece que só a N=T tem, infelizmente as outras operadoras não tem TV a cabo, somente via satélite. E sabemos que a cabo é muito melhor. E a N=T não leva a todo lugar também, pra piorar.
Paulo Almeida Alcantra

Absurdo isso, brasil é um país lerdo, as coisas aqui andam devagar demais. afff
Desde da década de 80, nos EUA, tv a cabo é coisa comum e no brasil é essa merda!

Paulo Almeida Alcantra
Absurdo isso, brasil é um país lerdo, as coisas aqui andam devagar demais. afff Desde da década de 80, nos EUA, tv a cabo é coisa comum e no brasil é essa merda!
Cinevaldo Tomaz
Odeio reportagem sem data. Esta é de quando? Toda notícia tem data de validade
YanGM
A TV da casa da minha avó fica o dia inteiro na Globo e eu quase nunca vejo algo em HD. A única coisa que vejo em HD lá é o jornal local e as novelas de lixo.
Orley Lima
Só pra constar... Usuários da GVT TV também têm que esperar alguns segundos entre as mudanças de canal e na inicialização do decoder em si. (Neste último caso em torno de um minuto e meio) Mas é GVT e tenho fé que vai melhorar. õ/
Thatiana Haddad
Eu tenho a TV por assinatura da vivo sem ter telefone em casa, e tenho internet banda larga de 10MB da vivo (não é Speedy).
Cáio Brito
Chorando sangue por não morar em SP nessas horas..
othon
Desafio qualquer um, qualquer um mesmo, a adquirir a TV por assinatura da Vivo sem possuir uma linha na residência. btw, "além da capital, o serviço deve se estender para todo o estado de São Paulo no próximo ano", já faz uns cinco anos que tenho meu Speedy 2 MB sem maiores velocidades disponíveis. chuto que esse "próximo ano" vá demorar ainda uns seis anos pra ocorrerem.
Danilo Boros
80% da programação, amigão :)
José Yamaguti
Sim, o serviço é via fibra, o que não significa dizer que todos as ligações deverão necessariamente ser por fibra. A fibra chega de fato até dentro da sua casa, onde é ligada a uma ont, que por sua vez é ligada por uma cabo de rede a um roteador modelo bhs da amper. Desse roteador pode tanto sair um cabo coaxial ou um cabo de rede que serão ligados ao decodificador, sendo a primeira opção a mostrada na foto.
@leossoliveira
Parece que o serviço da Vivo é realmente muito moderno, acabei de assinar a NET (até a pouco tempo não tinha rede deles no meu bairro), ainda nada de VIVO IPTV por aqui onde eu moro (São Paulo - SP) e acredito que vai demorar até instalarem a rede em todo o estado de São Paulo. A qualidade de imagem da NET no plano digital deixa bastante a desejar, parece DVD de R$1,00 com filme pirata (muita gente deve saber do que eu estou falando), acho que o jeito vai ser esperar a VIVO e pegar uma Tv a cabo melhor. Sky não me interessa.
Disneyg
Não adianta nada isso, eles oferecem para uma parcela da população (rica), que é fanboy de sky. Tem que oferecer pro povão da classe média, que não liga de pagar R$100,00 para ter um conforto desses
YanGM
Não é todo mundo que leva fibra até a casa do cliente, tem empresa que garante a fibra até não sei quantos metros da casa do assinante.
YanGM
Amigo eu disse proporção, por exemplo 3 de 42.
Exibir mais comentários