Início » Telecomunicações » IPTV da Vivo dedica 1 Gbps para os canais e permitirá Xbox

IPTV da Vivo dedica 1 Gbps para os canais e permitirá Xbox

Vivo TV Fibra utiliza decodificador com tecnologia Mediaroom da Microsoft.
Sistema permite três streamings simultâneos de conteúdo.

Avatar Por
7 anos atrás

São Paulo – Mudar de canal sem esperar uma eternidade para que o conteúdo apareça na tela da TV. Essa é uma das promessas do serviço de televisão por assinatura Vivo TV Fibra, cujos recursos mais interessantes foram demonstrados na manhã dessa quinta-feira (29). Para chegar a esse resultado os técnicos aliaram a rede de fibra da operadora à tecnologia presente no Mediaroom, sistema de entretenimento desenvolvido pela Microsoft.

Grade de programação da Vivo TV Fibra (foto: Thássius Veloso / Tecnoblog)

Grade de programação da Vivo TV Fibra

Primeiro, falemos da infraestrutura. Diferentemente do que alguns concorrentes (leia-se Net) praticam, a Vivo dedica um túnel de fibra de 1 Gbps especialmente para o IPTV. Luiz Bento da Silveira, gerente de produtos e plataformas, explica que não há necessidade de contratar uma banda larga para instalar a televisão por assinatura. Ele aposta que os consumidores vão desejar instalar também a internet por fibra da companhia, mas não existe essa necessidade. Até porque, como sabemos, a Anatel não permite venda casada de produtos.

Absolutamente todos os canais são transmitidos simultaneamente neste túnel de 1 Gbps. Clientes da Sky estão acostumados a escolher outro número de canal e esperar com paciência que o decodificar faça a troca. Na IPTV dos espanhóis a mudança acontece de forma suave e rápida – como pudemos ver na demonstração para jornalistas.

O mesmo túnel de fibra para IPTV comporta o vídeo on demand contratado por meio do acervo montado pela própria operadora com oferta de títulos do Telecine e da Disney, para citar alguns grandes distribuidores de conteúdo.

Cada canal determina qual é a taxa de transmissão no IPTV. Pelo que ficamos sabendo, a TV Globo exige que a programação em HD seja entregue na casa do cliente em algo próximo de 18 Mbps.

Mediaroom da Microsoft

A Vivo adota em parceria com a Microsoft a plataforma de entretenimento Mediaroom, bem popular nos Estados Unidos e alguns países da Europa (a alemã Deutsche Telekom tem mais de 1 milhão de assinantes nessa tecnologia). “Essa plataforma foi criada nesse século. Nossos concorrentes estão nos anos setenta e oitenta”, diz André Kriger, diretor de fibra ótica.

A interface do Mediaroom em um decodificador fornecido pela Cisco (inicialmente utilizarão somente equipamentos da marca) lembra bastante o finado Windows Media Center do Windows 7 – ele pode ser comprado à parte no Windows 8. Há todos os recursos que se espera de uma televisão por assinatura e digital, como a grade de programação, pesquisa por programas e elenco, acesso ao acervo de filmes e controle de pais.

Traseira do decodificador Cisco mais completo com gravação e disco de 500 GB (foto: Thássius Veloso / Tecnoblog)

Traseira do decodificador Cisco mais completo com gravação e disco de 500 GB

Há dois decodificadores. No mais completo temos gravação dos programas em disco rígido de 500 GB. A grade de programação inteligente permite escolher gravar todos os episódios de uma série ou todos os programas com mesmo título. Similar ao que a Net oferece. Portanto, fique tranquilo: está bem fácil de gravar diariamente o programa da Fátima Bernardes para assistir quando chega em casa.

Alguns aplicativos fazem parte da experiência de Mediaroom, dentre eles o Twitter e Facebook. No microblog dá para acompanhar o que vem sendo dito com a hashtag do programa em exibição em tempo real. Da mesma forma, o consumidor envia tweets se quiser, desde que não se irrite com a digitação por meio do controle remoto tradicional do decodificador. O app de Facebook agiliza o compartilhamento daquilo que está assistindo, com direito a dizer se recomenda ou não o programa. Também dá para checar o mural dos amigos e ver fotos em slideshow. Neste caso, o decodificador interrompe o áudio e vídeo em execução.

Em breve no Xbox 360

O Mediaroom tem compatibilidade com o Xbox 360. Em tese o usuário pode substituir um dos decodificadores pelo console, porém perde o recurso de gravação de vídeo se for o decoder mais robusto e caro. A Vivo planeja habilitar o uso do videogame da Microsoft até meados do próximo ano.

Vivo TV Fibra chega à casa do cliente por meio de fibra ótica que vai numa espécie de roteador responsável por distribuir via cabo Ethernet para os demais decodificadores da casa. Somente um decodificador mais robusto da Cisco dá direito a gravar ou assistir simultaneamente três streamings, com direito ao multiroom – quando o espectador começa a assistir num ponto da casa e termina de assistir ao conteúdo em outro.

A Telefônica diz que por volta de 450 pessoas assinam a televisão paga via IP e com Mediaroom no momento. Além da capital, o serviço deve se estender para todo o estado de São Paulo no próximo ano. Custa 69,90 reais por mês no plano básico. No total são 35 canais em HD.

Não espere a televisão por assinatura da Vivo fora do estado de São Paulo. A operadora no momento não anuncia a chegada em novas cidades. Aliado a isso, no próximo ano terá de desligar o serviço por MMDS em algumas cidades, dentre elas Rio de Janeiro e Curitiba.

Por fim, sobre acesso a vídeos do YouTube: não num futuro próximo. ¯\_(ツ)_/¯

Vídeo de divulgação da Vivo TV Fibra com Mediaroom

Lista de canais no Vivo TV Fibra

Convencionais: Fox Sports, SporTV, SporTV2, SporTV3, TV Corinthians, OFF, ESPN, ESPN Brasil, Woohoo, BandSports, Cartoon Network, Discovery Kids, Gloob, Disney, Disney XD, Disney Junior, Boomerang, Nick, TV Rá Tim Bum, Discovery, Nat Geo, Multishow, BIS, GNT, +Globosat, VIVA, ID, E!, A&E, History, Bem Simples, Concert Channel, VH1, VH1 Mega Hits, Fox Life, Home & Health, TLC, Animal Planet, Bio, Canal Brasil, Warner, Sony, Fox, AXN, FX, TCM, TNT, Cinemax, Curta!, Space, Megapix, Sony Spin, Studio Universal, SyFy, Film & Arts, EuroChannel, GloboNews, RecordNews, CNN, BBC World News, Bloomberg, truTV, Cultura, SBT, Globo, Record, RedeTV!, Gazeta, Band, MTV, Rede 21, Rede 21, Play TV, Chef TV, Blue TV, Rede Gospel, Rede Vida e Aparecida.

A la carte: HBO, HBO2, HBO Plus, HBO Plus (e), HBO Family, HBO Signature, MaxHD, Max, MaxPrime, MaxPrime (e), Telecine Premium, Telecine Action, Telecine Touch, Telecine Fun, Telecine Pipoca, Telecine Cult, NHK, Rai, DW, RTP, ART, TV5 Monde e Premiere FC.

Canais HD: Fox Sports HD, ESPN+, OFF HD, Rush HD, Disney HD, Gloob HD, Discovery HD Theater, Nat Geo Wild HD, BIS HD, +Globosat HD, A&E HD, TLC HD, History HD, Warner HD, Sony HD, Fox HD/Nat Geo HD, AXN HD, TNT HD, Space HD, Megapix HD, truTV HD, SBT HD, Globo HD, Record HD, RedeTV! HD, Gazeta HD, Band HD e MTV HD.

HD a la carte: HBO HD, HBO | HD, Max HD, Telecine Premium HD, Telecine Action HD, Telecine Touch HD, Telecine Fun HD, Telecine Pipoca HD e Premiere HD.