Início » Gadgets » Apple tentou calar dono de iPod explosivo

Apple tentou calar dono de iPod explosivo

Por
10 anos atrás

A edição dessa segunda-feira (03) do jornal inglês The Times conta que a Apple tentou silenciar uma criança cujo iPod pegou fogo. A história começa com um iPod Touch pegando fogo próximo a Kan Stanborough, 47 anos, e sua filha Ellie, de 11 anos.

Ellie, 11 anos, segura iPod Touch que pegou fogo. (Steve Morgan/The Times)

Ellie, 11 anos, segura iPod Touch que pegou fogo. (Steve Morgan/The Times)

O pai entrou em contato com a Apple e com a Argos, loja na qual ele havia comprado o aparelho. Depois de passar por diversos setores – viu só como não é apenas no Brasil que isso acontece? –. Stanborough conversou por telefone com um executivo da Maçã. Ambos concordaram que a devolução do dinheiro seria o mais correto.

Dias depois, chegou à casa de Ken Stanborough uma carta que dizia que, ao aceitar o dinheiro de volta, o pai de Ellien concordava em manter os termos e a existência do acordo completamente confidencial, e que a quebra de confidencialidade resultaria em processo contra ele.

É claro que Ken Stanborough se recusou a assinar o acordo. O autônomo classificou a carta como “muito perturbadora”.

Aparentemente a Apple tem se esforçado bastante para evitar que histórias sobre iPods pegando fogo venham a público. Há pouco mais de uma semana o Tecnoblog noticiou uma investigação promovida por repórter americana, que obteve 800 páginas de relatos sobre problemas com iPods. [Times]

Mais sobre: , , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.