Início » Mobile Software » Google abre Play Store brasileira com livros e filmes

Google abre Play Store brasileira com livros e filmes

Por
5 anos e meio atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O dia chegou. Finalmente o Google olhou com bons olhos para o Brasil e decidiu liberar nesta madrugada a venda de livros e filmes para o mercado brasileiro na Play Store, loja de conteúdo digital do Android. Uma data bastante estratégica: a Amazon acabou de abrir o site para venda de conteúdo para o Kindle, e a Livraria Cultura anunciou hoje o lançamento do Kobo, leitor de ebooks.

A princípio, o catálogo não é ruim. Na parte de livros, os campeões de vendas, como a saga dos cinquenta tons, estão em destaque na capa da loja, bem como obras do Padre Marcelo Rossi e do escritor Paulo Coelho. Os preços variam: “Cinquenta tons de cinza”, por exemplo, sai a R$ 24,90, valor não muito diferente da obra em papel. Na loja da Amazon, o mesmo título sai a R$ 21,50.

Já o acervo dos filmes é relativamente pequeno: ainda não vi filmes brasileiros na loja: “Tropa de Elite”, “Carandiru”, “Se eu fosse você” e “O Palhaço” foram os primeiros filmes nacionais que me vieram a cabeça e não estão disponíveis. A loja trabalha com o modelo de compra e aluguel, mas não necessariamente todos os filmes podem ser alugados. Além disso, o conteúdo em alta definição é mais caro.

Não é caro alugar: por R$ 3,90 é possível assistir “A Era do Gelo 3” por quantas vezes quiser em um período de 2 dias. Se você quiser a versão mais recente do filme (“A Era do Gelo 4”), o aluguel sai a R$ 6,90. Também existem filmes que só podem ser comprados: é o caso do excelente “O Turista”, que custa R$ 19,90 e não possui versão em alta definição.

Quem possui smartphone ou tablet com Android pode acessar a Play Store que o conteúdo já está disponível. Além disso, o conteúdo está disponível para compra ou aluguel no site. Quem usa iOS pode baixar o aplicativo Google Play Books e ler de lá mesmo.

É possível ler os livros adquiridos pelo próprio site da Play Store, direto no navegador. Os livros da Play Store não são compatíveis com o Kindle, leitor de ebook da Amazon. De qualquer forma, alguns livros podem estar disponíveis no formato ePub ou PDF, o que pode facilitar a vida do leitor.

A chegada de livros e filmes deixa uma questão no ar: e a venda de músicas? O Brasil já tem a loja da iTunes Store há um bom tempo e serviços de música como Rdio e Xbox Music estão funcionando a todo vapor no país. Não acredito que a venda de músicas demore a chegar por aqui, e que sejam apenas questões burocráticas que impeçam o início da operação.