Início » Telecomunicações » Oi e TIM irão compartilhar rede 4G para a Copa das Confederações

Oi e TIM irão compartilhar rede 4G para a Copa das Confederações

Lucas Braga Por

2013 é o ano do 4G no Brasil, e as operadoras já estão correndo para conseguir cumprir as determinações da Anatel e cobrir as cidades-sede da Copa das Confederações até o mês de abril. Como o prazo é curto, algumas operadoras estão procurando soluções para cobrir o maior número de cidades em menos tempo. Oi e TIM já resolveram o problema: as operadoras irão compartilhar suas redes entre si.

4G LTE pode chegar a 100 Mbps

4G LTE pode chegar a 100 Mbps

Com cada operadora compartilhando sua rede, TIM e Oi iriam concentrar seus esforços em um número menor de cidades. Isso possibilitaria que cada uma fizesse uma cobertura decente e não às pressas, como aconteceu na rede 3G. Nesse caso, haveria o compartilhamento de espectro: nas cidades cobertas pela TIM, os clientes da Oi utilizariam o espectro da operadora italiana e vice versa.

Leia mais: Confira o teste do LTE da Oi na Futurecom

O compartilhamento de redes já é realidade em muitos países. No Brasil, as operadoras normalmente compartilham seus sites, que seria a infraestrutura de antenas e de links de fibra óptica, mas nunca houve o fenômeno de compartilhamento de rede por aqui, a não ser em casos de roaming.

O que entra em questão é a garantia da qualidade do serviço. Sim, o LTE em primeiro momento ficará bem vazio e não terá muitos usuários como as redes 2G e 3G, mas clientes de duas operadoras pendurados em uma única rede é algo bem complicado e pode gerar problemas se a rede não for bem projetada.

Com informações: Telesíntese.

Mais sobre: , , , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

jai.sudre
Eu uso a net da oi é e pre pago muito rapida em algumas areas da minha cidade ja internet da tim nao e la essas coisas toda e super lenta trava nao carrega nada eu ja testei a da claro, oi, tim e vivo so gostei a da oi e vivo sao as melhores, mais com essa onda ai de 4G vai congetionar a rede de internet da oi...
Thanara Corrêa
Pensei exatamente isso, dai a Tim vai fazer aquelas megas ofertas pra você usar a internet a um preço barato e irá congestionar a Oi e deixando seu próprio espectro um pouco mais livre pra dezenas de milhares de clientes. Não me parece ser um bom ser um cliente da Oi nesse exato momento :/
gicapp
Negócio da China hein!

Resta saber se isso já não é uma prévia do que vai ser definitivo no futuro... a congestionada Oi com a falta de cobertura da TIM...
gicapp
3G+ na TIM?
viniciusghietti
Isso esta muito suspeito... A Oi ja fez testes em 4G, A Vivo tbm ja fez e a Claro já esta vendendo... A Tim foii a unica que nao mostrou nd.... Pq tenho a impressão que essa `junção `` de rede da Oi e da Tim na verdade vai ser só da Oi...
Leonardo R.
Tem que rir disso mesmo. E ter pena dos usuários das 2 operadoras.
Felipe Rodrigues
Alta cobertura 4G nas sedes da Copa, compartilhar rede, mil maravilhas.
Aí acaba a copa, acaba o compartilhamento, acaba a cobertura, acaba o 4G... Feito exatamente pra inglês ver....
Yago G. Oliveira
Meu 3G faz 2,2mbps
3G+ Já faz 6mbps
Você ainda nem testou e já está reclamando do 4G
viniciusghietti
Noss... Espero que consigam mesmo! E espero que depois disso nao seja ``cada um por si`` porque ai vira uma bosta *-*
DeejayBira Michels
Maneira de Brasileiro
Tudo as pressas x(
Victor Martins
Não sei qual das duas é pior...
Paulo Zanatta
União de Oi e Tim. Era melhor o mundo ter acabado em 2012.
Bruno Rodrigues
4G pfffffffffff
Nem o 3G aqui funciona direito eles chamam banda larga 3G uma internet de 1mbps ai vão trazer uma banda 4G de 4mbps sendo que o 3G ja é capaz disso,

Meu Dinheiro essas empresas safadas não vão ver
Matheus Gomes ?
A TIM que ja tem uma qualidade excelente,não. É esperar para ver a péssima qualidade que sairá
Turdin
Puta que pariu, vai fuder a Oi :/
Mudando pra Vivo em 3,2...
daviddiniz
É sabidamente conhecido que a TIM tem a mania de projetar algo subdimensionado para a demanda. Quero ver a caca que vai ser esse compartilhamento de infraestrutura.