Início » Computador » Notebooks da Samsung morrem após dar boot no Linux

Notebooks da Samsung morrem após dar boot no Linux

Boot do Ubuntu 12.04 com UEFI pode danificar permanentemente o notebook.
Samsung trabalha em atualização de firmware para os modelos afetados.

Por
6 anos atrás

Imagine que você acabou de comprar um belo notebook da Samsung e gostou muito do produto, mas encontrou um probleminha: a máquina veio com Windows, mas você prefere usar Linux. Resolver isso deveria ser muito fácil: bastaria fazer download e instalar a sua distribuição Linux preferida. Só que alguns modelos de notebooks da Samsung estão sendo permanentemente danificados quando dão boot no Linux através do UEFI.

Até o momento, o problema foi detectado apenas no Ubuntu 12.04, mas outras distribuições também podem assassinar notebooks. Acontece assim: quando o usuário tenta dar boot através de um pendrive com a distribuição, um driver específico para notebooks da Samsung para de responder, deixando o sistema travado numa tela preta. Após forçar o desligamento do notebook no botão, a máquina se recusa a ligar novamente.

Samsung 530U3C é um dos notebooks afetados

Samsung 530U3C é um dos notebooks afetados

O usuário que relatou o problema no Launchpad informa que já teve dois notebooks inutilizados ao tentar instalar o Ubuntu; na primeira vez, foi necessário substituir a placa-mãe, mas a garantia cobriu o prejuízo. O AnandTech, entretanto, afirma que o notebook pode ressuscitar se o usuário simplesmente retirar e colocar novamente a bateria do CMOS, para que as configurações do UEFI sejam restauradas ao estado original.

A falha afeta os notebooks 530U3C, 300E5C, NP700Z5C, NP700Z7C e NP900X4C da Samsung, e parece estar relacionada ao módulo samsung-laptop embutido no kernel. Matt Fleming, desenvolvedor da Intel, publicou há uma semana duas mudanças no código para evitar que o problema aconteça – uma das correções faz com que o módulo samsung-laptop simplesmente não seja carregado quando o boot é feito através do UEFI. Infelizmente, a correção ainda não chegou às versões estáveis do kernel.

A Canonical diz que os desenvolvedores da Samsung estão trabalhando há um bom tempo numa atualização de firmware para os modelos afetados. Enquanto o problema não é resolvido definitivamente, a empresa por trás do Ubuntu recomenda que a instalação seja feita através de uma daily build atualizada.

Com informações: AnandTech, The H Open, The Register.

Mais sobre: , , , ,