Início » Web » Bitcasa sai do beta e oferece espaço infinito na nuvem

Bitcasa sai do beta e oferece espaço infinito na nuvem

Por
6 anos atrás

O Bitcasa, serviço de armazenamento de arquivos lançado em 2011 por ex-funcionários da Mastercard e do Mozy, acaba de sair do beta. O principal diferencial do Bitcasa é o armazenamento infinito. Com ele, você não precisa mais se preocupar com o tamanho dos seus arquivos: sempre haverá mais espaço disponível na sua conta.

Antes de sair do beta, o Bitcasa oferecia espaço infinito para todo mundo, gratuitamente. Agora, o custo mensal é de US$ 10, o que ainda é muito baixo se comparado com outros serviços – por esse valor, você consegue 100 GB no Dropbox ou 200 GB no Google Drive. E os usuários aproveitam o espaço de verdade: hoje, o Bitcasa já possui mais de 5 petabytes de dados e 1,7 bilhão de fotos em seus servidores.

O serviço está disponível para Windows, Linux e OS X, e você também pode acessar seus arquivos através dos aplicativos para Android e Windows 8 – uma versão para iOS ainda está por vir. A extensão para Chrome permite que você baixe um arquivo de um servidor remoto diretamente para a sua conta, usando a rápida conexão do Bitcasa.

Este é o HD infinito do Bitcasa

Este é o HD infinito do Bitcasa

No Windows, o Bitcasa cria uma espécie de partição virtual gigante para onde é possível mover todos os seus arquivos. Se você não quiser mover tudo para lá, clique com o botão direito em uma pasta no Windows Explorer e clique na opção “Mirror this folder to Bitcasa” – todos os arquivos dentro da pasta serão automaticamente sincronizados com o serviço.

Na página oficial, o Bitcasa garante que mantém pelo menos três cópias de cada arquivo (para evitar perda de dados caso algum servidor pare de funcionar) e também permite a restauração de diferentes versões de um arquivo, bem como a recuperação de arquivos excluídos.

A conta gratuita dá direito a 10 GB de espaço. O plano pago, que oferece espaço ilimitado, custa US$ 10 por mês ou US$ 99 por ano. Durante o mês de fevereiro, ele será vendido por US$ 69 para o primeiro ano.

Com informações: The Next Web.

Mais sobre: , ,