Início » Negócios » Dell vai fechar capital em acordo de US$ 24,4 bilhões; o que isso significa?

Dell vai fechar capital em acordo de US$ 24,4 bilhões; o que isso significa?

Microsoft investiu 2 bilhões de dólares da fabricante de PCs

Paulo Higa Por

É oficial: Michael Dell anunciou hoje que fechou um acordo de US$ 24,4 bilhões para transformar a Dell em uma empresa de capital fechado. Agora, a gigante dos PCs que vem perdendo participação de mercado nos últimos anos também será administrada pela empresa de investimentos Silver Lake. A Microsoft entrou com US$ 2 bilhões e terá uma posição importante dentro da fabricante de computadores.

Na prática, isso significa que a Dell vai pagar US$ 13,65 por ação para as pessoas que possuem papeis da empresa na Nasdaq – ela está “devolvendo” o dinheiro dos investidores. Esse valor é 25% maior em relação ao preço das ações da Dell no dia 11 de janeiro, antes da divulgação das negociações, quando eram vendidas a US$ 10,88. Logo, quem investiu na fabricante na época conseguiu garantir o leite das crianças.

No entanto, o valor de US$ 13,65 também é muito inferior ao preço das ações da Dell quando a empresa estava em seu auge: em meados de 2005, os papeis valiam mais de US$ 40. As ações foram caindo ao logo dos anos, sofreram um duro golpe na crise econômica de 2008, quando perderam metade do valor, e não se recuperaram mais – especialmente devido a diminuição do crescimento das vendas de PCs, apontado por diversos institutos de pesquisa.

dell-grafico

Mas o que isso muda para você, que é apenas um amante de tecnologia e não possuía ações da empresa? Como a Dell não sofrerá mais a pressão dos acionistas, mas sim de investidores especializados e também da Microsoft, ela terá mais liberdade para focar em novos produtos e entrar em novos mercados, mesmo que isso inicialmente cause prejuízos, em vez de simplesmente trabalhar para agradar o mercado aumentando seu lucro trimestre após trimestre.

A entrada da Microsoft também é um ponto importante. A empresa de Redmond emitiu um comunicado dizendo que estaria empenhada em “trazer negócios para seus dispositivos e serviços baseados na plataforma da Microsoft”. O Gizmodo especula que uma parte dos futuros produtos da Dell certamente usará soluções da Microsoft. Em breve, é provável que vejamos vários novos smartphones com Windows Phone e dispositivos com Windows 8 com a marca da Dell – quem não deve estar muito feliz com isso é a Nokia.

A rival HP não está tão otimista assim e nos enviou uma posição bem diferente:

“A Dell tem um caminho longo pela frente já que enfrentará um grande período de transição e incertezas que não será bom para os consumidores. Com uma dívida significativa, a capacidade da Dell de investir em novos produtos e serviços ficará reduzida. Uma aquisição acionária tende a frear a inovação e o foco nos consumidores, portanto, acreditamos que os clientes da Dell estarão dispostos a buscar novas alternativas e a HP está atenta a esta oportunidade do mercado.”

As mudanças da Dell não devem ser sentidas imediatamente, já que o acordo financeiro só deverá ser concluído em 2014. Enquanto isso, os notebooks, desktops, servidores, acessórios e serviços da Dell continuarão sendo vendidos normalmente. Para nós, resta torcer para que 2014 não seja tarde demais e que os novos comandantes da empresa ajudem a Dell a inovar e lançar bons produtos.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ricardo Cordeiro
Talvez por ser a principal parceira de hardware da Microsoft, e temer perder espaço com esse investimento?
RamonGonz
palhaçada essa declaração da HP... só mostra a realidade do que eles sentem em relação à Dell tomara que a Dell cresça muito e ganhe mercado da HP!! :P
Gaba
Bom, talvez haja um período nessa transação, em que o preço dos notebooks deles, ganhem descontos significativos, caso eles comecem a perder mercado. Bom para nós, mas não para a empresa. Computadores Dell são muito bons, principalmente notebooks. Meu próximo com certeza será um Dell.
Guilherme Macedo C.
É provável que nem mesmo o mercado de servidores Linux tenha espaço. É só lembrar do dinheiro da Microsoft na Corel e do sumiço do Corel Linux.
Diego Noguês
Com essa fatia de 2bi para a MS digam adeus aos DELL com Ubuntu de fábrica.
Leonardo Oliveira
Hahah Nossa que ridículo essa nota da HP. Ao contrario da Nokia como disseram no artigo parece que quem está mais preocupado com a Microsoft se infiltrando na Dell é a HP que também tem perdido mercado. Em smartphones com Windows Phone se nem a HTC que é experiente neste setor esta conseguindo atrapalhar muito a Nokia não vai ser a Dell que vai atrapalhar também, mas eu gostaria bastante de ver um Dell Phone no mercado (quem sabe mais voltado para o mercado corporativo) seria muito bom para a plataforma em geral. Mas eu acho que com a Microsoft na Dell podem vir principalmente mais tablets por ai, e que sejam baratos por favor.
Bartholdi
A Dell é fortíssima no mercado corporativo. Qualquer lugar que vamos é povoado de PCs da Dell, além de servidores. Será que só isso não é suficiente para manter a Dell em pé? Será que existe espaço para mais uma IBM?
fac_713198649
Oportunismo!!! Acho que as declarações dos concorrentes nesse momento não devem ser levadas em consideração. Ou alguém acredita que eles estão torcendo pelo sucesso da Dell?
fac_713198649
A Canonical pode esquecer a Dell.
Thássius Veloso
Ainda não entendi por que a HP tinha que se manifestar sobre uma transação da concorrente Dell.
luvialca
Eu não me lembro de ver ninguém divulgando ou comentando em tom de comemoração quando as ações da Dell estavam caindo...rsrs
Julio Miguel
Tomara que não tire o espaço da Canonical com a Dell."