Início » Aplicativos e Software » LibreOffice 4.0 suporta temas e tem maior compatibilidade com documentos do Office

LibreOffice 4.0 suporta temas e tem maior compatibilidade com documentos do Office

Paulo Higa Por

O LibreOffice, suíte de produtividade que surgiu a partir do código do OpenOffice, ganhou hoje uma grande atualização. A versão 4.0 traz maior compatibilidade com os documentos do Microsoft Office, apresenta melhorias de desempenho e traz uma série de correções. A interface continua a mesma, mas você poderá personalizar os aplicativos com os Personas do Firefox.

O editor de texto Writer agora pode importar anotações e comentários de documentos do Office, o que melhora a compatibilidade com documentos OpenXML e Rich Text. O novo LibreOffice também é capaz de ler arquivos do Publisher e aprimorou a importação de projetos do Visio. Quem precisa editar planilhas gigantes do Excel também será beneficiado com as mudanças no código, que deixaram a abertura e o salvamento de arquivos mais rápidos.

libreoffice-writer

Apesar das melhorias de compatibilidade, é claro que o LibreOffice pode não suportar alguns recursos avançados do Office ou estragar a formatação daquela apresentação linda que foi feita no PowerPoint. De qualquer forma, se você usa a suíte de código aberto e não quer pagar (ou assinar) o Office, é possível usar os visualizadores que a própria Microsoft fornece gratuitamente.

Nos menus do LibreOffice, há uma nova opção (meio escondida) que permite alterar o plano de fundo dos aplicativos. As imagens vêm dos Personas, que originalmente foram criados para que os usuários personalizassem o Firefox. Não é um recurso indispensável, mas... tem quem goste. Vale lembrar que o Office 2013 também ganhou uma opção para alterar o plano de fundo, mas as imagens são pré-carregadas e não é possível escolher um fundo personalizado.

A lista completa das novidades do LibreOffice 4.0, que inclui integração com a interface Unity do Ubuntu e um aplicativo para controlar apresentações remotamente pelo Android, está nesta página. A suíte está disponível para Windows, Linux e OS X, e o download gratuito pode ser feito aqui.

Com informações: Gizmodo Brasil.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

fac_713198649
Abra com o Word e veja a diferença dos gráficos.
Guilherme Macedo C.
Esse arquivo aqui abriu instantaneamente, sem lentidão. E que formatação exatamente ele perde? Pareceu normal aqui.
Guilherme Macedo C.
Tem que reclamar pra Microsoft e seu formato cheio de componentes proprietários.

Pra ter uma ideia, somente com o Office 2013 vai ser possível usar o padrão "strict", que não dependente de ferramentas exclusivas do Windows (mas continua com componentes com licença "semi-aberta", dificultando sua manipulação).
Tiago Gabriel
"...é claro que o LibreOffice pode não suportar alguns recursos avançados do Office ou estragar a formatação..." É difícil não haver incompatibilidade entre os formatos.
trovalds
Como todo lançamento, ainda está passível de bugs e melhorias. Mas mesmo assim já é uma boa pedida pra quem não quer depender de software pago.

E, parando pra analisar, até agora nada justificou (pra mim) a migração do Office 2003. O 2007 é uma confusão só, o 2010 melhorou bastante e o 2013 acabou que ficou "mais do mesmo". Mas pro dia a dia de (arriscando) 95% dos usuários os recursos novos acabam nem sendo usados.
fac_713198649
Continua lento para abrir arquivos grandes e perdendo formatação.
http://ubuntuone.com/5aJsAhb7OtWVbcOxGLt9Yo
Tiago Gabriel
É sempre bom ler uma boa notícia. :-)
Emerson
Realmente é um ótimo aplicativo, mais ainda prefiro o Office, estou atualmente com o Office Professional Plus 2013, e está ótimo.
mlhz
bacana. gosto do libreoffice, acho ele meio lento; mas funciona bem.
Andre Souza
Valeuuuuu... Baixandoooo!!!! :D
Julio Miguel
Gostei irei atualizar no meu Ubuntu :D