Início » Internet » Blink chega dentro de 10 semanas, no Chrome 28

Blink chega dentro de 10 semanas, no Chrome 28

Novo motor de renderização substitui o WebKit no navegador do Google e no Opera

Paulo Higa Por

Os engenheiros de software do Google participaram ontem de uma sessão de perguntas e respostas para esclarecer algumas dúvidas sobre o Blink, novo motor de renderização de páginas do Chrome que tomará o lugar do WebKit. A engine deverá chegar a todos os usuários dentro de 10 semanas com o lançamento do Chrome 28, mas não espere muitas novidades no início.

O gerente de produto do Chrome, Alex Komoroske, explica que ainda não haverá nenhuma diferença relevante em relação ao WebKit. Com o tempo, a engine do Google deve seguir um caminho distinto, mas tecnicamente o Chrome Canary liberado hoje já está usando o Blink.

As diferenças para os usuários neste primeiro momento serão tão imperceptíveis que inicialmente o user agent deverá continuar o mesmo, com a string “AppleWebKit”. Os engenheiros afirmam que é preciso ter cautela antes de alterar a identificação do navegador, já que isso pode causar problemas. E nada de “Blink/1.8.2” por enquanto.

De acordo com os funcionários, o Google ajudava no desenvolvimento do WebKit mesmo antes de lançar a primeira versão do Chrome. Essa colaboração não acabará e, pelo menos no começo, deverá continuar forte – como o Blink é baseado no WebKit e ambos são projetos open source, os desenvolvedores podem compartilhar entre si patches que corrijam falhas. No futuro, após várias alterações no código, isso ficará mais difícil, mas eles ainda devem discutir novas ideias.

Para alívio dos desenvolvedores, o Google não pretende criar novos prefixos específicos de CSS, como um “-blink-transition”. Mas claro, os prefixos antigos, especialmente aqueles do WebKit, devem continuar no código – eles não querem “quebrar a internet”. É justamente por esse motivo que esses prefixos não são legais: quando um novo é criado e os desenvolvedores passam a usá-lo, não há como removê-los tão cedo.

O Blink será implantado no Chrome para todas as plataformas – menos no iOS, claro, já que a Apple proíbe o uso de outras engines. O Chrome Canary, que é atualizado praticamente todos os dias e traz as últimas novidades do navegador, pode ser baixado aqui.

Com informações: The Next Web.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Maurício Rodrigues
No meu algumas paginas ficam em braco, vc tem que atualizar f5 umas 3 vezes ¬¬
max.andriani
Notei vários problemas de render e agora aplicações com muito javascript (facebook, reader, youtube) travam do nda e vc tem que ficar limpando os caches.
Thanara Corrêa
Vou atualizar :D
Silvio Ney
o Chrome empatando com o Firefox ou o Firefox empatando com o Chrome?
Tiago Gabriel
Gostei, kkkkkk
Rafael
Um belo exemplo de como o subtítulo dos artigos aqui no TB têm pouca visibilidade. :/ Podiam mudar a fonte / posicionamento...
ricardo
Também curto o Opera, mas alguns sites simplesmente não dão suporte a ele. Pena.
Rodrigo Fante
Espero que o revolucionar seja para melhor, ultimamente anda quase empatando com firefox.
Lucas Meneses
Sério! Legal, o único motivo para eu não usar o Opera é a velocidade, se ele passar a usar o blink ou o webkit será o meu navegador padrão com certeza.
EFG
Valeu, agora nem eu.
@kadugaspar
Jamais lerei uma notícia sobre o Blink sem que me venha a cabeça: http://www.youtube.com/watch?v=fAIASRXV52A
Paulo Higa
O Opera também vai usar o Blink.
Lucas Meneses
O Opera vai passar a usar o webkit e o chrome vai parar de usa-lo...
Maurício Rodrigues
Sera baseado no webkit, espero que com isso não venha a ter muita incompatibilidade com paginas.
viniciusghietti
Legal espero que chegue logo para o android
Exibir mais comentários