Início » Telecomunicações » Claro, Embratel e NET lançam rede Wi-Fi em nove cidades brasileiras

Claro, Embratel e NET lançam rede Wi-Fi em nove cidades brasileiras

Conexão sem fio pode ser utilizada gratuitamente por clientes das operadoras

Por
6 anos atrás

O grupo America Móvil lançou no Brasil uma rede Wi-Fi em nove cidades: Rio de Janeiro, São Paulo, Campinas, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Recife e Salvador. Quem utiliza serviços da Claro e da NET ou é cliente corporativo da Embratel tem direito a acesso gratuito aos 6.000 novos hotspots de alta velocidade em lugares como aeroportos, praças, padarias e até mesmo universidades.

Pelo menos a princípio, as operadoras não irão cobrar nada a mais pelo acesso dos seus clientes, bastando ter um plano compatível com o benefício. Todos os clientes do serviço de banda larga da NET possuem acesso ao NET Virtua Wi-Fi, ilimitado até a Copa das Confederações – encerrado o grande evento, quem possui a conexão em casa terá 1 hora por dia de acesso gratuito, e quem possui o combo com todos os serviços da operadora terá acesso gratuito com 2 horas diárias.

Já o acesso ao Claro Wi-Fi Max é ilimitado, mas apenas clientes pós-pagos com pacote de dados superior a 500 MB ou plano de modem com pelo menos 2 GB de franquia de tráfego terão direito a usar o serviço.

Esses pontos de acesso não ficam dentro de estabelecimentos comerciais: na verdade, a NET aproveita a própria rede de cabos e pendura um access point neles. O legal de tudo isso é a operadora não utiliza a conexão de ninguém para isso, logo, consegue oferecer cobertura em qualquer lugar que tenha cabeamento da NET.

Access point do Claro/Embratel/NET Wi-Fi: da Cisco e fica nos cabos da NET.

O access point é da Cisco e fica pendurado nos próprios cabos da NET.

Moro próximo a uma praça onde existe um ponto de acesso dessas redes, e o que mais impressiona é o alcance do sinal do hotspot. Entre essa antena e minha casa existem três imóveis e o sinal chega perfeitamente dentro de casa. A velocidade é impressionante: em meus testes consegui 18,1 Mbps de download e 3,6 Mbps de upload, o que é um excelente resultado.

teste-net-wifi

A rede testada foi a da NET e não foi possível testar a da Claro, uma vez que a única forma de autenticação é por meio do protocolo EAP-SIM, suportado por pouquíssimos dispositivos e que utiliza o SIM Card do aparelho para autenticar. Em nota à imprensa, a operadora informa que clientes com dispositivos incompatíveis com tal protocolo de segurança poderão utilizar a rede Claro Wi-Fi 2 e fazer login manualmente, mas essa rede não foi encontrada durante nossos testes.

Um recurso interessante da rede da NET é que o sistema consegue salvar automaticamente  o usuário e senha pelo período de um mês. Assim, não é necessário ficar digitando o login e senha toda hora, e isso é válido para qualquer ponto de acesso – foi estranho pegar o celular em um local totalmente aleatório e ver ele funcionando na Wi-Fi sem fazer absolutamente nada.

Essa nova rede é a grande resposta da NET em relação ao Oi WiFi. O modelo de rede da Oi é bem interessante: por meio de uma parceira com a Fon, a operadora consegue cobrir com muita facilidade diversas áreas sem fazer muito esforço, uma vez que a conexão da casa do cliente é compartilhada com a vizinhança. O grupo mexicano consegue oferecer Wi-Fi com velocidade melhor que a da Oi e sem utilizar a conexão do cliente, embora a cobertura seja restrita apenas aos locais onde a NET atua – o Oi WiFi já conta com mais de 90 mil hotspots espalhados em todo o Brasil.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.