Início » Celular » Jolla apresenta primeiro smartphone com o sucessor do MeeGo

Jolla apresenta primeiro smartphone com o sucessor do MeeGo

Por
6 anos atrás

jolla-1

A Jolla, empresa criada por ex-funcionários da Nokia que trabalharam no desenvolvimento do MeeGo, anunciou hoje o primeiro smartphone com o Sailfish OS. O aparelho se chamará simplesmente Jolla e inicialmente estará disponível apenas na Europa, por 399 euros. Apesar de rodar um sistema novo, o aparelho é compatível com aplicativos do Android.

Como a Jolla ainda vai fazer uma coletiva de imprensa para anunciar o smartphone e o lançamento acontece somente no fim do ano, não há muitas informações sobre o hardware. Por dentro, há processador dual-core, provavelmente fabricado pela ST-Ericsson, e 16 GB de armazenamento interno, com entrada para microSD.

jolla-3

O Jolla suporta conexão 4G LTE e possui tela de 4,5 polegadas, além de uma bateria removível pelo usuário, de capacidade não especificada. Ele tem um design minimalista e colorido, que lembra bastante a linha Lumia (e o Nokia N9, que rodava MeeGo). Segundo a Jolla, você pode colocar capinhas de cores diferentes no smartphone e a interface do sistema vai acompanhar a mudança.

Como todo sistema operacional novo, o Sailfish OS deve sofrer um pouco com a falta de bons aplicativos, especialmente no início. A Jolla tenta amenizar esse problema com uma máquina virtual capaz de rodar grande parte dos aplicativos originalmente desenvolvidos para Android sem nenhuma modificação. É uma solução parecida com a adotada no BlackBerry 10.

Assim como o MeeGo, o Sailfish OS não precisa de botões físicos e é totalmente controlado por gestos – para abrir o menu de aplicativos, por exemplo, basta deslizar a tela inicial para cima. O Sailfish OS também tem foco em multitarefa, mostrando miniaturas dos aplicativos em execução logo na tela inicial – você pode controlar os aplicativos diretamente das miniaturas, sem necessidade de alternar entre eles.

O Jolla está disponível para pré-venda no site oficial. Como a empresa ainda é pequena, apesar de ter recebido um aporte de 200 milhões de euros em sua primeira rodada de financiamento, é pouco provável que o Jolla dê as caras por aqui tão cedo. De qualquer forma, assim como o Android, o Sailfish OS é um sistema baseado em projetos de código aberto e será distribuído sem custo aos fabricantes de smartphones – bastante que alguma empresa grande se interesse pelo sistema.

Com informações: Engadget.

Mais sobre: ,