Sem grandes anúncios, a Microsoft finalmente lançou o Office para iPhone. O aplicativo era especulado há meses, junto com uma suposta versão para Android (que ainda não foi anunciada), e está disponível a partir de hoje na App Store americana. Com ele, é possível visualizar e editar arquivos do Word, Excel e PowerPoint.

Mas ele não está disponível para todos os usuários: para usar o Office para iPhone, a Microsoft exige uma assinatura do Office 365. Inicialmente, pensava-se que a empresa liberaria funcionalidades básicas gratuitamente, como a visualização de arquivos, e exigiria uma conta apenas para edição, o que não aconteceu.

office-iphone

A assinatura do Office 365 Home Premium custa R$ 18 por mês ou R$ 179 por ano e permite a instalação do Word, Excel, PowerPoint e outros quatro aplicativos em até cinco máquinas diferentes, no Windows e OS X. Além de dar acesso ao aplicativo do Office para iPhone, a assinatura oferece 60 minutos mensais no Skype e 20 GB extras no SkyDrive.

Leia maisOffice 2013 ou Office 365: qual é a melhor escolha?

O Office para iPhone visualiza e edita arquivos do Word, Excel e PowerPoint – mas não é possível criar arquivos do PowerPoint do zero. O aplicativo suporta os diversos recursos do Office para desktop, como o Smart Art e os gráficos do Excel. Ele está integrado ao SkyDrive: dá para sincronizar as edições com a nuvem e também é possível continuar do ponto em que você parou, se estiver lendo um documento grande. Apesar disso, é possível usá-lo offline.

O aplicativo não está adaptado para a tela grande do iPad. A Microsoft diz que não tem planos de criar uma versão para o tablet da Apple e recomenda aos usuários que acessem o Office Web Apps pelo navegador.

O download pode ser feito na App Store americana. Ele ainda não está disponível na loja brasileira, mas como o aplicativo mostra o português na lista de idiomas suportados, parece apenas uma questão de tempo até que ele apareça por aqui. Para instalá-lo, é necessário ter iPhone 4 ou superior, ou o iPod Touch de quinta geração, rodando iOS 6.1.

Com informações: The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lucas Antonietto

Pessoal, tenho offices 365 abaixo do valor de venda no varejo,

Nas lojas 219,00 EU VENDO POR 99,00

Produto lacrado, original !

Estou vendendo pelo Mercado Livre, qlq duvida veja a qualificação das outras vendas

http://produto.mercadolivre...

NA COMPRA GANHE DE BRINDE UMA AGENDA E CANETA EXCLUSIVA DA MICROSOFT

Thanara Corrêa
Eu hein, microsoft avacalhando geral;
Luandersonn
Segundo vazamentos, o plano inicial da Microsoft era apenas visualizar arquivos sem assinatura, quem quisesse editar, precisaria de assinatura do Office. Mas se ela fizesse isso, teria que dar 30% dos lucros para a Apple, já que a compra poderia ser feito dentro da App Store. Então a solução foi a mesma od SkyDrive, não oferece compra dentro do app, você precisa ter uma assinatura.
Vinícius
Não... O office no iPhone é tão capado, que não faz diferença. Quer o completo? Compre o Lumia .
Robert Lourenzo
Sou assinante do serviço. Como Uso Windows Phone 8 e Windows 8 acaba sendo bem mais pratico até mesmo pelo fato de ter a sincronização. O Que acaba ajudando muito poder criar ou editar um arquivo sem ter que ficar lembrando de carregar ele em um pen ou se já estiver sincronizado, sem internet tbm. Mais é claro que isso vai da necessidade de cada um em sua rotina.
Vinícius
Nem no Windows phone dá pra criar documentos do power point, só editar.
Gabriel
A Microsoft disse que seria uma empresa de serviços, então acho que faz algum sentido eles distribuírem o aplicativo para tablets concorrentes.
@kadugaspar
Exato.
@kadugaspar
Sim, do ponto de vista do usuário seria muito melhor e faria mais sentido lançar no iPad que no iPhone, mas é necessário pensar em todo o marketing que a Microsoft faz em torno dos tablets com Windows 8 rodarem o Office.
TaylerPadilha
Não passa de estratégia. Desse jeito, a MS pode deixar o Office apenas para os tablets com WINDOWS 8.
Domingos Teruel
Descordo, faria mais sentido lançar no iPad que no iPhone, principalmente que se produz mais conteúdo através de tablets e consome-se mais através do smartphone. Mas de qualquer forma é uma boa aposta se a App for tão boa quanto os Web Apps e terem toda a ginga de aplicativos consagrados como o DocumentsToGo e o QuickOffice já estará bom.
Fernandu Z-luciu
aos poucos a empresa de cupertino vai esfaqueando a nokia........................................................
@kadugaspar
Achei a estratégia da Microsoft inteligente tanto ao lançar o Office para iPhone atrelado ao Office 360 quanto ao não lançar uma versão para iPad.
Flavio Viana
Eu sou assinante do O35 Home Premium, mas não vejo a necessidade total da assinatura com bons olhos. No meu ponto de vista a exibição de arquivos deveria ser livre, exigindo a assinatura "só" para edição. Desse jeito a MS corre um risco enorme de perder espaço até para apps gratuitos como o Docstogo Free (que eu usava antes de comprar o QuickOffice, séculos antes de sair o iWOrk por lá). Mas pelo menos eles fornecem a avaliação do O365 de cara. No mais, pelo pouco que li (fiquei de fora pois só "tenho" um iPod touch 3G) o app parece bem básico. Mas o Office ta chegando agora no iOS, então vamos acompanhar :)