Início » Antivírus e Segurança » Falha no Facebook expõe informações de contato de 6 milhões de usuários

Falha no Facebook expõe informações de contato de 6 milhões de usuários

Paulo Higa Por
6 anos atrás

O Facebook anunciou hoje que corrigiu uma falha de segurança que expôs números de telefone e endereços de email de aproximadamente 6 milhões de usuários. O problema aconteceu na ferramenta “Baixe suas informações” e atingiu inclusive contas brasileiras. A rede social está enviando emails para todos os usuários que foram afetados.

A falha foi encontrada com a ajuda do programa White Hat, que oferece recompensas a pesquisadores que encontram brechas no Facebook. De acordo com o Facebook, o problema foi corrigido em menos de 24 horas após a rede social tomar conhecimento do fato e “não há nenhuma evidência de que o bug foi explorado maliciosamente”.

Emails em português foram enviados para tentar explicar o que aconteceu:

“Mesmo sendo difícil descrever o que causou o erro por sua complexidade técnica, queremos explicar como isto aconteceu. Quando as pessoas carregam suas listas de contatos ou agendas de endereços no Facebook, tentamos corresponder esses dados com as informações de contato de outras pessoas no Facebook para gerarmos recomendações de amizade.

Devido a este erro, os endereços de email e os números de telefone usados para fazer recomendações de amizade e reduzir o número de convites que enviamos foram inadvertidamente armazenados em sua conta do Facebook, juntamente com seus contatos carregados.

Como resultado, se uma pessoa baixou um arquivo de sua conta do Facebook através da nossa ferramenta ‘Baixe suas informações’, que inclui seus contatos carregados, ela pode ter sido fornecida com endereços de email e números de telefone adicionais.”

Email do Facebook enviado a este que vos escreve

Email do Facebook enviado a este que vos escreve

Caso seus dados tenham sido expostos, você receberá um email como o da imagem acima, especificando quais informações foram acessadas e o número estimado de pessoas que podem ter visto seus números de telefone ou endereços de email.

Com informações: The Next Web

Mais sobre: ,