Não tem mais volta, amigos. Na madrugada de hoje, o Google tirou o Reader do ar. Você não conseguirá mais acessar a interface web do leitor de RSS, nem usar aplicativos que ainda dependam da API do Reader. Mas, se você deixou tudo para a última hora e esqueceu de fazer backup das suas assinaturas, saiba que ainda é possível recuperá-las.

No blog oficial do Google Reader, a empresa explica que, no futuro, todos os dados do serviço serão excluídos sistematicamente dos servidores do Google, incluindo anotações, listas de pessoas que você seguia, itens marcados com estrela e inscrições. O download dos dados pode ser feito no Google Takeout, até o dia 15 de julho, às 16h no horário de Brasília.

google-reader-rip

Oficialmente, o motivo da morte do Google Reader é a diminuição no número de usuários. “Nós lançamos o Google Reader em 2005, em um esforço para tornar mais fácil para as pessoas descobrirem e acompanharem seus sites favoritos. Apesar de o produto possuir um público fiel, o uso diminuiu ao longo dos anos”, disse o Google.

Agora que o Google Reader morreu de vez, você pode migrar para um dos cinco leitores de RSS alternativos que listamos neste artigo, ou ainda para os novos AOL Reader e Digg Reader. Alguns aplicativos que usavam a API do Reader, como Reeder, Press, Nextgen e gReader, agora possuem integração com o Feedly.

Um minuto de silêncio, por favor.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

reginaldo
Eu uso o Leitor De Feeds do Opera. Agora com essa nova versão 15 do Opera acabou.
Fernando Camilo
Tô com uma dúvida: é só comigo ou o feedly tem um delay grande para o post aparecer lá?
daniellz
Depende dos objetivos do Google, enquanto o Google busca milhões, as outras empresas se sentem muito bem com milhares...
Elton
[2] Ainda há o que melhorar no Feedly, mas por enquanto é o melhor que tá tendo.
Junior Silva
Já faz um tempo que to usando e recomendando o Feedly...
vinniciusx
Não acho que existiam poucos usuários, dá pra perceber o tanto de serviços que estão surgindo. Se existisse poucos usuários as empresas não estariam preocupadas em desenvolver um produto pra substituir o Google Reader. Enfim, concorrência é bom, e creio que esses novos leitores trazem novidades e melhorias em relação ao Google Reader. Foi bom que trouxe concorrência entre várias empresas que estão trabalhando para desenvolver o melhor substituto ;)