O nome dessa esteira é familiar? A gente falou dela aqui no TB quando começou a virar notícia ao ser pareada com o Oculus Rift. Agora, a Omni foi para o Kickstarter e tem tudo para repetir o sucesso do óculos de realidade virtual, já que o valor está próximo do primeiro milhão e ainda falta 20 dias para o fim da campanha.

Ela não é da mesma empresa do Oculus Rift, mas costuma ser linkada a ele porque os dois se dão muito bem juntos no papel de tornar a experiência gamer o mais realista possível. O óculos fica, claro, com a parte visual; a esteira, com a movimentação.

Ao contrário do Oculus, que precisa ter jogos adaptados, ela já chega pronta para funcionar com qualquer game que utilize teclado e tem suporte a Kinect. Ela também funciona com os controles Razer Hydra e Delta Six, mas nada foi anunciado quanto a compatibilidade com Xbox e PlayStation.

Com a Omni, os atos de caminhar, correr, pular e abaixar são transferidos para o jogo. Ela é uma esteira circular que permite ao jogador andar em qualquer direção. Para evitar que ele caia, a superfície tem uma textura que se encaixa nos sapatos especiais que a acompanham e há um aro na altura da cintura da pessoa para delimitar o espaço.

Os financiamentos a partir de 349 dólares davam aos apoiadores um exemplar da Omni, mas boa parte das cotas já esgotaram; agora, é preciso desembolsar pelo menos 429 dólares para ter a esteira completa em casa. O frete não poderia ser barato, já que ela pesa 120 quilos e a plataforma tem 1,20 m de diâmetro; a taxa para envios internacionais não sai por menos de 100 dólares. E imagino que, para entrar no Brasil, ela ainda fique um pouco mais cara por causa dos encargos.

Mas quem não tem tanta grana assim para investir pode apoiar a ideia gastando bem menos e recebendo recompensas mais simples, como camiseta e pôster.

O preço da versão final deve ficar entre 499 e 599 dólares e ainda não há previsão de lançamento.

Por que é legal? Porque é um jeito completamente novo e imersivo de jogar videogame.

Por que é inovador? Porque o mais próximo disso é o Kinect, que no máximo fazer correr “para cima”, sem sair do lugar… E passar muita vergonha fazendo isso.

Por que é vanguarda? É um dos primeiros equipamentos dessa nova leva de realidade virtual.

Vale o investimento? Depende. Precisa ser muito mais que gamer hard core para investir o tanto de dinheiro que inclui entre as recompensas a esteira. Isso é para quem trabalha na área, provavelmente. No entanto, quem curtiu a ideia e quer apoiar o desenvolvimento da tecnologia pode fazer isso sem gastar tanto.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lucas Santos
me mande uma resposta por favor.
Lucas Santos
qual é o valor final desses equipamento.Eu não consigo encontrar no nosso pais,como eu faço para ter tudo isto.Obrigado!
Diego
mas não tem compatibilidade com ps nem xbox?! ...precisaria tbm do óculos rift que lá vai mais uma porrada de grana... TB, monte aí pra gente um orçamento de quanto gastaríamos pra montar o equipamento completo pra jogar, please!
Raul
e se tivesse em shoppings?
Sandrico da Silva
bah imagina o valor do frete...
Sandrico da Silva
pior o dark master super top end gamer e geralmente um gordão de oculos de 40 e poucos anos solteiro que mora com a mãe. Campeão de digitar comandos no teclado ou joystick , mesmo que coube-se não iria querer esforço físico.
Cristian Grach
Desnecessária? Gosto é gosto em primeiro lugar, acho muito bom esse tipo de aparelho, traz com certeza muito mais realismo na jogatina, por exemplo, se você algum dia já jogou paintball, saberia que ficar abaixado por muito tempo cansa demais a musculatura das pernas e costas, e num game isso traria muita diferença no modo como você joga, é só um exemplo, mas mostra um dos pontos positivos, outro claro é que jogando e se divertindo você pratica um "exercício". Mas como eu disse, gosto é gosto, e cada carteira sabe o quanto aguenta!
cassiodiego.8
mas paintball nao tem monstros e nem fuzis para usar como sniper.. e nem bombas.. e nem helicoptero.. e nem cenario de guerra.. e nem missoes fodasticas!
Lincon Carvalho
legal muito legal mas acho que primeiramente quem trabalha na area ira adquirir pra desenvolver novas tecnologias depois alguns fissurados por tecnologia e por ultimo e talvez volte a aparecer algum lugar como lans houses com um monte dessas maquinas pra jogar em rede (mas so talvez) e sinceramente duvido muito que isso va realmente revolucionar o mundo dos jogos e so pra terminar de vez quer uma experiencia real va jogar paintball muito divertido e real
Orley Lima
UIASHIASHSAUIHASIUASHUIASHA!
Orley Lima
Esse peso faz sentido. Imagino que se a base fosse mais leve o bagulho pudesse virar enquanto corre-se ou enquanto se faz o "Forward Jump"
Bernardo Falquetto
Se o cara for Hardcore que num vai comprar. Ele num vai nem caber dentro do círculo delimitador ...
Henrique Dourado
eu acho uma imersão desnecessaria ! algo como o Playstation Move ou Wii Remote melhores , outra coisa que acho besta é o Kinect !
portela.thiago
muito foda! Se tivesse dinheiro sobrando, gastaria com isso com certeza.
tcmedeiros
A ideia é muito legal, mas 120kg?! Isso é tipo... 3 máquinas de lavar roupas! Como é que vão enviar isso pelo mundo? Quem vai colocar um mega trambolho desse no meio da sala?