O gráfico acima demonstra claramente os efeitos que a oferta da Microsoft, exerceram sobre as ações do Yahoo nos últimos meses. E agora que a gigante de Redmond resolveu retirar a oferta, a empresa deverá enfrentar uma segunda-feira negra. Muito negra.

Analistas esperam que as ações do Yahoo despenquem cerca de 30 por cento, para o patamar de 20 dólares, assim que o pregão do Nasdaq iniciar nesta segunda-feira.

Há quem acredite que tudo não passou de uma tática para valorizar as ações da empresa, que estavam em queda desde maio de 2007. Eu já acho que isto não faz o menor sentido, afinal, de que adiantou esta valorização temporária, para voltar ao início depois?

Segundo Steve Ballmer, a oferta da Microsoft era de $33 dólares por ação do Yahoo, mas eles disseram que não aceitariam nada abaixo dos $37 dólares.

O presidente do conselho do Yahoo, Roy Bostock, afirmou em comunicado que a empresa acreditou desde o início que a oferta da Microsoft subvalorizava a empresa, e que o conselho está “feliz que muitos de nossos acionistas tenham essa mesma visão”.

O que será que ele vai dizer agora, se as ações da empresa se desvalorizarem tanto quanto é esperado? Particularmente, espero uma desvalorização ainda maior, se o Yahoo não tomar alguma atitude. E ao que parece, eles já estão em busca de soluções desesperadas, afim de minimizar os impactos da recusa da Microsoft.

Quanto tempo até que o Yahoo vá atrás de um acordo com a Microsoft?

Minha esperança é que Jerry Yang tenha realmente alguma carta na manga, e que mostre para todos que fez um ótimo negócio ao não aceitar a oferta.

Tenho arrepios só de imaginar a quantidade de informação que o Google tem sobre a minha vida. E um cenário onde o mercado mundial de internet é dominado por apenas dois gigantes, me parece ainda mais assustador.

Citações: Terra – Analistas comentam decisão da Microsoft.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago Mobilon
@Philipe: Obrigado pela visita (e pelo link), meu caro! Agora que chegou, puxa uma cadeira e se acomode. ;) Abraços!
Philipe
Cara me amarrei no seu blog. Eu não conhecia. Adicionei um link para o Tecnoblog lá no meu, beleza?
Rafael Arcanjo
Não acredito muito em uma "carta na manga". Seria muito bom para o mercado a concorrência, como disse o Thássius, mas do jeito que a coisa anda, tá só apontando pra cada vez mais o Google ir abocanhando todo mundo. Aliás, o Google teria condições de pagar os $ 37 do Yahoo! ? Ou então esperar cair como tá agora a $ 24 e comprar a $ 30 por exemplo ?
Tiago Celestino
Quem ganhou mais com a desistência da Microsoft pelo o Yahoo! de primeira a Google e de depois os usuários, que óbvio estão felizes pelo o fato da Microsoft não ficar dona de alguns serviços legais do Yahoooo! (ex.: Flickr). Agora é esperar pra ver no que vai dá.
Thássius V'
Eu espero que os três grandes players da web global não se canibalizem. Seria interessante ver o Yahoo como subsidiária da MSN, mas mantendo sua independência operacional. Só assim para que algum grupo corporativo tente barrar o Googlepólio. O Google está na liderança porque oferece excelentes produtos. Mas mesmo assim concorrência é sempre bom. Essa vai ser a segunda-feira mais temida pelos executivos do Yahoo, tenho certeza.