Início » Negócios » Sabe o que tem rendido dinheiro à Microsoft? O Android

Sabe o que tem rendido dinheiro à Microsoft? O Android

Por
5 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A Microsoft está perdendo mercado no mundo “pós-PC”. Se os computadores com Windows não vendem tanto, menos ainda vende o Surface RT, grande responsável pelos baixos números apresentados pela empresa. Mas há uma salvação para o lucro da gigante: patentes da área mobile.

O Surface RT, que era a aposta da empresa para para entrar nesse mundo, acabou sofrendo com reviews negativos, atrasos e com falta de apps. Isso resultou num prejuízo de US$ 900 milhões. As ações também perderam valor, já que o mundo não compra mais computadores como antigamente, como explicou a nova Diretora Executiva, Amy Hood.

Microsoft-Surface-RT

Surface RT, o tablet que tem dado dor de cabeça e prejuízo à Microsoft

A dona do Windows poderia ter sofrido um golpe maior se não fossem as parcerias com empresas: áreas de servidores e ferramentas e o Office cresceram. Além da área mobile; por conta dos aparelhos com Windows Phone vendidos e suas patentes utilizadas por terceiros (leia-se: Android), US$ 222 milhões engordaram as finanças da Microsoft.

Mas como sabemos quanto desse dinheiro veio do Android e quanto do Windos Phone? Ela não deixa claro, mas a Nokia declarou há pouco tempo que teve sua melhor venda de smartphones Lumia da história, com mais de 7 milhões de aparelhos vendidos. Ou seja, quase nada perto do número assustador de Androids ativados por dia. Não adianta esconder, viu Microsoft? A internet sabe.

Continuando com os resultados: Xbox, Skype e o próprio Windows Phone também perderam dinheiro. Ao todo foram US$ 110 milhões perdidos – um resultado bom, se compararmos com o anterior, em que essas áreas tinham dado um prejuízo de US$ 252 milhões.

O ano que vem deve mudar muita coisa para a Microsoft: lançamento do Xbox One, Windows Phone atualizado, Windows 8.1 e a nova política de “One Microsoft”, fazendo a empresa toda trocar informações para melhorar o desenvolvimento de produtos e serviços. Dessa forma, a empresa espera lucrar mais – e com seus próprios produtos.

Com informações: The RegisterAll Things D

Mais sobre: , ,