Todo mundo que dedicou algumas horas, dias ou meses a Pokémon em algum momento da vida já se conformou que um MMO oficial do game nunca será realidade. Ainda bem que tem fãs obcecados dedicados o bastante para tornarem isso realidade. O primeiro era baseado em Pokémon Fire Red e, portanto, tinha o mesmo estilo do jogo clássico. O mais recente foi um passo além: Pokémon: Generations é um RPG em terceira pessoa 3D que, acredito eu, é o mais próximo que já estivemos do MMO de Pokémon com o qual sonhamos desde os 11 anos.

Ele foi criado pela Xatoku Productions e é baseado tanto nos jogos originais quanto no anime, então deve fazer os olhinhos tanto dos fãs mais antigos quanto dos mais novos brilharem.

A demo de PokeGen, como foi apelidado, foi lançada no dia 31 de maio e ainda está recebendo diversas atualizações (o esperado é uma a cada duas semanas). Ou seja, o jogo está longe, bem longe de estar completo.


PokeGen Version 2.0 Trailer – Indie DB

O download é rapidinho (o arquivo tem 2.48 MB) e permite testar as primeiras funções do jogo e ter uma ideia de como será.

A jogabilidade não é das melhores, mas os controles são praticamente os mesmos de qualquer MMO: WASD para se movimentar, mouse – com clique – para movimentar a câmera, números para soltar poderes. Os gráficos lembram o anime, com mais cara de rascunho (e um quê de Borderlands?). Mas, novamente, é um projeto com baixo orçamento, sem apoio da Nintendo, e que está em fase ~beta do beta do beta~.

Dá para jogar multiplayer – aí entra a parte MMO – , mas é preciso um pouco de sorte para isso. Testei no single player, mesmo, para ver como é. Por enquanto, você está confinado a um “quintal” com alguns poucos Pokémons que podem batalhar entre si.

E aí é que a coisa fica realmente divertida: é o jogador que controla o Pokémon durante a batalha, seus movimentos e golpes. O vídeo abaixo mostra como é essa dinâmica:

A intenção, como a Xatoku deixa claro em sua página (praticamente implorando para a Nintendo não os fazer tirar o jogo do ar), não é ganhar dinheiro. Mas aceita doações para manter o projeto em pé e continuar desenvolvendo-o.

Confesso que, assim que vi do que se tratava, me empolguei demais e já saí cantando vitória; finalmente, um MMO de Pokémon do jeito que um MMO de Pokémon tem que ser! Mas PokeGen ainda está longe disso. Pelo menos, parece estar no caminho certo.

Com informações: GameFM

Comentários

Envie uma pergunta