Início » Celular » Asus decide abandonar produção de tablets com Windows RT

Asus decide abandonar produção de tablets com Windows RT

Emerson Alecrim Por
6 anos atrás

Definitivamente, esta não está sendo uma boa semana para a Microsoft. Além de ter perdido uma briga nos tribunais e se ver obrigada a abandonar o nome SkyDrive, a companhia recebeu a notícia de que a taiwanesa Asus não irá mais fabricar e distribuir tablets baseados no Windows RT.

A decisão foi confirmada por Jonney Shih, CEO de Asus. O executivo comentou que a culpa é da interface Modern UI, que não convenceu os consumidores e, consequentemente, tem feito tablets baseados na plataforma encalharem nos estoques. O chefão também teria dito que " os resultados [do Windows RT] não são muito promissores".

Asus VivoTab

Asus VivoTab: um exemplo de "ninguém me ama, ninguém me quer"

Jonney Shih se refere a um documento entregue recentemente pela Microsoft a autoridades fiscais norte-americanas que mostra que, entre outubro de 2012 e junho deste ano, a linha Surface (incluindo aí os tablets RT) gerou uma receita de 853 milhões de dólares. Pode parecer um valor expressivo, mas está bem abaixo do esperado - só em publicidade das marcas Windows e Surface a Microsoft gastou 898 milhões de dólares no período.

É importante destacar que a decisão da Asus diz respeito somente ao Windows RT. A companhia não descarta completamente a possibilidade de lançar dispositivos baseados na plataforma, mas por ora se focará apenas no lançamento de computadores baseados no Windows 8, primeiro porque o futuro Windows 8.1 alimenta esperanças de melhoras nas vendas, e segundo porque, bom, apostar em laptops com Linux é que a Asus não vai.

Com informações: DailyTech

Atualizado às 19h05.