Início » Ciência » Com este app incrível, um médico poderá examinar seus olhos só com um smartphone

Com este app incrível, um médico poderá examinar seus olhos só com um smartphone

Emerson Alecrim Por
6 anos atrás

O Peek é o tipo de aplicativo que faz a gente querer levantar da cadeira e bater palmas. Sigla para Portable Eye Examination Kit, o software tem a proposta de permitir que um smartphone seja utilizado para exames médicos dos olhos.

O projeto é liderado por Andrew Bastawrous, pesquisador da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres. A ideia consiste em fazer com que médicos necessitem apenas de um smartphone razoavelmente avançado para diagnosticar catarata em pacientes que residam em localidades afastadas de centros de saúde mais equipados.

O funcionamento do Peek é simples. O aplicativo aciona o LED de flash para que o médico possa, ao aproximar o smartphone do rosto do paciente, examinar o fundo de cada olho com auxílio da câmera do dispositivo.

Peek em ação

Peek em ação

Além de detectar catarata, o Peek pode ser utilizado para determinar se o paciente necessita de óculos. Para isso, o aplicativo exibe letras diminuindo gradativamente o seu tamanho. Mantendo a distância correta, o médico consegue então utilizar este recurso para medir a quantas anda a acuidade visual da pessoa.

A ferramenta também é capaz de armazenar os dados do paciente, inclusive a sua localização determinada por GPS, e enviá-los por e-mail para outros médicos, caso seja necessário uma avaliação mais apurada ou encaminhar a pessoa para tratamento em uma unidade de saúde.

Testes com o Peek já estão sendo feitos em uma comunidade do Quênia. As imagens capturadas são comparadas com os resultados dos mesmos pacientes obtidos por equipamentos oftalmológicos tradicionais, no intuito de avaliar a precisão do aplicativo.

É claro que não adianta muita coisa diagnosticar a doença se não é possível tratá-las. Quanto a isso, os pesquisadores explicaram que a cirurgia de catarata é feita em vários lugares, inclusive próximo de regiões mais pobres, estando a maior dificuldade em encaminhar o paciente até a unidade. Com o diagnóstico definido, esta tarefa fica mais fácil.

Não é a primeira vez que smartphones são usados para fins de saúde. Se você procurar por "batimentos" ou "cardio" no Google Play, por exemplo, encontrará aplicativos que utilizam a câmera do aparelho para medir os batimentos cardíacos. A precisão pode não ser a mesma de equipamentos próprios para este fim, mas dão uma ideia das possibilidades que temos pela frente.

Com informações: BBC

Mais sobre: , ,