Início » Telecomunicações » Você pode instalar o firmware do SIMET Box no seu roteador

Você pode instalar o firmware do SIMET Box no seu roteador

Paulo Higa Por
6 anos atrás

Você deve conhecer o SIMET, serviço mantido pelo NIC.br que mede a qualidade e velocidade da sua conexão. Durante a Campus Party deste ano, a entidade mostrou o SIMET Box, um roteador modificado que faz testes automaticamente e gera gráficos em tempo real, que mostram o número de conexões ativas e a banda sendo usada. Se você não conseguiu pegar o seu roteador, saiba que agora é possível instalar o firmware do SIMET Box por conta própria.

simet-box-2

No momento, apenas quatro modelos de roteadores são suportados, todos da TP-Link:

  • TP-Link TL-WR741N
  • TP-Link TL-WR841N
  • TP-Link TL-WR1043ND
  • TP-Link TL-MR3020

O firmware do SIMET Box é uma versão modificada do OpenWrt. A principal funcionalidade dele é fazer medições de velocidade automaticamente, a cada três horas. Assim você pode ver como sua conexão está se comportando ao longo do dia, por meio de gráficos que mostram as velocidades de download e upload, a latência e o jitter. Dá até para exportar esses gráficos para um arquivo PDF.

meu-simet-1

As operadores possuem acesso aos dados gerados pelas medições do SIMET, então elas podem aproveitar os seus testes de velocidade para melhorar a qualidade da conexão na sua região. Segundo o NIC.br, você não é identificado individualmente.

Há outras informações interessantes também. No menu Visão geral, é possível descobrir a quantidade de RAM do roteador que está sendo usada e verificar rapidamente quais dispositivos estão conectados a sua rede Wi-Fi. O menu Gráficos em Tempo Real, como o nome sugere, mostra em tempo real a carga do roteador, o tráfego que está passando pela rede, a relação sinal/ruído do Wi-Fi e o número de conexões que estão sendo gerenciadas.

meu-simet-2

Ah, e a interface é bem agradável.

Legal, quero instalar. Como faço?

Para transformar seu roteador comum em um SIMET Box, basta substituir o firmware do fabricante pelo firmware fornecido desenvolvido pelo pessoal do SIMET, que pode ser baixado neste link.

O roteador pode ser transformado em um peso de papel caso você instale o firmware errado, então é bom dar uma olhada na etiqueta abaixo dele para ter certeza de que você baixou o arquivo correto – modelo e versão precisam bater com o nome do arquivo *.bin. Também certifique-se de que você está conectado diretamente ao roteador através de um cabo Ethernet, não através da rede Wi-Fi.

Acesse a interface de administração do seu roteador, localizada em http://192.168.1.1, e digite seus dados de login (por padrão, o usuário é admin e a senha é admin). Vá ao menu System Tools, clique em Firmware Upgrade e selecione o arquivo *.bin que você baixou. Respire fundo e clique no botão Upgrade. Esse processo demorará alguns minutos; o roteador será automaticamente reiniciado e já estará com o firmware do SIMET Box.

simet-box-2

simet-box-3

simet-box-4

A partir de agora, para acessar a interface de administração do seu roteador, você deverá digitar http://meu.simet. Se não der certo, use o endereço http://192.168.129.1. Coloque uma senha para o usuário root, para garantir que nenhum engraçadinho acesse as configurações do seu roteador indevidamente, e voilà: seu SIMET Box está pronto!

Nós instalamos o firmware do SIMET no TP-Link TL-WR1043ND aqui da redação e tudo correu muito bem; só precisamos reconfigurar a rede Wi-Fi (mas não nos responsabilizaremos caso seu roteador exploda e mate criancinhas, então faça tudo por sua conta e risco).

Todas as informações sobre o SIMET Box estão na página do SIMET. Há um email no qual você pode pedir um SIMET Box gratuitamente e entrar em contato para pedir ajuda caso algo dê errado durante a instalação. O manual pode ser baixado aqui.

Mais sobre: , , ,