Embora a Apple divulgue o Touch ID como sendo um “jeito conveniente e muito seguro de acessar seu telefone”, é claro que era questão de tempo até que alguém encontrasse uma forma de burlar o sensor biométrico. Neste fim de semana, a equipe especializada em biometria do grupo de hackers Chaos Computer Club (CCC) conseguiu desbloquear um iPhone 5s usando uma cópia de uma impressão digital.

touch-id

O método para burlar o Touch ID envolve fotografar uma impressão digital em altíssima definição e depois transferi-la para uma folha através de impressão a laser. Com base nas marcas criadas pelo toner, o “dedo” falso é construído usando látex ou cola. Então ele é soprado para ficar úmido e depois colocado sobre o Touch ID. Pronto, iPhone 5s desbloqueado.

O CCC afirma que houve uma dificuldade maior em quebrar a segurança do Touch ID porque ele possui uma definição de 500 ppi, maior que a usada em outros sensores biométricos, então foi necessário aprimorar o processo. Dá para perceber que foi algo trabalhoso, mas o grupo afirma que impressões digitais não devem ser usadas para proteger dados importantes: como você deixa marcas de dedos em todos os lugares, o método é vulnerável.

O vídeo abaixo mostra o Touch ID sendo desbloqueado pelo CCC. Você pode ler todas as informações na página oficial do grupo.

É importante lembrar que, após reiniciar o iPhone 5s ou deixá-lo bloqueado por mais de 48 horas, a impressão digital não é aceita: o usuário precisa obrigatoriamente usar seu código de acesso de 4 dígitos. De acordo com a Apple, a probabilidade do dedo de outra pessoa desbloquear o seu iPhone 5s é de 1 em 50.000.

Com informações: TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ynara Thaina
Eu fiquei pensando a mesma coisa... rs
David Muro
Precisaram de um "grupo de hackers" pra isso? Como a galera tá comentando, até a peãozada faz isso!
Livio Campos
Vou levar um dedo de silicone caso seja roubado, o ladrão não vai me amputar,kkkkkkkk.
Sidnei Serra
E eu que pensei que só o Windows fosse fácil de sacanear, hehehe...
Marcolino Chiungue
sim sim pois.....
Flávio Nakazato
Não é mais fácil fazer uma "cópia" de silicone? :P
@
Manoel Guedes: - A discussão ( sadia ) não é sobre qual é o método mais fácil ou difícil de ser burlado, e sim, do sensacionalismo do título: " hackers burlam Touch do Iphone ",como se fosse uma façanha de outro mundo burlar um sistema biométrico...
Mike Metralha
Pra quem só joga Candy Crush realmente não é muita coisa. Mas pra quem usa o smartphone no trabalho já complica mais. As vezes as informações contidas ali valem mais que o aparelho.
Denis Franco
Manoel Guedes isso se chama popularmente de shoulder surfing e qualquer pessoa esperta e paranoica o suficiente como eu pode tampar a tela com o corpo ou com outra mão enquanto desbloqueia pra niguém ver e depois limpar a tela, no caso do desbloqueio com padrão do android, e claro, desligar o retorno visível
Abimael Eugenio
Não precisavam ter todo esse trabalho não,era só perguntar pro pessoal do "SAMU" como burlar.
Lucas Ribeiro Cavalcante
Manoel Guedes Ser engenheiro de redes na STN.
Manoel Guedes
O que é mais fácil: observar a pessoa desbloquear o telefone e ver o padrão usado (ou os dígitos) ou pegar a digital, scanear em alta resolução, fazer um molde, imprmir e usar????
Yuji Negoro
Gregory Kubya eeeeee....brasil....
Acacio Capela
Não precisa a digital de cada um dos seus dedos são diferentes
Gregory Kubya
quando eu fui tirar a minha carteira de motorista a auto escola tinha dedo de silicone de todos os instrutores para poder abrir aula sem eles..
Exibir mais comentários