Início » Internet » Passeando pelo CERN no Google Street View

Passeando pelo CERN no Google Street View

Por
6 anos atrás

Em mais um esforço do Google Street View para mapear o mundo todo em primeira pessoa, suas mochilas com câmeras foram até o CERN, Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear, na fronteira da França com a Suíça, para fotografar o laboratório por dentro.

As fotos foram feitas em 2011, mas só agora puderam ser divulgadas. Elas mostram cinco “peças” distintas do acelerador de partículas do CERN, o LHC (sigla para Large Hadron Collider, Grande Colisor de Hádrons em português).

Você deve se lembrar das siglas por causa da descoberta, há um ano, de uma partícula bastante similar ao Bóson de Higgs, a “partícula de Deus”, que até então só existia na teoria e, de maneira muito simplificada, é uma das responsáveis por dar massa à matéria. Neste ano, os cientistas confirmaram que a descoberta é, de fato, a teorizada pelo físico Peter Higgs.

Para encontrá-la, foram investidos US$ 10 bilhões no colisor de partículas subatômicas, que tem 27 quilômetros de comprimento e fica a 100m do solo. Ele foi inaugurado em setembro de 2008 para tentar reproduzir condições semelhantes à do Big Bang, que é a teoria mais plausível atualmente de origem do universo.

Essa instalação pode ser vista no Google Street View:

Todas estão em uma página dedicada no Street View. É legal passear pela curiosidade – afinal, quando você poderia estar no CERN de verdade? – , mas a falta que um guia faz para explicar o que é cada coisa é grande.

O LHC está desativado desde fevereiro. Ele passará por uma manutenção de dois anos; enquanto isso, os cientistas do CERN se debruçam sobre as informações obtidas nos primeiros anos de atividade.

Mais sobre: , ,