Steve Ballmer, o atual CEO da Microsoft, anunciou sua aposentadoria há pouco mais de um mês. Ainda não se sabe quem irá substitui-lo – apesar de acontecimentos recentes levarem a crer que será Stephen Elop, da Nokia – e ele tem até um ano para sair em definitivo da empresa (11 meses, agora).

Portanto, a reunião ocorreu ontem não foi a despedida oficial de Ballmer, apesar de ter essa cara. Mas foi a última reunião da empresa com ele, então o clima de “adeus” foi inevitável.

Cerca de 13 mil funcionários foram ao Key Arena, na cidade de Seattle, para ouvir Ballmer falar. O emocionante discurso durou cerca de uma hora e falou tanto do presente, com a compra da divisão de dispositivos e serviços da Nokia e a transição de CEO, como do futuro.

Ballmer falou sobre o potencial da Microsoft e seu “incrível destino”, comentando também que são poucas as empresas que podem escrever o futuro. “Iremos pensar grande, iremos apostar grande”, afirmou, além de fazer alguns comentários sobre a concorrência, dizendo que a Apple é “fashion”, a Amazon é “barata” e, enquanto o Google quer “saber mais”, a Microsoft quer “fazer mais”.

Mas, como é do Steve Ballmer que estamos falando, não foi só falatório: a reunião terminou tocando The Time Of My Life (da trilha de Dirty Dancing), enquanto Ballmer pulava e gritava a letra da música, cheio de lágrimas. Ainda no espírito, agradeceu a todos os funcionários e apertou as mãos de alguns, enquanto gritavam que amavam o CEO.

Que rockstar, né?

Foto postada por um funcionário no Instagram

Foto postada por um funcionário no Instagram

A outra música escolhida – e dançada, enquanto gritava “é o som da Microsoft!”- por um Ballmer cheio de lágrimas foi Wanna Be Starting Something, do Michael Jackson. Ela também tocou em sua primeira reunião geral, em 1983. Quando terminou, Ballmer, emocionado, disse que “vocês trabalham para a melhor empresa do mundo”.

Pelo visto, foi uma bela festa essa última reunião – pena que não fomos convidados. Como (e quando) será a despedida?

Com informações: The Verge

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Wagner Adenilson Peripato
Por ele não ser uma pessoa de hardware ou software, nós, nerds e geeks, temos dificuldades em entendê-lo. A importância de um administrador nato só se sente quando vai embora.
portela.thiago
E ainda cutucou os concorrentes.
Leonardo Domingues
DEVELOPERS, DEVELOPERS, DEVELOPERS, DEVELOPERS, DEVELOPERS, DEVELOPERS...
Raphael Rios Chaia
São mais de 20 anos de MSFT... as pessoas se aposentam uma hora, uai.
Anderson Nascimento
Como um apaixonado pela Microsoft (e conhecedora de seus erros também) fico triste pela saída de Ballmer. Não que ele seja sensacional como CEO, mas estava lá desde o início, ajudou Bill na construção desse império! Parabéns pelo que você conquistou. E aos outros que só vem os erros, ah esqueça esses imbecis!
Tiago Celestino
Theodoro Caliari ele só estava lá porque se notar bem ele cresceu com a MS. Pra mim ele não é o pior, mas é o mais sem noção.
Filipe Rockbell
Cara, Ballmer é uma figura! Espero que vaze algum vídeo dele pulando e cantando The Time Of My Life! Hahaha
Rafael Machado de Souza
se ele fosse assim tão bom nao estaria saindo agora
Theodoro Caliari
Concordo com vc Pedro, se fosse tão ruim quanto dizem não estaria na liderança da MS até agora... Que ele possa olhar para traz e ver tudo o que conquistou. Gostaria de estar nessa despedida tbm...
Pedro Castro
Esse cara é hilário! Não acho o pior CEO dos últimos tempos como muitos dizem.