Início » Aplicativos e Software » Rumor do dia: Microsoft planeja unificar as lojas de aplicativos do Windows Phone e do Windows 8

Rumor do dia: Microsoft planeja unificar as lojas de aplicativos do Windows Phone e do Windows 8

Por
6 anos atrás

É inegável o efeito que as lojas de aplicativos têm para o sucesso das plataformas, especialmente as móveis. A criticidade do assunto é tão grande que, nesta semana, vazou a informação de que o chefe de sistemas operacionais da Microsoft, Terry Myerson, teria levantado em uma reunião a possibilidade de unificar as lojas do Windows Phone e do Windows 8.

Sim, a ideia é fazer com que a Windows Store e a Windows Phone Store se tornem uma só loja de apps. Não há detalhes sobre como a iniciativa irá funcionar, caso realmente seja implementada, mas é presumível que, ao acessar a loja a partir de um aparelho com Windows Phone, o serviço mostre automaticamente aplicativos compatíveis com a plataforma, fazendo o mesmo em relação a laptops, desktops e tablets com Windows 8.

Windows Store

A loja também seria capaz de indicar a versão adequada de aplicativos que contam com versões para várias plataformas. Assim, caso o usuário queira baixar o Skype, por exemplo, precisaria acessar apenas um único endereço, não importa se a ideia é instalá-lo no Windows Phone ou no o Windows 8.

Mas a dúvida mais importante é: por que a Microsoft faria esta unificação? Os motivos não estão claros, mas dá para cogitar que esta seria uma maneira – não muito legítima – de aumentar a quantidade de apps da loja, afinal, este aspecto é uma das medidas de popularidade deste tipo de serviço.

Outra razão, mais sensata, porém mais remota, seria um suposto plano da Microsoft de disponibilizar aplicativos que funcionam em ambos os sistemas. É difícil, mas não impossível – dá para utilizar máquinas virtuais para isso, por exemplo.

Há ainda mais uma hipótese: esta seria uma decisão natural relacionada às especulações recentes sobre o Windows RT (ou qualquer nome que a versão futura deste sistema venha a ter) ser o substituto do Windows Phone. Vale lembrar que, quando o Windows Phone 8 foi anunciado, uma de suas características destacadas pela Microsoft é um núcleo comum com o Windows 8. O movimento todo teria começado aí.

Por enquanto, não há nenhuma confirmação da Microsoft em relação ao assunto. De qualquer forma, os rumores apontam que esta loja unificada poderá surgir já nas próximas atualizações do Windows Phone e do Windows 8 (no caso, o Windows 8.1), devendo começar a funcionar de maneira efetiva a partir de 2014.

Com informações: ExtremeTech