Início » Antivírus e Segurança » John McAfee vai lançar gadget de US$ 100 para proteger usuários de espionagem

John McAfee vai lançar gadget de US$ 100 para proteger usuários de espionagem

Por
6 anos atrás

John McAfee, o criador do antivírus que leva seu sobrenome, revelou que está trabalhando em uma nova forma de garantir a segurança dos usuários. Agora, o interesse é combater a espionagem da NSA, máquina por máquina, ou melhor, rede por rede.

O milionário revelou em uma conferência no sábado seus planos de lançar um gadget chamado D-Central, que tem a proposta de impedir que as informações compartilhadas localmente sejam vistas por terceiros. A ideia não é “concorrer” com a internet, mas criar uma nova camada, como uma rede local que se conecta a tablets, computadores e smartphones e utilize uma encriptação única, desenvolvida por McAfee, que é inacessível para os governos.

Caso queira ver a entrevista na íntegra, o vídeo é este abaixo; ele começa a falar do D-Central em 24:22:

Na entrevista, McAfee falou do uso prático do D-Central. Ele comentou que será possível criar dois tipos de rede: tanto uma privada, para compartilhar arquivos com algumas pessoas, quanto pública, para compartilhar arquivos com todo mundo de maneira segura, já que não há identificação dos usuários e, em determinados intervalos de tempo, a identidade é alterada.

Ainda destacou seu uso em universidades, já que vai permitir o compartilhamento de arquivos sem que autoridades tenham acesso a eles – “não consigo imaginar um estudante universitário que não fique na fila para comprar um”, afirmou. E, perguntado sobre a possibilidade de que a venda do D-Central seja proibida nos EUA, ele não demonstrou preocupação dizendo que, nesse caso, o foco será vender para o Japão, a Europa e os países de terceiro mundo. Sobre o possível uso do D-Central “para o mal”, ele rebateu dizendo que “é claro que será usado para fins malignos, assim como o telefone é usado para fins malignos”.

Segundo McAfee, o tal gadget está sendo desenvolvido há alguns anos, mas recebeu uma força nos últimos meses – provavelmente por conta das denúncias da NSA. Ele afirma que um protótipo deve estar pronto em cerca de seis meses. No design que está preparado a esta altura, o gadget é redondo e sem telas. O próximo passo é conseguir parcerias com empresas que possam fornecer o hardware e é possível que haja três ou quatro versões do gadget com configurações diferentes.

Ah, faltou falar do preço: McAfee pretende que ele chegue às lojas por US$ 100. Parece um preço razoável para garantir a segurança de suas informações, não? No site oficial, há uma contagem regressiva que irá terminar em 174 dias – cerca de seis meses, como ele prometeu.

Com informações: The Verge

Mais sobre: , ,