Início » Brasil Negócios Telecom » Oi e Portugal Telecom se fundem para criar gigante das telecomunicações

Oi e Portugal Telecom se fundem para criar gigante das telecomunicações

Por
5 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Já era esperado e foi oficializado na calada da noite. A operadora brasileira Oi e a operadora portuguesa Portugal Telecom (PT) assinaram um memorando de entendimento que na prática sinaliza para a fusão entre as duas companhias, criando uma gigante multinacional das telecomunicações. A intenção é de criar a CorpCo, uma holding que concentrará tanto as operação da Oi quanto da PT.

O comunicado divulgado pela Oi informa que a sede da CorpCo será no Brasil. Ele também estabelece a continuidade das marcas comerciais Oi e PT Telecom nos respectivos mercados. Além de Brasil e Portugal, a fusão inclui ainda algumas operações na África. Quem comandará a nova empresa global será Zeinal Bava, o atual presidente da Oi e que já tinha sido presidente da Portugal Telecom no ano passado.

Oi e PT Telecom

Vamos aos números? Juntas, as empresas operam em nações que concentram 260 milhões de habitantes e têm mais de 100 milhões de clientes nestes mercados. Com a fusão, haverá a consolidação de funções que se repetem nas duas companhias, o que deve gerar “sinergias” de R$ 5,5 bilhões. Em outras, as empresas deixarão de ter este gasto com funções e departamentos que atualmente existem nas duas companhias. Sim, possivelmente algumas pessoas serão mandadas embora devido à operação.

A CorpCo será listada no segmento de Novo Mercado da Bolsa de São Paulo, na bolsa Euronext de Lisboa e também na bolsa de Nova York.

Vale lembrar que a PT Telecom se aproximou da Oi em 2010, logo depois de ser consolidada a fusão entre Telemar/Oi e Brasil Telecom. Naquela época, o negócio para que os portugueses adquirissem 22,4% do capital da operadora brasileira movimentaram R$ 8,4 bilhões.

As mudanças mais significativas devem ocorrer a partir do primeiro semestre do ano que vem. E por que não lembrar? Na semana passada, o grupo Telefónica anunciou o aumento da participação na Telecom Italia na Europa. Ainda não se sabe como este negócio pode afetar as atuações da Vivo e da TIM no Brasil. Fala-se no mercado em uma fusão entre as duas operadoras.

Leia abaixo a íntegra do fato relevante divulgado pela Oi.