Início » Telecomunicações » Google quer testar projeto de acesso à internet via balões no Brasil

Google quer testar projeto de acesso à internet via balões no Brasil

Emerson Alecrim Por

Lembra do Project Loon, aquela iniciativa do Google que visa disponibilizar acesso à internet em localidades remotas a partir de balões (e que foi criticada por Bill Gates)? Em breve, poderemos nos deparar com uma rede destas bem perto de nós: é que está nos planos da empresa trazer o projeto para o Brasil.

Balão do Project Loon na Nova Zelândia, onde foram realizados os primeiros testes

Balão do Project Loon na Nova Zelândia, onde foram realizados os primeiros testes

A ideia do Project Loon consiste, basicamente, em posicionar balões especiais em uma distância de cerca de 20 quilômetros do solo para fazê-los fornecer acesso sem fio à internet em locais com infraestrutura de telecomunicações deficiente. Estima-se que cada balão possa realizar transmissões para uma área com diâmetro de até 40 quilômetros, sendo possível ampliar a cobertura fazendo os globos trabalharem de maneira conjunta.

De acordo com a Folha de S.Paulo, o ministro das Comunicações Paulo Bernardo se reunirá nesta quarta-feira (09) com Mohammad Gawdat, vice-presidente de inovação do Google X (o laboratório da empresa que cuida destes projetos inusitados) para conhecer melhor o Project Loon e discutir a sua implementação no Brasil.

Uma vez aprovados pelo governo, a intenção é implementar os balões em áreas rurais mais afastadas dos grandes centros – que no Brasil não são poucas, como você deve saber - e, quando conveniente, em localidades afetadas por desastres naturais.

O interesse do Google se justifica porque, tendo imensa extensão territorial, o Brasil apresenta variados aspectos geográficos que dão margem para testes mais abrangentes por parte da equipe responsável pelo Project Loon. Na América Latina, também há planos de testar os balões no Chile, na Argentina e no Uruguai.

Só que muito vento ainda irá soprar para que possamos encontrar estes balões por aqui, uma vez que várias circunstâncias precisam ser consideradas, especialmente burocráticas, como autorização de uso do espaço aéreo, cumprimento de leis sobre o meio ambiente e aval da Anatel.

Penso eu que inclusive parcerias com operadoras locais é uma ideia a ser considerada, até para evitar divergências com estas companhias, sabe como é.

Mais sobre: , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Márcio Hollow
aja zebrinha pra papagaio chega laaa
Márcio Hollow
o problema burocratico pra eles e ficha resolver,, quero so ver se isso vai da e serto.. ai se cai um trosso desse aqui em casa ,, tiro processador deessa porra e coloco no meu pc ,, kk dota hard
Wesley Moreira
só não vão porque não tem helicóptero que chegue a 60 mil pés, do contrário roubariam! kkkkkkkkkkk
Rodrigo Sales Silva
claro, vão la na estratosfera roubar os baloes, certinho.
jose carlos soares de oliveira
nao temos aqui, nem regulamentaçao quanto ao uso de drones...
Leandro
por favor continuem com o projeto as fazendas no tocantins e maranhao nao tem nem rede eletrica ficamos em outro planeta por la.
Re Gi Gois
Creio que o problema não é o sinal da internet, é o preço que isso vai ter para ter acesso a ela.
Dante Marinho
Vão implementar sistema de vigilância ... ops internet de graça via balão nos br.
Daniel Silva
Muito bom, porém é difícil conseguir que o sinal chegue até o solo sem sofrer interferências, o que iria prejudicar muito a qualidade do serviço. Provavelmente funcionará bem em áreas rurais, mas quando for expandido para os centros urbanos... Quanto às criticas realizadas por Bill Gates, este já deveria saber que os projetos sociais do Google são sempre visando o lucro no futuro, buscando sempre captar mais acessos aos seus serviços.
twi_14237292
Fornecer internet em locais com infra-estrutura deficiente? Isso engloba o Brasil todo.
Walfredo de Sá
Que burro, dá zero pra ele!
Américo
Vai acabar com as campanhas de junho/julho contra a soltura de balões de São João. EEEEEEEEEEIIIIIIIIITAAAAAAAAA... E a desculpa do festeiro: Mas se o Google pode soltar balão, porque eu não posso?
EFG
Vão arranjar um jeito de cobrar. Afinal, isso aqui é o Brasil!
Jamis Casusa
O "teto" fica em 42.000 pés (ou 12.801,6 km)
Erick França Ribeiro
No Brasil? Ixi vão roubar os balões. Ladrão arruma jeito pra tudo.
Diego F. Duarte
Como, se o objetivo do serviço é ser gratuito ou barato pra paises em desenvolvimento xD?
Orley Lima
"Só que muito vento ainda irá soprar para que possamos encontrar estes balões por aqui..." Badum, Tsss. Desculpem minha falta de sapiência e preguiça de ir ao Google e digitar essa pergunta, mas... Qual distância do solo são feitos os vôos comerciais?
Matheus Falcão
Cloud Web o
Dim Ricardo
Aqui no Brasil vão cobrar caro por isso.
odiegoneves
Quero ser voluntario!
Flavio Viana
Precisariam tomar praticamente todo o espaço aéreo pra resolver o problema por aqui :P