Início » Celular » Smartphone mais seguro do mundo, QSAlpha Quasar IV vai ser produzido mesmo sem crowdfunding

Smartphone mais seguro do mundo, QSAlpha Quasar IV vai ser produzido mesmo sem crowdfunding

Emerson Alecrim Por
6 anos atrás

Esse negócio de financiar smartphones em campanhas de crowdfunding parece não ter futuro mesmo. Apesar de ter uma meta de arrecadação dez vezes menor que o Ubuntu Edge, o pioneiro da história, o QSAlpha Quasar IV está bem longe dos US$ 3,2 milhões almejados no Indiegogo. Mas isso não quer dizer que o aparelho não irá ser lançado.

O Quasar IV

O Quasar IV

Relembrando, a campanha do QSAlpha Quasar IV surgiu no mês passado. Para se diferenciar no mercado, o projeto promete um smartphone com tela IGZO de 5 polegadas, resolução de 1920 x 1080 pixels e Gorilla Glass III, processador quad-core Snapdragon 800 de 2,3 GHz, 3 GB de RAM, storage de 64 ou 128 GB, duas câmeras traseiras de 13 megapixels, câmera frontal de 8 megapixels e bateria de 3.300 mAh.

Tudo isso está disponível por um preço inicial de US$ 495. Só que as especificações não são o principal atrativo do Quaser IV. O dispositivo, na verdade, foi projetado para conter vários recursos de segurança e ser à prova de invasões (ou quase isso), com destaque para um sistema de criptografia proprietário chamado Quatrix que inclui um chip para autenticação e encriptação.

Apesar da ótima relação custo-benefício, o foco em segurança deixa claro que este é um smartphone de nicho bem específico, o que pode ter contribuído para o seu provável fracasso no Indiegogo: faltando nove dias para o término da campanha, a QSAlpha só conseguiu obter pouco mais de US$ 56 mil, ante a meta de US$ 3,2 milhões.

A boa notícia é que a repercussão da campanha foi suficiente para que a empresa conseguisse atrair investidores e parceiros para o projeto. O apoio obtido foi tão significativo que Steve Chao, fundador da QSAlpha, publicou uma mensagem na página do projeto para informar que o Quasar IV já está em fase inicial de produção junto a um dos maiores fabricantes OEM do mundo. O executivo só não revelou qual.

Para quem está interessado em adquirir o smartphone (como a galera que está paranoica com a NSA), a QSAlpha abriu um cadastro para avisar posteriormente como o Quasar IV poderá ser comprado. E aos (poucos) que apoiaram o projeto no Indiegogo, a empresa prometeu colocá-los na lista dos primeiros a receberem o dispositivo, cuja distribuição está prevista para o segundo trimestre de 2014.

Com informações: TechCrunch