Início » Jogos » Quem tem medo das Steam Machines? O Xbox One, não (mas poderia)

Quem tem medo das Steam Machines? O Xbox One, não (mas poderia)

Avatar Por

No mês passado, a Valve anunciou as Steam Machines, uma de suas surpresinhas para os consumidores. Os produtos serão máquinas com hardware customizável ao gosto do freguês, que poderá escolher de máquinas peso-pena às mais robustas. A novidade, tratada tanto como computador quanto como console, deve elevar o PC gaming a outro patamar, já que virá acompanhada do SteamOS, seu próprio sistema operacional.

Com placas de vídeo Nvidia Titan, processadores Intel Core de quarta geração e discos SSHD, é claro que as máquinas do Steam vêm sendo vistas pelos entusiastas como matadoras de consoles. Mas a iminência do computador da Valve não amedronta as produtoras - pelo menos, não a Microsoft.

Prestes a lançar sua aposta para a nova geração, o Xbox One, a Microsoft se declara sussa na montanha-russa em relação ao Steam Machine. Phil Harrison, vice-presidente da companhia, disse em entrevista ao MCV que eles têm uma fórmula da vitória para o Xbox One: "nós achamos que o modelo de negócios do Xbox One, o ecossistema de desenvolvimento e o suporte ao varejo farão com que nossa plataforma seja muito bem-sucedida. Não é claro para mim, até que eu veja o produto da Valve e compreenda todos os seus anúncios, o que exatamente eles estão fazendo".

Harrison declarou ter uma grande admiração pela Valve e por suas invenções "realmente inteligentes". Além de revelar um bom relacionamento com a empresa de GabeN, de quem são vizinhos em Seattle, o vice-presidente disse que a Microsoft não acredita numa ameaça em potencial vinda dos Steam Machines.

Steam Machines prometem invadir a sala de estar, mas ganham dos consoles tradicionais?

Steam Machines prometem invadir a sala de estar, mas ganham dos consoles tradicionais?

A simpatia não parou por aí: durante a conversa, Harrison demonstrou que Valve e Microsoft estão alinhadas no que tange encarar as salas de estar como o centro de gravidade da experiência com jogos.

Especificações

Por desencargo de consciência, comparamos as especificações técnicas das Steam Machines e do Xbox One. Considerando apenas processamento e o custo-benefício dos dois (lembrando que os valores dos computadores da Valve ainda não foram divulgados), será que Phil Harrison tem mesmo razão ao não temer as "máquinas a vapor"?

Enquanto o console da Microsoft trará uma CPU AMD Jaguar de oito núcleos, os processadores das Steam Machines variarão entre Intel Core i3,  i5-4570 e i7-4770, todos Haswell, sucessores dos modelos Ivy Bridge.

Quanto às placas de vídeo, a competição fica mais desleal: o Xbox One trará algo semelhante a uma Radeon HD 7790, que conversa bem com o DirectX11 e compete de igual para igual com a GeForce GTX 650 Ti. A mais light das Steam Machines, por outro lado, traz uma GeForce GTX 660, que só perde para a do Xbox One no quesito economia de energia, segundo o Hardware Compare. A versão mais parruda dos computadores da Valve vem com a GTX Titan, uma verdadeira apelona no mercado das GPUs.

Nas velocidades de memória e capacidade de armazenamento, a Microsoft precisaria comer mais arroz, feijão e farinha. Isso porque o Xbox One chegará com 8GB de RAM DDR3 e 500GB de HD, enquanto a machine peso-pena terá 16 GB DDR3 e HD híbrido de 1TB e SSD de 8GB.

Isso posto, parece que a tal ameaça a que Harrison e o bonde da Microsoft se referem se restringe ao público consumidor, que, aí sim, fica dividido entre o #TeamConsole e o #TeamPC. Também não podemos dar nenhum parecer definitivo, já que as Steam Machines ainda não tiveram seus preços divulgados (o Xbox One chega ao Brasil por R$ 2.199 em novembro), mas, pelo menos no que os dados divulgados revelam, quem ganha pontinhos é a empresa de GabeN. Mas não vamos nos precipitar: aguardemos o lançamento para ver como cada um se sai - e o que faz para conquistar seus consumidores.

Com informações: Gamespot

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Carlos Alex
Meu ultimo console foi o Mega Drive. A partir dai só PC. Mas é uma escolha minha, acho os consoles uma boa opção tambem.
Emerson Gomes
consoles servem so para jogar, jogar, jogar e jogar, computadores servem para jogar, programar e mais uma infinidade de coisas, os consoles só estão vivos ainda pela exclusividade de alguns títulos que a maioria do público gamer não abre mão e só. Mas convenhamos consoles são ultrapassados e limitados é um absurdo a sony vender um console por 4000 reais, ta certo que no brasil tudo é caro por conta dos impostos, mas porque não produzir o ps4 no brasil assim como a Microsoft produz o Xbox 360 acho que as grandes empresas gostam de explorar o povo alienado e consumista, quando as vendas caírem bastante ai eles trazem a produção pra ca pq ai não convém produzir um produto que não vende não é verdade, no brasil as coisas são caras pela grande massa alienada que consome desenfreadamente, a dívida interna do brasil é uma das maiores do mundo pela falta de educação que é dada aos brasileiros.
Vitor Afv
Demoraram? Você veio do futuro?
Henrique Faloni
O unico problema é que os jogos demoraram sair pra essas machines...e se sairem....as produtoras investem mais em consoles, essas machines eh pra quem curti jogar aqueles jogos de fps tipo call of dutty, apenas isso...a sony e microsoft nem ligam pra isso pois nunca vao perder clientes!
Alexandre Cinci
logico que nao vao admitir que esta ameaçados, mas estao oras. Alem da steam, tem o ps4 e a origin pra fazer frente. o mercado de games, creio eu, nunca fico ou ficará tao polarizado qnto antes. esta ficando absurdamente segmentado, o que nao eh ruim, pois a tendencia, na minha opiniao é melhoria tecnica dos jogos e possivelmente queda de preços. Mas o lance das steam machines ainda nao ta de pé, eles anunciam, anunciam e so fica nisso. Gostei muito do conceito do pczinho Piston e das xi machines, mas com a metade do preço aqui, consegue coisa semlhante, embora o tamanho dessa maquininhas seja seu maior diferencial.
portela.thiago
"a Microsoft se declara sussa na montanha-russa..." "#TeamConsole e o #TeamPC..." "quem ganha pontinhos é a empresa de GabeN..." A redatora tem qtos anos, 12? hahaha Valve SteamOS, será esse o "foguete" que fará o Linux decolar?
Henrique Dourado
Já foi noticiado que as Steam boxs tb vão ter processadores e GPUs AMD e Intel, então vai ser bem mais barato !
jefferson.badjef
Muito bem, em defesa dos consoles eu digo que há uma grande diferença em um console, nem falo de acordos e tudo mais e sim do hardware e software fechados permitirem que os desenvolvedores aprendam a tirar leite de pedra conforme os anos passam, enquanto no PC não há essa maré mansa no quesito hardware e isso acaba por tornar o PC algo menos seguro para o comprador médio - MÉDIO - que no fim das contas é a maioria.
Rafael Machado de Souza
IMO a Microsoft não deveria subestimar seus concorrentes. Já fez isso varias vezes e ainda paga o preço.
Rafael Machado de Souza
se preparem então. até a Dice está interessada nessa nova plataforma.
twi_37577298
Para quem tem um bom pc para jogo e para o trabalho cotidiano a melhor aposta é pegar um pc encostado e montar uma máquina para ficar na sala e usar o SteamOS apenas para fazer o streaming do jogo do pc "parrudo" para o da sala, sem precisar a compra do Steam Machine, mesmo rodando linux o processamento do jogo se daria no pc rodando windows.
hydor666
Se você parar pra pensar, não existe muita diferença para um console e um pc. O grande diferencia das Steam Machines vai ser a possibilidade de fazer upgrades, igual ao pc. Em relação ao Linux, bem, as empresas não portam jogos pra linux porque tem um mercado minúsculo (quase inexistente, perto das outras), mas se popularizar junto com as steam machines e o steamOS (que vai poder ser usado também em pc, podendo ser usado lado a lado ao windows, caso a pessoa não goste do linux) vão começar a portar jogos pro linux, como tem que portar pra windows (não sei se a versão do windows pra xbox é a mesma pra pc ou tem uma diferença gritante sendo necessário portar pra ele também), wii e PS4.
Bruno Cabral
Na verdade a SteamOS terá vários serviços além de jogos, como acesso a Internet e os netflix da vida.
FAKE
Só a GTX 660 no Brasil já custa em torno de 1000 dilmas. Agora imagina quanto vai custar uma SteamMachine!
Gaba
Em tempo: estou falando de Linux porque SteamOS é baseado em linux não? Se eu estiver errado, desconsiderem...
Gaba
Eu aposto realmente em PC's para games, mas quanto à PC com Linux já não sei. Acho que pros Steam Machines decolarem, os grandes jogos tem que ter versões portadas para Linux (não sei quais grandes jogos tem ports para linux). Na minha opinião, as pessoas que jogam nos PC's, também usam os PC's para outro fim (como eu que uso para trabalhar de vez em quando também). Então pra mim pelo menos, não faria sentido ter o meu PC e ter um Steam Machine. Eu iria preferir comprar um console mesmo...
Rodrigo Reis
Meu proximo Video Game sera um PC ;)
BR-Windows
Nem Sony, nem Microsoft tem motivos para temer a Steam Machines. Eles só têm que investir em conteúdo exclusivo e estão tranquilos. A briga nem é por potência, e sim por conteúdos e serviços.
Ernâni Machado Alvarenga
Sussa na montanha russa... rs O próprio XBO é uma espécie de Steam Machine - é um PC disfarçado -, só que sem customização e meio fora das especificações mais top. Vai vender pelo fetiche de se ter um console, mas que vai comer poeira de PCs e Steam Machines, vai.