Início » Mobile » CCE Motion Plus SK504, o smartphone quad-core feito no Brasil

CCE Motion Plus SK504, o smartphone quad-core feito no Brasil

Por
4 anos e meio atrás

cce motion plus sk504 17

Se colocar as mãos em um smartphone quad-core da CCE é algo que passa longe da sua mente, talvez seja hora de repensar as coisas. O Motion Plus SK504 é um aparelho com processador de quatro núcleos, tela de 5 polegadas e dualSIM pelo qual você talvez ficasse mais atraído se tivesse o selo Lenovo na tampa – para quem não se lembra, a Lenovo comprou a CCE em setembro do ano passado.

Então, se a marca CCE ainda te faz olhar torto para produtos hoje em dia, lembre-se que ela está passando por uma reestruturação bem grande e boas coisas estão chegando – uma delas é este smartphone, lançado em junho deste ano.

Eu não sei vocês, mas assim que ele chegou aqui no Tecnocenter, fiquei bem curiosa para ver o que tinha a oferecer.

Design e pegada

Não fosse o corpo em plástico preto brilhante completamente simples, o SK504 poderia ser confundido com tantos outros aparelhos de 5 polegadas no mercado. É “gordinho” como o Nexus 4 e um pouco maior que o Galaxy S4; ou seja, nada de surpreendente nas dimensões: 14,3 x 7,2 x 1 centímetros e 158 gramas.

Na verdade, a tampa preta brilhante sem muita personalidade o deixa com cara de protótipo ou de design de referência. E retém muita gordura dos dedos – é um suplício mantê-la limpa. Mas não é exatamente feia; só não é refinada, nem um pouco.

Tela e interface

Com 5 polegadas, a resolução poderia ter sido maior que 960×540 pixels. No entanto, a qualidade não é comprometida; pixels são vistos facilmente, mas nada que atrapalhe muito a visualização, ainda mais com o brilho no máximo. As cores são saturadas, o que resulta em um display bem vivo.

Com um Android 4.1 bem limpo, a interface é bastante amigável e a CCE conseguiu manter o SK504 com poucos aplicativos embutidos da própria empresa.

De fato, praticamente só há os da Gameloft: um hub de jogos e os games Brain Challenge e Little Big City. Há também um gerenciador de aplicativos (ao tentar abri-lo, tudo que recebi foi uma mensagem que dizia “Funcionalidade indisponível”). Fora isto, todos os presentes são bem úteis no dia a dia. Os mais “fora do padrão” são o rádio e um cronômetro por não estarem sempre nos aparelhos, mas não têm nenhuma função especial que valha ser mencionada. Além disso, o Facebook já vem instalado – é a única rede social nativa, aliás; nem Google+ está presente.

Multimídia

Os players nativos do SK504 são bem básicos, especialmente o de vídeo, que não tem nenhuma função extra: ele reproduz o filme e pronto.

Screenshot_2013-10-03-17-09-34

Já o de música, apesar de também ser bem básico, conta com algumas funções que não são vistas em todos. O destaque fica com um equalizador de fácil acesso, ao lado dos ícones de repetir as faixas, reprodução aleatória e para exibir a playlist. Normalmente, o equalizador fica um pouco mais escondido – quando está presente; não é raro que esse recurso seja negligenciado.

Screenshot_2013-10-03-17-08-37

Com a equalização bem feita, as músicas ganham muita qualidade. No entanto, não há milagre que salve o som saído dos fones de ouvido que acompanham; acho que até aqueles gratuitos de avião têm uma qualidade melhor. Recomendo não apenas utilizar outros, como nem se arriscar a dar um uso para os que vêm com o SK504.

Quanto aos formatos, rodou músicas em MP3 e FLAC. Nos vídeos, o AVI rodou sem problemas, mas o MKV ficou com a imagem engasgando enquanto o áudio foi reproduzido normalmente.

Aproveitando que o assunto é multimídia, como já foi dito, o SK504 tem rádio. Pode não ser o app mais interessante do mundo para todos, mas tem sido cada vez mais raro encontrá-lo em smartphones.

Câmeras

Com câmera de 8 MP, o SK504 faz fotos satisfatórias, especialmente de objetos próximos, que ficam com grande fidelidade de cores e ótima definição (as poeirinhas na Mulher Gato só foram vistas na foto). Nas que têm o plano mais aberto, a qualidade fica um pouco comprometida nesse sentido.

Uma função muito legal é a de ajustar o foco apenas tocando na tela – nada de muito novo, mas, no SK504, a iluminação também é ajustada desta forma (pois é, como no iPhone) e isso é muito mais prático e rápido que tentar acertar pelas configurações manuais, especialmente para quem não tem muito conhecimento nessa área.

Falando dos ajustes, é possível definir balanço de branco, exposição e selecionar efeitos de cor.

Já a qualidade dos vídeos é bem sofrida e serve só como quebra-galho. Apesar de fazer filmes em 720p, a imagem tem definição ruim e a estabilização é inexistente; é preciso ser bem firme com as mãos e mover o aparelho muito devagar para não fazer uma filmagem totalmente dispensável.

A captura de áudio, por sua vez, é satisfatória. Há bastante ruído, mas a voz não é prejudicada por ele, apesar de ser meio abafada. O formato de vídeo é 3GP (o que explica sobre a qualidade das filmagens).

Conectividade e acessórios

cce motion plus sk504 01

Neste quesito, nada além do esperado. Na caixa do SK504, um cabo microUSB para transferir arquivos, o carregador e um fone de ouvido acompanham o produto.

Como dito anteriormente, a qualidade do áudio do fone de ouvido é terrível. Mas, além disso, a construção também não é exatamente boa. Ele aparenta bastante fragilidade, tanto nos componentes de plástico quanto no fio, e tem detalhes cromados de gosto duvidoso. Além disso, é daqueles que um dos fios passa por trás do pescoço, o que nem sempre é confortável. Ah: os earbuds também não são nada confortáveis.

cce motion plus sk504 04

Nas conexões, Wi-Fi 802.11 b/g/n, Bluetooth 3.0 e USB 2.0. A conexão móvel é por 3G e ele é dualSIM, ou seja, suporta dois chips. Bem útil para quem trabalha com mais de uma operadora ou tem um número pessoal e outro para trabalho, por exemplo.

Hardware

O SK504 vem com processador quad-core Snapdragon S4 de 1,4 GHz e 1 GB de RAM. No armazenamento, míseros 1,4 GB. Já prevendo que vai faltar espaço, a CCE incluiu no smartphone um microSD de… 4 GB. O bom é que ele suporta até 32 GB, então você pode comprar um com mais capacidade e trocar – e muito provavelmente vai ter que fazer isso.

Em comparação a outros quad-cores que já passaram pelo Tecnocenter, ele marcou pontos bem inferiores nos benchmarks, já que a pontuação não depende apenas do processador.

No entanto, provou que, ainda que sirvam para comparar de certa forma os desempenhos dos aparelhos, esses testes não refletem necessariamente a experiência do usuário. Tanto que o uso do SK504 é muito agradável: não percebi nenhum engasgo ou lentidão que chegassem a incomodar ou irritar, inclusive para jogos. O sistema é, de modo geral, bem fluido e não deve desapontar no uso diário.

Vamos aos scores: foram cravados 1.205 pontos no Vellamo, 3.925 no Quadrant Standard e 9.849 no AnTuTu.

Bateria

cce motion plus sk504 05

O resultado final nos testes padrão de uso intenso e moderado que utilizamos no Tecnoblog foi surpreendente, mas não de uma maneira boa. Em uso moderado, o teste finalizou com 22% de bateria restante; no uso intenso, a marca abaixou para 11%. A capacidade da bateria não fica abaixo do padrão, com 2.000 mAh, mas seu desempenho é bem medíocre.

Por este motivo, é preciso ter um plano B se for precisar do telefone até o fim do dia, como um carregador portátil ou uma bateria extra.

Pontos negativos

  • Duração medíocre de bateria
  • Baixa resolução da tela
  • Pouco espaço de armazenamento

Pontos positivos

  • Desempenho satisfatório
  • DualSIM
  • Preço acessível

Conclusão

Pelo preço sugerido de R$ 899, o SK504 me parece um ótimo investimento – e é possível encontrá-lo até mais barato que isso. A CCE fez um ótimo trabalho em criar um smartphone com configuração boa e desempenho louvável sem extrapolar no preço.

Creio que, por ser uma empresa brasileira, a preocupação em atender perfeitamente o nosso mercado é maior do que quando o produto vem de fora; aqui, ele já nasce de acordo. O SK504 nunca será um aparelho de luxo como os high-end costumam ser, é verdade, mas o fato de ter o valor acessível e ser dualSIM mostram que ele pode ser o smartphone que o brasileiro procura. Talvez não você, entusiasta da tecnologia e early adopter dos últimos lançamentos. Mas, sem dúvidas, há bastante mercado para ele aqui.

Ao contrário da CCE, que o classifica como um high-end, não tenho certeza se eu o faria – apesar do processador quad-core, outros dados em sua lista de especificações, como duração da bateria, resolução de tela e RAM ficam abaixo dos smartphones top dos dias de hoje. Mas é um aparelho muito bom, que não deixa a desejar no desempenho ou em qualquer função do dia a dia, e pode perfeitamente ser o smartphone principal de alguém.

Especificações técnicas

  • Bateria: 2.000 mAh.
  • Câmera: 8 MP (traseira) e 2 MP (frontal).
  • Conectividade: 3G, Wi-Fi 802.11 b/g/n, GPS, Bluetooth 3.0, USB 2.0
  • Dimensões: 14,3 x 7,2 x 1 cm.
  • GPU: Adreno 203.
  • Kit contém: CCE Motion Plus SK504, fone de ouvido (3,5 mm), carregador, cabo USB e manuais de instrução.
  • Memória externa: suporte a cartão microSD de até 32 GB (microSD de 4 GB incluso).
  • Memória interna: 1,4 GB.
  • Memória RAM: 1 GB.
  • Peso: 158 gramas.
  • Plataforma: Android 4.1.2
  • Processador: Qualcomm Snapdragon S4 Play quad-core de 1,2 GHz.
  • Sensores: acelerômetro, luminosidade e giroscópio.
  • Tela: IPS de 5 polegadas com resolução de 960×540 pixels