Início » Celular » Bug do Android travava a execução do Chrome devido ao horário de verão

Bug do Android travava a execução do Chrome devido ao horário de verão

Navegador parava de de funcionar após alguns segundos.

Avatar Por

Muitos donos de celulares com sistema Android tiveram dificuldades para navegar na internet durante o último domingo, dia 20 de outubro, porque o Chrome simplesmente travava depois de poucos segundos. Uma mensagem avisa que o navegador do Google parou de funcionar. Muita calma nessa hora... Não foi um problema com o seu smartphone, mas sim com todos eles. O próprio Google reconheceu que havia um bug relacionado com o início do horário de verão no Brasil e em outros países da América Latina.

A empresa explicou em 21 de outubro que o bug foi corrigido. Entretanto, tarde demais: ele era específico para o primeiro dia de horário de verão, causando problemas para muitos usuários. Parece que o Chrome não conseguia realizar transações em horários específicos.

Nós publicamos aqui nesse espaço instruções para que os donos de Android evitassem o Chrome moribundo. Até mesmo para registro histórico, abaixo estão as instruções.

(Atualizado em 21 de outubro de 2013 às 23h)

Opção 1: Mudar o fuso horário

Já que o problema é com o horário de verão, vamos mudar os ajustes do celular para outra região. Primeiro é preciso chegar até essa área do Android. Para tanto, abra a tela com todos os aplicativos → Toque em Configurações → Toque em Data e hora lá embaixo.

Agora há quatro coisas a fazer:

  1. Desmarque a caixa Data e hora automáticas.
  2. Desmarque também Fuso horário automático.
  3. Toque em Selecionar fuso horário e escolha o Horário do Uruguai (Montevidéu). Imagino que os fusos de outros países também funcionem, mas esse eu dou garantias de que está ok.
  4. Vá em Definir hora e modifique manualmente para o horário atual na sua cidade (vale conferir no Windows ou no Mac, pois ambos estão com os horários certinhos).

A tela deve ficar mais ou menos como na figura abaixo.

Chrome - Horários

Opção 2: Reinstalar o Chrome antigo que veio com o seu celular

Alguns usuários relataram que o problema foi corrigido ao instalar a versão do navegador Chrome que veio de fábrica no smartphone. É bem tranquilo de desinstalar porque o Android guarda para si mesmo as imagens de fábrica dos aplicativos.

Então é o seguinte: novamente abra o menu com todos os aplicativos → Toque no ícone do Chrome e segure até aparecer Informações do aplicativo no topo → Arraste o ícone para lá → Escolha Desinstalar atualizações → Marque OK.

Chrome - Deseja substituir

Pronto. Em alguns instantes, você terá uma versão mais antiga e funcional do Chrome rodando no seu celular.

Caso a sua opção seja por reinstalar o Chrome de fábrica, tenha cuidado redobrado! Possivelmente durante a navegação, o próprio software pedirá para ser atualizado. Cancele essa opção. E também pode ser que a Google Play tente instalar a atualização automaticamente. Não permita que isso aconteça: vai aparecer uma barra de progresso na central de notificações. Toque nela e marque que não quer receber as atualizações automáticas.

O que eu fiz?

Tudo isso. Mudei o fuso horário do meu celular e retornei o Chrome para a versão de fábrica, embora a versão mais recente estivesse rodando direito depois de mudar os ajusts de horário. Vale ressaltar que o procedimento foi feito em um aparelho rodando o Android 4.3 (Jelly Bean). Na web há relatos de quem conseguiu o mesmo resultado em versões anteriores do sistema.

Google prometeu corrigir

Conforme supracitado, o Google admitiu que "um bug no Android causou isso". Um dos funcionários que fazem parte da equipe de Chrome disse que uma correção está em fase de desenvolvimento e em breve chegará aos usuários do Chrome Beta. Enquanto isso, ele pediu que a galera espere pacientemente pela atualização.

Nós não sabemos quando o patch chegará ao Android. De qualquer forma, avisaremos neste artigo quando ele finalmente pintar.

Nexus 4 está ok

Vários donos de aparelhos LG Nexus 4 avisaram na internet que o problema já não existe mais. Parece que foi uma situação específica do último domingo, dia 20 de outubro. Como o Google ainda não deu uma explicação para o que ocorre e quais foram os dispositivos afetados, é melhor aguardarmos antes de tirar uma conclusão.

Por sinal, o Google brasileiro me prometeu dar uma resposta acerca desse assunto asap.

Outros navegadores

Quem não quiser passar pelos rápidos procedimentos descritos neste artigo também pode simplesmente recorrer a outro navegador. Eis os mais populares: Mozilla Firefox e Opera.

Só não se esqueça de marcar o browser de sua preferência como o navegador padrão. Caso contrário, o Android continuará tentando abrir os links no Chrome – e falhando miseravelmente.

Funcionando normalmente no Opera, que é baseado no Chromium

Funcionando normalmente no Opera, que é baseado no Chromium

O Chile se ferrou primeiro

A thread na central de distribuição de códigos do Chromium – uma área assustadoramente técnica – aponta que o bug existe há mais de uma semana e foi primeiramente visto no Chile. Entretanto, só ganhou a devida atenção quando o horário brasileiro de verão começou neste fim de semana. Brasil melhor em tudo.