Início » Jogos » As inovações de FIFA 14 para a oitava geração e mais novidades da WB Games na BGS 2013

As inovações de FIFA 14 para a oitava geração e mais novidades da WB Games na BGS 2013

Avatar Por

Nesta manhã, a EA e a WB Games falaram de seus destaques para a BGS 2013 e o mercado brasileiro nos próximos meses. Os jogos demonstrados e comentados na coletiva de imprensa foram Batman Arkham Origins, Dying Light e FIFA 14, com destaque para o último e suas novidades na próxima geração de consoles.

FIFA 14 já foi lançado para PC, PlayStation 3 e Xbox 360, mas chegará também para Xbox One e PS4. A data para que isso ocorra não foi confirmada – foi dito na conferência que seria junto com o lançamento dos consoles, mas, logo depois, a EA voltou atrás e disse que avisaria quando houvesse certeza.

Todos os modos de jogo da geração atual estarão presentes nos próximos consoles, além de algumas novidades particulares que eles tecnologicamente permitem. Essas inovações estão focadas em três “frentes”: inteligência, movimentação e mundo vivo, mas todas têm como objetivo fazer o jogo o mais próximo da realidade o possível.

FIFA 14, que também será lançado esse ano

A primeira diz respeito às atitudes dos jogadores; eles poderão antecipar os acontecimentos no gramado, como um carrinho ou o cálculo de quem chegará primeiro na bola – ou melhor, eles poderão simular frames no futuro – e, desta forma, as animações selecionadas para cada situação são mais condizentes com a realidade.

A segunda tem a ver com os movimentos dos jogadores em campo e é dividida em Técnica de Elite – que proporciona um posicionamento de corpo do jogador melhor; em outras palavras, o jogador consegue se contorcer melhor para desempenhar um certo movimento – e Batalhas No Ar – mais jogadores podem disputar a bola enquanto ela está no ar.

Por fim, houve uma melhoria nas câmeras do jogo, como se alguém estivesse dirigindo-as. Desta forma, os gamers têm uma visão bem mais interessante dos lances, focadas nos momentos importantes – o que é mais legal tanto para jogar quanto para assistir. As reações da torcida também serão mais orgânicas e condizentes com o andamento da partida.

Além disso tudo, o modo Legends estará disponível para Xbox One. Com ele, será possível colocar um jogador “lendário” em uma equipe atual – por exemplo, se você sempre quis ver Pelé ensinar jogar bola com o Neymar, esta é a chance. Foram revelados três novos craques para esse modo: Romário, Figo e Nedved.

Para quem fizer a transição de console, será possível compartilhar os itens entre as gerações, desde que sejam dos mesmos fabricantes, e os FIFA Points do 13 também podem ser transferidos para o 14.

Por enquanto, não há planos de levar essas novidades para PC (já que, apesar da possibilidade de ter hardware igual ou até melhor que dos novos consoles, é preciso muito trabalho para portar o jogo para esta plataforma) nem para Wii U – este, “por motivos de mercado”.

Batman e Dying Light

Batman Arkham Origins, que será lançado amanhã mundialmente, foi demonstrado pelo seu diretor criativo Eric Holmes. É a mesma demo que foi vista na E3 e já falamos dela aqui no TB.

Resumidamente, no trecho mostrado temos dois novos tipos de inimigos, os armored warriors e os especialistas em artes marciais, mas o estilo de combate permanece o mesmo dos dois anteriores. Também há novidades quanto à investigação: Batman consegue refazer uma cena de crime até entender como ela ocorreu. E, como jogamos com um Batman no início da carreira, vemos velhos inimigos atrás dele – oito deles são perigosíssimos e estão em busca da recompensa oferecia por Máscara Negra. E, claro, há o Coringa.

Por fim, Dying Light, do mesmo estúdio que criou Dead Island, Techland, foi demonstrado. Não por acaso, ele lembra bastante o outro jogo, pelo menos à primeira vista: tanto o visual lindo e o fato de ser em primeira pessoa quanto os próprios zumbis e a premissa de tentar sobreviver entre os vivos-mortos.

No entanto, Dying Light parece muito mais tenso. Seu personagem corre mais rápido e pode escalar carros e prédios – as cenas correndo por telhados e se deslizando por cordas na favela para fugir dos zumbis me lembrariam Ezio Auditore se Assassin’s Creed: Revelations fosse em primeira pessoa; talvez tenha mais a ver com Mirror’s Edge por este motivo. Mas os zumbis também conseguem escalar, então, essencialmente, é impossível se manter a salvo. E, quando a noite cai, eles se tornam mais ferozes e é preciso ainda mais destreza e sangue frio para chegar a uma safe house.

No entanto, foi dito que é possível esperar que amanheça novamente. Mas, como o nome do jogo indica, é esperado que o “modo noturno” seja envolvente o bastante para ninguém querer fazer isso. Também foi comentado que ele não é um jogo fácil (não pareceu ser), mas que isto é algo que a Techland sentia que faltava: um game realmente desafiador. Caso fique muito difícil, dá para chamar até três amigos no co-op a qualquer momento.

Haverá várias estações para testar os jogos na BGS no estande da EA e WB Games – só para Battlefield 4, serão 36 e, para Batman, outras 16, além dos outros jogos. Também estão na lista Need For Speed Rivals, Lego Marvel, F1 2013, Hot Wheels World’s Best Driver e Disney Infinity, que será lançado dia 14 de novembro por aqui.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

portela.thiago
Polemizando Fifa >>>>> abismo >>>> PES
Raphael Marques
www.clarotvbauru.com.br