Início » Mobile » Na China, Samsung promete resolver de graça “morte súbita” do Galaxy S III

Na China, Samsung promete resolver de graça “morte súbita” do Galaxy S III

Por
5 anos atrás

O problema da “morta súbita” que vem atingindo várias unidades do Galaxy S III está afetando tantos usuários que a Samsung finalmente resolveu se manifestar. Só que na China. Por lá, a companhia soltou um comunicado em seu site se desculpando pela situação e garantindo que todos os aparelhos defeituosos serão reparados.

E por que só na China? Porque o assunto ganhou enorme repercussão depois que a CCTV, um canal de TV estatal do país, veiculou uma reportagem sobre o assunto no início desta semana.

O problema atinge consumidores de várias partes do mundo, inclusive brasileiros, tanto que, no último dia 15, a Proteste enviou um ofício ao Ministério da Justiça solicitando providências por parte da instituição, dada a notável quantidade de reclamações recebidas contra a Samsung.

Tal como os brasileiros, os consumidores chineses reclamam das deficiências das assistências técnicas em relação ao reparo dos Galaxy S III defeituosos. Conserto somente mediante pagamento ou unidades devolvidas ainda com “morte súbita” estão entre as principais queixas.

Para quem está por fora do assunto, a falha faz com que o aparelho passe a apresentar travamentos com cada vez mais frequência após alguns poucos meses de uso. Não são raros os casos de unidades que simplesmente pararam de funcionar, inclusive. Donos do Galaxy Note II também reportam falhas semelhantes. O vídeo abaixo mostra um dos diversos casos:

De acordo com relatos de quem teve seu smartphone consertado, a falha está no chip eMMC utilizado para armazenamento interno de dados. Como este componente é integrado, é necessário trocar toda a placa-mãe do dispositivo, procedimento que se traduz em custo elevado de reparo. Este é, supostamente, o motivo pelo qual a Samsung se mostra tão resistente para tratar o problema de maneira abrangente.

Acontece que o mercado chinês é um dos mais importantes da Samsung, portanto, após a matéria da CCTV, a companhia não perdeu mais tempo: se desculpou pelos transtornos e prometeu reparar gratuitamente inclusive as unidades que já saíram da garantia. E tem mais: os consumidores chineses que levaram seu aparelho duas vezes ou mais para a assistência e não tiveram o problema resolvido receberão um Galaxy S III novinho.

Quanto ao Brasil, bom, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, divisão do Ministério da Justiça para estes assuntos, ainda não se pronunciou. O Tecnoblog procurou a Samsung Brasil no dia em que o post sobre a Proteste foi publicado e obteve a seguinte resposta:

Asseguramos aos nossos clientes que não foram encontrados problemas técnicos inerentes ao modelo Galaxy S III. Nossos consumidores são orientados a procurar a assistência técnica da Samsung em caso de dúvida ou qualquer questão relacionada aos nossos produtos. Estamos comprometidos com a satisfação de nossos clientes.

Com informações: ZDNet