Início » Celular » Por que o Galaxy Nexus não receberá o Android 4.4 KitKat

Por que o Galaxy Nexus não receberá o Android 4.4 KitKat

Paulo Higa Por
6 anos atrás

Um grupo de pessoas provavelmente não ficou muito feliz com os anúncios feitos ontem pelo Google. É que, além de lançar o Nexus 5 e revelar as principais novidades do KitKat, o Google também afirmou que o Galaxy Nexus, lançado há pouco menos de dois anos, não receberá a atualização para a próxima versão do Android.

A notícia causou estranhamento porque uma das características do Android 4.4 são as melhorias de desempenho para que o sistema rode de maneira mais suave em smartphones mais baratos, com 512 MB de RAM. O Galaxy Nexus possui 1 GB de RAM, então limitação de hardware não poderia ser. Além disso, com processador dual-core de 1,2 GHz e tela 720p de 4,65 polegadas, dá para dizer que ele ainda está bem acima dos aparelhos de baixo custo.

No entanto, a explicação do Google para o abandono do Galaxy Nexus é bem simples: ele é antigo demais. O Google publicou uma página explicando que "habitualmente" fornece atualizações do Android por 18 meses após a data de lançamento. Como o Galaxy Nexus foi lançado em 17 de novembro de 2011, há quase dois anos, ele está fora desse período e morrerá com o Android 4.3 Jelly Bean.

Galaxy Nexus, eternamente com o Android 4.3

Galaxy Nexus, eternamente com o Android 4.3

A atitude gera insegurança quanto a compra de novos Nexus, já que a grande vantagem da linha são as atualizações garantidas pelo Google, que chegam de maneira rápida, diferente do que acontece com outros Androids. Apesar de haver exceções, via de regra, os Androids só recebem uma nova versão quando uma mais nova ainda já foi anunciada pelo Google. Apenas recentemente o Galaxy S4 começou a receber o Android 4.3, por exemplo.

Se o Google continuar parando de atualizar os Nexus após 18 meses, isso significa que faltam apenas seis meses para que o Nexus 4 pare de receber novas versões do Android, mesmo que ele ainda possua hardware bastante poderoso. E olha que, no Brasil, o Nexus 4 foi lançado há apenas sete meses. O Nexus 7 de primeira geração, que fez uma rápida aparição nas lojas brasileiras, deve perder o suporte em janeiro de 2014.

Ao The Verge, o Google cita outro motivo para o fim das atualizações do Galaxy Nexus: ele usa um SoC OMAP 4460, da Texas Instruments, que parou de desenvolver chips para smartphones. Isso, supostamente, dificultaria a tarefa de fazer o KitKat funcionar de maneira rápida e estável com o Galaxy Nexus.

Usuários insatisfeitos fizeram uma petição online (ah, as petições online...) para que o KitKat seja liberado para o Galaxy Nexus, mas é pouco provável que o Google volte atrás em sua decisão. De qualquer forma, para quem faz questão de testar a nova versão e não quer trocar de smartphone, ainda existe a esperança da comunidade arranjar um jeito de rodar o KitKat no Galaxy Nexus. Não é o mesmo que tocar num botão e ter o aparelho atualizado em cinco minutos, mas já é alguma coisa.

Este tópico no XDA Developers contém links para alguns dos aplicativos do Android 4.4, então você pode experimentar, por sua conta e risco, algumas das novidades que serão liberadas no KitKat. Para quem possui um Nexus 4, Nexus 7 de primeira e segunda geração e Nexus 10, o Android 4.4 chega "em breve", segundo o Google.