Computadores: ataque oriental?

A falta de capacidade das empresas norte-americanas em produzir computadores de baixo custo fará com que elas sejam extintas em 20 anos, afirmou Stan Shih, fundador da taiwanesa Acer, a rede de notícias AFP.

De acordo com o executivo, uma tendência por máquinas mais baratas surgiu nos últimos anos, mas “as marcas dos EUA simplesmente não sabem como colocar esse tipo de produto no mercado. Os computadores made in USA deverão desaparecer em 20 anos, assim como aconteceu com suas marcas que produziam televisores”, talvez citando as falecidas (ou quase) GE ou Emerson, por exemplo.

De fato, nos EUA fabricantes como a Apple, HP e até mesmo Dell têm preferido mirar em nichos considerados “Premium”, deixando o mercado de máquinas mais e conta nas mãos de concorrentes orientais.

Esse fato, somado à última crise mundial, fizeram com que no ano passado a Acer superasse a Dell no posto de segunda maior produtora de computadores do mundo, e, animado, Shih promete que sua empresa ultrapassará a HP – tradicional líder deste ranking – já em 2011. [Foto]

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Corcioli
Concordo com o Henrique. Quando se trata de Apple vc não compra apenas um computador ou o status de ter um Mac, vc compra todo o ecossistema que a Apple criou além da integração extremamente confiável e inteligente de seus produtos. Coisa que as demais marcas não tem, visto que dependem de sistemas operacionais de terceiros, seja Windows ou Linux (Unix based).
@kiddudu
Dell forever!
Henrique Artur Wint
Tudo bem se isso ocorrer com marcas de notebooks convencionais, agora duvido muito que ocorra com a Apple.