Início » Jogos » Por que lançamentos das novas gerações não vendem bem? A Ubisoft explica

Por que lançamentos das novas gerações não vendem bem? A Ubisoft explica

Por
6 anos atrás

O que Ridge Racer V, Dynasty Warriors 2 e Marvel: Ultimate Alliance tem em comum? Bom, a princípio, todos são jogos dos quais você pode não se lembrar muito bem. Mas o buraco é mais embaixo: os três fazem parte da lista de títulos de lançamento dos consoles PlayStation 2 e PlayStation 3.

Vendo a lista completa, é raro lembrarmos de ter jogado por muito tempo algum dos games que circularam por lá. A “maldição dos jogos de lançamento” na verdade não tem nada de mística, mas acontece por razões práticas, segundo o vice-presidente de marketing e vendas da Ubisoft, Tony Key, disse em entrevista ao GamesIndustry.

controle-ps4-xbox-one

Falando sobre o PlayStation 4 e o Xbox One, Key exemplificou que os títulos iniciais das gerações geralmente abrangem os consoles da geração anterior, e as equipes de desenvolvimento costumam produzi-los lado a lado. Isso gera a tendência de que o jogo venda mais para a plataforma que já é estabelecida.

Nós já dissemos aqui como é difícil ser early adopter de qualquer tipo de tecnologia? Então. Muitas vezes, é melhor esperar, testar os novos jogos no console que você já tem, e, de quebra, evitar ser um dos primeiros sortudos a descobrir o maravilhoso mundo dos erros de hardware e software dos novos videogames.

Assassins-Creed-4-Black-Flag-yarr

“Agora, todas as publicadoras estão trocando seus recursos de desenvolvimento. Para um jogo como Assassin’s Creed IV: Black Flag, a maioria das vendas ainda será voltada para a geração atual de plataformas. Nós não podemos fazer uma versão para o PlayStation 4 ou o Xbox One tão diferente a ponto de não poderemos fazê-las juntas. Então, por agora, desenvolvedores e designers estão focados em fazer jogos que funcionem realmente bem em todos os sistemas – mas como estamos transitando para a nova geração, vai ser mais difícil fazer isso, porque o poder dessas [novas] máquinas irá permitir muito mais criatividade”, diz o vice-presidente.

Também por isso muitas vezes nós ficamos esperando títulos que acabam atrasando sempre um pouquinho mais. Key explicou que Watch Dogs, o jogo que nós já conhecemos quase de cabo a rabo por meio de trailers e cinematics, teve seu lançamento adiado para 2014 por conta disso. “É de partir o coração ser tão cobiçado para lançamento e não conseguir entregá-lo nesse tempo, mas da perspectiva dos negócios, não é uma decisão difícil de ser tomada. Watch Dogs é desenhado para ser uma marca de longo prazo para a Ubisoft. Nós não o lançaremos até que saibamos que está alcançando a visão máxima que pode alcançar… Nós estamos jogando um jogo longo – e como uma companhia nós sabemos quão importante será fazer isso direito.”

O terceiro pé da oitava geração chega na próxima quinta-feira, dia 21. O Xbox One será lançado no Brasil simultaneamente com o resto do mundo por R$ 2.299, caso não tenha sido adquirido durante sua pré-venda (em que poderia ter sido comprado com desconto – R$ 2.199). O PlayStation 4 chegou aos olhos do mundo na última quinta, 14, e deve dar as caras em nosso país no dia 29, pela bagatela de R$ 3.999.

Caso você não se recorde, o Wii U, pioneiro da oitava geração, foi lançado em novembro de 2012 e deve chegar oficialmente ao Brasil no próximo dia 22, apenas um ano após seu nascimento.

 

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.