Início » Gadgets » Financie isso: AIRTAME, uma espécie de Chromecast, só que para PC e Mac

Financie isso: AIRTAME, uma espécie de Chromecast, só que para PC e Mac

Por
5 anos atrás

Das iniciativas inspiradas no Chromecast que aos poucos dão as caras, o AIRTAME é, provavelmente, o mais rico em recursos. Buscando financiamento no Indiegogo há quase duas semanas (e já tendo obtido a sua meta, olha só!), a novidade se diferencia do dispositivo do Google por enviar à sua TV transmissões a partir do Windows, OS X ou Linux.

airtame

Não é que o Chromecast não consiga fazer streaming com os mencionados sistemas. O dongle do Google o faz, mas o usuário depende do Chrome para este fim. O AIRTAME, por sua vez, não só não se limita a nenhum navegador, como também permite que a TV seja usada como um segundo monitor.

Isso é possível porque o AIRTAME não se vincula a determinados aplicativos para funcionar. O que o dispositivo faz, basicamente, é replicar o conteúdo que você está vendo em seu computador na TV por meio de uma porta HDMI ou, na função de segundo monitor, “estender” o desktop. Dá até para compartilhar a tela com outro computador.

Os próprios desenvolvedores dão exemplos de uso: você pode exibir um filme rodando em seu laptop na TV enquanto mantém o equipamento em seu colo para acessar o Facebook ou ler as anotações de sua palestra enquanto os slides são exibidos em um projetor.

airtame_tv

Dá para vislumbrar inúmeras aplicações, não é mesmo? Mas, como nada é perfeito, o AIRTAME também tem lá seus pontos fracos: ao contrário do Chromecast, o dispositivo não funciona com aparelhos baseados no Android ou em qualquer outra plataforma móvel; seu foco está exclusivamente em PCs e Macs.

A transmissão é feita via conexão Wi-Fi e, de acordo com os desenvolvedores, o AIRTAME suporta resoluções de até 1080p, áudio Surround 5.1 e vários padrões, como OpenSSL e WebM (formato livre de vídeo desenvolvimento pelo Google).

Para dar conta de tudo, o dispositivo promete processador ARM de 1 GHz, 512 MB de RAM, Wi-Fi 802.11n, saída HDMI 1.4, porta Micro USB para recarga da bateria e uma conexão USB convencional para acessórios.

Contando com esta segunda-feira, ainda restam 24 dias para a campanha terminar, mas o AIRTAME não demorou para bater a sua meta: até a publicação deste post, a arrecadação estava em pouco mais de US$ 203 mil de US$ 160 mil necessários.

Por que é legal? Porque é de fácil utilização (bom, pelo menos aparenta ser) e dispensa o uso de cabos na hora de reproduzir conteúdo do seu computador em uma TV ou em um projetor com HDMI.

Por que é inovador? Porque o AIRTAME não só é capaz de replicar conteúdo da tela como também de fazer a TV funcionar como um segundo monitor.

Por que é de vanguarda? Porque é compatível com Windows, OS X e Linux, plataformas que ainda estão nos equipamentos mais importantes da maioria esmagadora das pessoas.

Vale o investimento? Para quem precisa exibir o conteúdo de seu computador em uma TV, com certeza! O AIRTAME custa mais que o dobro do Chromecast, mas ainda tem preço razoável: a partir de US$ 89 mais US$ 15 de frete para quem mora fora da Dinamarca, país de origem do projeto. Havia uma opção de US$ 69, mas ela esgotou rapidinho. O envio começa em maio de 2014.

Mais sobre: ,