Início » Games » Riot volta atrás: jogadores profissionais de LoL podem, sim, fazer streaming de outros jogos

Riot volta atrás: jogadores profissionais de LoL podem, sim, fazer streaming de outros jogos

Por
5 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Na semana passada, foi divulgado um trecho do contrato para a quarta temporada da League of Legends Championship Series que dizia que os jogadores integrantes da Liga não poderiam fazer streaming de outros jogos além de League of Legends. Diante da revolta de pro gamers e do público, a Riot decidiu voltar atrás.

A medida não impedia que os eSportistas jogassem os títulos de outras empresas, mas os proibia de fazer transmissões online das partidas. Entre os títulos vetados estavam DotA 2, World Of WarCraftHearthstoneStarCraftWorld Of TanksInfinite Crisis Guardians Of Middle-Earth, entre vários outros.

2396021-1415098254-2013-

Lista completa de jogos “proibidos”

Agora, a transmissão está liberada, desde que não seja atrelada a patrocínio ou merchandising de outro jogo além de LoL.

No comunicado que avisa da mudança, Whalen Rozelle, diretor de eSports da Riot, explica que o streaming só foi proibido, para início de conversa, porque houve casos de produtoras querendo utilizar os jogadores da LCS para ganhar espaço entre os fãs de LoL. Mas reconhece que essa não foi a melhor maneira de lidar com o problema, e, sim, uma solução precipitada. Por isso, eles voltaram a ser liberados.

Este é o comunicado na íntegra:

Houve uma grande discussão sobre os contratos das equipes da LCS, que estipulavam que os jogadores não poderiam transmitir outros jogos. Em primeiro lugar, informações sobre o por quê fizemos isso: tivemos casos de outras produtoras tentando ganhar acesso aos fãs de League of Legends usando (ou tentando usar) equipes ou jogadores da LCS para promover jogos concorrentes por meio da transmissão. Tomamos uma decisão precoce para lidar com este fato. Atingimos nosso objetivo de impedir que as empresas fizessem propaganda de seus jogos por meio de jogadores da LCS, mas também prejudicamos a diversão dos jogadores profissionais e a habilidade deles em entreter seus espectadores durante longas filas de Desafiante – e percebemos que isso não é legal. Depois de ler todos os comentários e ter um debate interno, vamos mudar as exigências para as equipes da LCS para algo que esteja mais próximo de nossa intenção. Enquanto estiver sob contrato com a LCS, as equipes e os jogadores não podem aceitar patrocínio de outras empresas de jogos para promover outros títulos. Fora isso, eles estão livres para transmitir todos os jogos que quiserem.

Mais sobre: ,