Na sexta-feira, a Valve começou a enviar as primeiras Steam Machines para os 300 beta testers residentes nos EUA que foram sorteados. A empresa também liberou o download gratuito do beta do SteamOS, sistema operacional que vai rodar nessas máquinas.

A recomendação da Valve é que quem não sabe hackear o Linux, sistema no qual o SteamOS se baseia, não o baixe; uma versão mais amigável estará disponível em 2014. Ainda bem que, para saciar a curiosidade dos menos manjadores como nós, várias pessoas baixaram e disponibilizaram vídeos no YouTube mostrando como é o sistema.

Ele é um fork do Debian 7.1 e tem 960 MB. Para ser compatível, o computador precisa ter processador Intel ou AMD de 64 bits, 4 GB ou mais de RAM e 500 GB ou mais de armazenamento, além da placa de vídeo da NVidia. O suporte a placas da AMD e da Intel é prometido para “breve”.

A interface principal do sistema lembra bastante a Big Picture, interface do Steam otimizada para a sala de estar e que pode ser navegada com um controle. Também há o desktop, que precisa ser habilitado pelo usuário e parece com praticamente todos os desktops que você já viu. Essa troca de interfaces lembra um pouco o Windows 8, que intercala a Metro e o desktop clássico.

Separei dois vídeos, um que mostra a interface de jogos e outro mais detalhado, mas a imagem é pior:

Por ser baseado em Linux, ele roda os programas desse sistema operacional, mas é bom lembrar que foi criado para jogos – mas só roda os do Steam que estão disponíveis para Linux. A Valve promete que, em breve, o sistema ganhará a funcionalidade de reproduzir games do seu computador que rode outro sistema operacional por streaming.

O SteamOS também é atualizado automaticamente e, por estar na fase beta, esses updates devem ser frequentes – todo dia deve ter algum ajuste sendo baixado.

Se quiser se aventurar no sistema, é só baixá-lo e seguir as instruções da Valve para instalar. Antes, mais um aviso: faça um backup, já que ele irá, invariavelmente, apagar todos os dados do computador.

E as Steam Machines?

Elas estão uma coisa linda e ninguém fora dos EUA tem. Mas, assim como no caso do SteamOS, também tem muita gente postando vídeos e fotos de unboxing para matarmos a curiosidade e esse é um deles:

O cara que gravou esse vídeo fala que o “console” (está liberado chamar Steam Machines de console sem as aspas?) é bem pesado. O controle que acompanha também não está finalizado, tanto que há botões no lugar da tela sensível ao toque. E a caixa é um charme à parte, feita de madeira, com estilo rústico e desnecessariamente grande – mas muito bonita.

E esta é uma Steam Machine por dentro:

A versão comercial das Steam Machines também chega em 2014, mas a Valve publicou um DIY de como fazer sua própria Steam Machine – basicamente, veja se seu computador tem as configurações necessárias e instale o SteamOS. 😛

Com informações: The Verge, Kotaku Brasil

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

dusuke
Exatamente! Meu pc (e as steam machines) são suficientes pra rodar qualquer jogo no máximo sem se preocupar com recursos sendo consumido em segundo plano... eu nao sacrificaria tudo que um PC pode oferecer... nao transformaria ele em uma máquina apenas para jogos, para isso existem video games. Eu gosto da ideia de uma Steam OS desde que ela se torne um verdadeiro e respeitavel sistema operacional com tudo que linux pode oferecer.
Robson C.
É, e aí vc perde tudo que um PC tem a oferecer... Ainda mais com uma maquina potente dessas. Eu tb não to vendo o sentido nisso. Quem sabe a longo prazo.
Bruno Cabral
A vantagem está em rodar algo sem processos em segundo plano consumindo os recursos da maquina.
dusuke
Tá quer dizer então, que tendo Ubuntu com Steam para linux ou tendo Steam OS, você vai ter a mesma gama de jogos compatíveis? Não sei qual é a grande vantagem de ter Steam OS então. Quem curte linux vai só pegar uma distribuição mais completa e colocar o Steam.
Henrique Dourado
ta muito melhor que o PS4 e o XBone ! sem contar que o xbox 360 tem somente uns 800 titulos !
Henrique Dourado
cara , bem pensado porque o ps4 e o xbox one usam a arquitetura dos PCs agora, e esta nova plataforma de consoles da steam tem o mesmo sistema de plataforma aberta com varias configurações de hardware !
Frank Castle
Gostei muito dessa embalagem aí, deve ser à prova dos Correios! :-) Achei a arquitetura de hardware dessa máquina excelente! Meu único receio é quanto ao Sistema Operacional mesmo, a única vez que vi um PC com Linux rodando um jogo conhecido foi o Quake 1... ok, faz MUITO tempo XD
Vinícius
"As críticas de Newell se embasam na interface gráfica do sistema, e não no seu rendimento com jogos, e no fato de que a estratégia da Microsoft é clara no sentido de integrar o Windows com o Xbox. Ao fazer isso, a Steam tende a perder espaço e margens de lucro interessantes."
Bruno Cabral
O que é compatível com o Linux é compatível com o SteamOS, por enquantoo o SteamOS e o Linux tem apenas 400 jogos(sendo 270 já lançados e o resto ainda em fase beta)
dusuke
Tenho uma dúvida! Por acaso a gama de jogos disponíveis no SteamOS é a mesma do Steam para Linux (por ser Linux) ou a compatibilidade é maior?
Diogo Ramos Gutierre
A valve não criticou a interface metro. Ela criticou outros pontos.
Vinícius
"Essa troca de interfaces lembra um pouco o Windows 8, que intercala a Metro e o desktop clássico." Algo que a valve criticou tanto. No minimo hilário .
Bruno Cabral
Se alguém quiser aprender a instalar o SteamOS, aqui vai um vídeo com o tutorial (detalhes na descrição do vídeo) https://www.youtube.com/watch?v=cveQZ7pyyG4
rafael2machado
2013 é o ano em que consoles viraram PCs e o PC virou console.
Rodrigo Callado
"(está liberado chamar Steam Machines de console sem as aspas?)" [cagando regras] Não, pq as/os Steam Machines são desktops [/cagando regras]